Classificação

Por Edmar Assis e Danilo Moraes. Tecnologia do Blogger.

Artilharia

Postado por : Jorge Lima 12/12/2010


A 21ª rodada da championship prosseguiu nesse sábado como começou a 20ª. Com jogos adiados. Felizmente, só tivemos um jogo adiado. Apesar de todos os esforços, o Scunthorpe não conseguiu deixar o Glanford park em condições para receber o Nottingham Forest, e o jogo não pôde ser realizado.

Após a surpreendente derrota do Líder QPR em casa para o Watford, a grande expectativa de hoje era em relação ao jogo do Cardiff. Conseguiriam os Galeses se recuperar do tropeço na última rodada e encostar novamente no líder? A resposta foi não.

Jogando no Riverside contra o Middlesbrough, Os Bluebirds tentavam sua segunda vitória nos últimos 7 jogos. Sem Bothroyd e Keogh, o Cardiff começou melhor e teve uma boa chance para marcar com Chris Burke. Boro reagiu imediatamente, com Emnes obrigando Marshall a fazer boa defesa. O Boro jogava melhor e não demorou para ser recompensado com um gol. Gyepes derrubou Emnes na área e na cobrança, Julio Arca converteu. Esse foi o primeiro gol do Argentino em 3 anos. o Cardiff claramente mostrava problemas no ataque, tendo que depender praticamente apenas do Bellamy e enquanto isso, Marshall seguia com muito trabalho lá atrás. Logo no início do segundo tempo, O goleiro fez grande defesa em chute de Bailey. O Cardiff oferecia
pouco perigo. As melhores chances foram criadas por Bellamy e Chopra, mas nada que mudasse o resultado do jogo. Mesmo perdendo o Cardiff ainda é o vice-líder, mas agora, com o mesmo número de pontos do Swansea. Já o Boro, que conseguiu sua primeira vitória nos últimos 5 jogos, finalmente sai da zona de rebaixamento.

Se o Boro saiu, o Ipswich parece estar cada vez mais perto da zona de rebaixamento. Jogando em Deepdale contra o lanterna, Preston North End, os Tractor Boys começaram sendo pressionados com Brian Murphy fazendo grande defesa em chute de Tonge. Ipswich reagiu e começou a ser a força dominante no primeiro tempo, embora não tenha conseguido aproveitar as chances, principalmente com Scotland, Edwards e Leadbitter. E isso quase custou caro, quando Jones acertou a trave de Murphy após cruzamento de Pugh. No início do 2º tempo, o pesadelo do time de Roy Keane teve prosseguimento Com Hume marcando para o Preston após boa jogada de Parkin. O time da casa ainda teve duas boas chances para marcar, com Parkin e Tonge mas o resultado se manteve até o final. Com mais essa derrota, o Ipswich soma 7 derrotas seguidas, ocupando o 18º lugar. Já o Preston, apesar de ainda na lanterna, começa a ver uma luz no fim do túnel.

Argentino decidindo no Riverside, Argentino decidindo no Oakwell. Graças a Hugo Colace, o Barnsley derrotou o Sheffield United, consolidando a boa fase. Os Tykes, apesar da vitória apertada, conseguiram controlar o jogo do início ao fim, sendo pouco ameaçados pelos Blades. O jogo começou equilibrado, com uma boa disputa no meio campo, embora poucas chances de gol tenham sido criadas. Adam Hammill foi o primeiro a tentar mas o chute saiu por cima do gol.

Smartly e Taylor também tiveram boas chances no primeiro tempo para os anfitriões. Os Tykes continuavam com o controle do jogo e a situação dos Blades piorou aos 37 minutos, quando Colace após cruzamento de O'Brien, marcou para o Barnsley. O Segundo tempo seguia sob controle para o time da casa, com Hammil quase ampliando o placar. Enquanto o Barnsley continuava pressionando, o Sheffield tentava conseguir alguma coisa apostando nos contra-ataques, mas nada efetivo o bastante para evitar a derrota. Com o resultado, os Tykes agora estão invictos há 5 jogos na Championship e subiram para o 10º lugar, enquanto o Sheffield, com um jogo a menos, segue no 20º lugar.

No carrow Road, nem o 100º jogo de Chris Martin pelo clube impediu que o Norwich fosse surpreendido pelo Portsmouth. Os visitantes começaram bem mas foi o Norwich que teve a melhor chance do primeiro tampo. Após boa jogada e Martin, Jackson recebeu sozinho mas chutou em cima de Ashdown. O goleiro do Portsmouth voltou a aparecer bem ao evitar o gol de Martin e algum minutos depois, fez boa defesa em chute de de Hoolahan. No início no segundo tempo o Portsmouth reagiu e teria marcado se o chute de Lawrence de longe não tivesse acertado a trave. Mas alguns minutos depois, o Portsmouth conseguiu marcar. Após boa jogada de Nugent, Kitson recebeu e marcou seu primeiro gol nos últimos 9 jogos. Norwich pareceu não sentir o gol quando Fox e Barnett tiveram duas grandes chances para empatar, salvas mais uma vez por Ashdown. Com 3 alterações nos acréscimos o jogo foi até os 96 minutos. E foi quando
o Portsmouth definiu o jogo. Bernett derrubou Nugent na área e foi expulso. Na cobrança, Halford converteu. O resultado põs fim a uma sequência de 6 jogos sem derrota dos Canaries, que ainda seguem na zona dos playoffs. Já o Pompey, está no 12º lugar com um jogo a menos.

Com mais uma grande contribuição de Brett Pitman, o Bristol City conquistou uma importante vitória sobre o Derby County. O Bristol começou melhor, tendo as primeiras chances. Bywater fez boa defesa em chute de Pitman e McAllister carimbou a trave após uma boa cobrança de falta. Derby acordou com o susto e começou a dominar, Com Green, Barker e Commons disperdiçando boas chances de marcar. O primeiro tempo ainda reservou um erro grave da arbitragem. No mano-a-mano, Commons foi derrubado por David James. Por ser o último homem, o veterano goleiro do Bristol City deveria ter sido expulso, mas o árbitro só deu cartão amarelo. Logo no início do segundo tempo, a torcida do time da casa já teve motivos para comemorar. Após cruzamento de Adomah, Pitman apareceu na cara do gol para colocar o Bristol na frente do placar. Derby mostrava dificuldades pra atacar, tendo somente no artilheiro Commons sua maior ameaça. O Escocês teve uma boa chance para marcar, salva por David James.
Alguns minutos depois a dupla Adomah-Pitman funcionou de novo. Pitman recebeu na área e marcou o seu segundo gol no jogo. E o estrago poderia ter sido pior para o Derby se Bywater não tivesse feito boa defesa em chute de Caulker. Com o resultado, o Bristol City dá prosseguimento ao seu bom momento. Com apenas 1 derrota nos últimos 9 jogos, o time respira, ocupando o 17º lugar, 5 pontos acima da zona de rebaixamento. Já os Rams, além de não figurarem mais na zona dos playoffs, chegam a incômoda marca de 4 derrotas nos últimos 5 jogos.

No The Walkers, o Doncaster saiu na frente do Leicester, com um belo gol de Billy Sharp. E o péssimo início de jogo dos Foxes quase foi piorado após David Healy disperdiçar uma grande chance para ampliar o placar. O Leicester tentava reagir aos poucos mas encontrava dificuldades em criar as chances até que, no final do primeiro tempo, aconteceu o que o time precisava. Em um lance duvidoso, Sullivan derrubou Dyer dentro da área. Penalti convertido por Gallagher e o Leicester empatava o jogo. No segundo tempo os Foxes se mostravam dispostos a mudar o resultado e Davies teve uma boa chance de marcar logo nos primeiros minutos. E a virada não demorou a sair. Em bela arrancada, Wellens avançou até a área e tocou na saída de Sullivan para marcar o segundo gol do Leicester. O Doncaster sentiu o golpe, o que acabou deixando as coisas mais fáceis pros Foxes. Alguns minutos depois, Wellens apareceu de novo, dessa vez dando um passe perfeito para Naughton marcar o 3º gol. O jogo já estava sob controle mas ainda havia tempo para Vassell e Waghorn marcarem e decretarem a goleada. Com o resultado, o Leicester sobe pro 13º lugar e chega a marca de 7 jogos sem perder em casa, comprovando o bom trabalho de Sven-Goran Eriksson até agora. O
Doncaster segue se segurando no 16º lugar.

No Madjeski, mesmo jogando melhor, o Reading não conseguiu mais do que um empate contra o Coventry. Os Royals começaram bem, com Shane Long tendo as duas primeiras boas chances do jogo. Em uma delas, o atacante acertou a trave. Coventry também viu sua principal chance parar na trave, após chute de Marlon King. No segundo tempo, o padrão de mantinha, com o Reading pressionando e criando as melhores chances. Karacan teve a chance de marcar nos pés, mas Wood salvou em cima da linha. Coventry atacava pouco mas ameaçou quando Clive Platt cabeceou na trave o cruzamento de King. Com poucas chances o jogo seguiu até o apito final e o 0-0 se manteve. Há 6 jogos sem vencer, Reading segue caindo na tabela, ocupando agora o 14º lugar, com um jogo a menos. Já o Coventry, se mantém no 5º lugar.

Outro empate sem gols aconteceu no Selhurst Park. O Crystal Palace recebeu o Hull City na esperança de dias melhores, principalmente fora da zona de rebaixamento. E o fato de terem vencido os últimos 3 jogos em casa era uma motivação a mais para os Eagles. O time mostrou em campo que poderia sair de campo com a vitória, com Vaughan e Cunago tendo as melhores chances do primeiro tempo. Primeiro tempo que não foi dos melhores para os visitantes. Alem de não jogarem bem os Tigers foram forçados a fazer duas substituições, devido às lesões de Garcia e Gerrard. A melhor chance do Hull no primeiro tempo saiu dos pés de Jay Simpson que acabou chutando pra fora. Os Eagles continuavam dominando, mas mostrando uma incompetência extrema nas finalizações. N'Diaye teve as melhores chances, mas disperdiçou todas. A unica chance do Hull no segundo tempo veio com Kilbane, que cabeceou pra fora após escanteio. Com o resultado, o Palace segue na zona de rebaixamento. Enquanto o Hull, agora há 5 jogos sem perder, está 2 pontos acima, no 19º lugar.

E no melhor jogo da rodada, O Leeds conseguiu uma incrível virada jogando fora de casa contra o Burnley. Havia uma grande expectativa em relação ao jogo. O Burnley só havia perdido um jogo em casa nessa temporada, enquanto o Leeds vinha de uma sequência de 7 jogos sem derrota. E foi justamente o Leeds que tomou a iniciativa do jogo, com Gradel tendo duas boas chances para abrir o placar no início do jogo. E isso acabou custando caro alguns minutos depois. Após cruzamento de Bikey pra área, Easton finalizou e colocou o time da casa na frente do marcador. Alguns minutos depois, o prejuízo do Leeds aumentou quando, após falha de marcação de Alex Bruce, Rodriguez fez o segundo gol do Burnley. o Leeds precisava melhorar se quisesse se recuperar no jogo. E isso aconteceu no tempo. Aos 12 minutos, após cabeçada de Becchio, Gradel colocou o Leeds de volta ao jogo com uma bela finalização. O gol animou os visitantes que a essa altura, já dominavam o jogo. E o empate veio alguns minutos depois. Após cruzamento de Connoly, foi a vez de Becchio marcar. O gol assustou o Burnley e a virada parecia cada vez mais próxima quando Snodgrass, após boa jogada, acertou o travessão em um chute de efeito. O jogo já caminhava pro final quando Howson, da entrada da área, marcou um belo gol e decretou a incrível vitória do Leeds no jogo. Com o resultado, o Leeds sobe para o 4º lugar, apenas a 2 pontos do vice-líder, Cardiff. O time também chega a marca de 8 jogos sem perder. Já o Burnley, perde sua segunda partida em casa na temporada e se afasta um pouco da zona dos playoffs. Com um jogo a menos, os clarets ocupam o 9º lugar.

Resultados

QPR 1-3 Watford
Swansea 1-1 Millwall
Barnsley 1-0 Sheffield Utd
Bristol City 2-0 Derby County
Burnley 2-3 Leeds
Leicester 5-1 Doncaster
Middlesbrough 1-0 Cardiff
Norwich 0-2 Portsmouth
Preston North End 1-0 Ipswich
Reading 0-0 Coventry
Crystal Palace 0-0 Hull City

Home ---------------------- Política de Privacidade ---------------------------------------------------------------------------------------------------- Championship Brasil 2018. Todos os direitos reservados ------- Designed by Edmar Assis