Classificação

Por Edmar Assis e Danilo Moraes. Tecnologia do Blogger.

Artilharia

Postado por : Jorge Lima 17/03/2011

Nome: Ashton Gate Stadium
Local: Bristol
Construção: 1904
Inauguração: 1904
Capacidade: 21.497 pessoas



Localizado às margens do Rio Avon e no subúrbio que dá o nome ao estádio, o Ashton Gate tem sido a casa do Bristol City desde a sua inauguração, embora o Bedminster FC utilizasse o local para mandar os seus jogos até 1900, quando se fundiu com o Bristol South End, que veio a se tornar Bristol City poucos anos depois.

Assim como em muitos estádios, O Rugby, esporte muito popular no Reino Unido, também era praticado no Ashton Gate. O Bristol Rugby mandou os seus jogos no estádio a partir de 1920, fazendo o seu último jogo lá em dezembro de 2006. O estádio também recebeu alguns jogos entre seleções desse esporte. o primeiro deles foi o jogo entre Inglaterra e País de Gales, em 1899.

Parte da torcida visitante espaço destinado à torcida visitante é na Wedlock Stand (ou East Stand, como é chamada pelos torcedores do Bristol City). O setor foi construído em 1928 e passou por várias reformas. Mas a nível de público, o setor nunca atingiu o nível esperado, nem mesmo com a criação dos "ultras" com suas bandeiras e faixas.



Williams Stand, na parte sudoeste do estádio, foi construído em 1958. Alí são localizados os camarotes dos diretores do clube e também espaço reservado à imprensa. A parte inferior do setor era um grande espaço apelidado de "The Great Enclosure" (a grande clausura), que ganhou lugares no início da década de 90. Na parte oposta, se encontra o Dolman Stand, construído em 1970. Em 2007, as cadeiras de madeira foram substituídas por cadeiras de plástico mas modernas.

O último setor a ser constuído foi o Atyeo Stand, em 1994. Com a construção do setor, surgiram também, um moderno ginásio e novos vestiários. O nome do setor é uma homenagem a John Atyeo, o maior artilheiro da história do Bristol City, com 351 gols em 645 jogos. Infelizmente, Atyeo morreu um ano antes da inauguração do setor.

Em 2005 começaram a surgir os primeiros planos de ampliação do estádio. O Bristol City anunciou que o Wedlock Stand, o setor mais antigo do Ashton Gate, seria totalmente reformado. Durante as obras, a capacidade do estádio cairia para 15.000, mas ao fim das obras, subiria para 21.000. Porém, o clube não conseguiu as autorizações e concessões necessárias e o projejo foi primeiramente adiado, para no ano seguinte, ser cancelado.



Após o acesso do Bristol City para a Championship em 06/07, os planos de reforma no Wedlock Stand voltaram a estar em pauta, assim como a reforma do Williams stand. Com as permissões em mãos, a idéia era construir mais de 13 mil lugares, ampliando a capacidade para 29.000. Mas mais uma vez, os projetos foram cancelados.

Em novembro de 2007, após o centenário do Ashton Gate, o Bristol City anunciou novos planos. Mas dessa vez não se tratava de reforma, mas sim de uma mudança para um novo estádio. No projeto, o novo estádio teria capacidade para 30.000 pessoas, com a opção de ser ampliado para 42.000. O projeto fazia parte dos planos da Inglaterra para a copa de 2018, que será sediada pela Rússia. O projeto não agradou a boa parte dos torcedores, que foi desenhado pelos mesmos arquitetos do Millenium Stadium, Wembley e Emirates Stadium. O custo será de 29 milhões de libras e a expectativa é que fique pronto antes do início da temporada 2012/2013. No momento, há dois prováveis nomes: "Bristol City Stadium" e "Ashton Vale".

Home ---------------------- Política de Privacidade ---------------------------------------------------------------------------------------------------- Championship Brasil 2018. Todos os direitos reservados ------- Designed by Edmar Assis