Classificação

Por Edmar Assis e Danilo Moraes. Tecnologia do Blogger.

Artilharia

Postado por : Edmar Assis 08/03/2011


Matthew Lowton marca um gol no fim, liquida Forest e registra a primeira vitória do Sheffield United em 2011.

O Nottingham Forest, apesar de jogar fora de casa, não tardou em mostrar o porque que estava brigando pela vaga na Premier League. Diante do Sheffield, que provavelmente irá para a League One, o Forest começou o jogo bem. E isto teve efeito quando Adebola passou por seu marcador e balançou as redes de Simonsen, abrindo o placar para os visitantes ainda no primeiro tempo.

No segundo tempo, o time vermelho de Sheffield teve um pênalti ao seu favor, porém Bogdanovic disperdiçou a chance de igualar o marcador, o que não atrapalhou muito, pois Vokes não tardou a empatar o jogo. O time da casa conseguiu o gol da vitória não muito depois, quando faltavam apenas 10 minutos para soar o apito final. Em um cruzamento de Quinn, Lowton desviou e virou o jogo para os Blades.

Esta foi a primeira vitória do Sheffield United no ano de 2011, assim como foi a primeira de Micky Adams no comando da equipe, ele que havia disputado 13 partidas e não havia vencido nenhuma, agora vê uma chance de ecapar do rebaixamento. Já no outro lado, a derrota gera muita desconfiança sobre o Nottingham Forest. Na fase em que poucos erros são permitidos, o time da cidade de Nottingham vem errando demais e hoje viu Leeds United o ultrapassar. Hoje, o Forest é o último time que se classificaria para os PlayOffs, estando na 6ª posição. O que acontece, porém, e que há poucas semanas, o clube era virtual líder da Championship, pois tinha pontuação inferior ao líder, mas jogos a mais a fazer. Hoje, a situação é inversa. Caso o Burnley vença seus jogos atrasados, o Forest sai da zona de classificação para os PlayOffs.


Reading joga bem, ganha de novo, e volta à briga

O Reading foi até Ipswich e novamente mostrou o bom futebol das últimas rodadas, e venceu os Tractor Boys por 3-1.

Os Royals dominaram completamente as ações do jogo desde o começo, e abriu o placar aos 18 minutos graças a seu artlheiro: Shane Long recebeu ótimo cruzamento de Hoeward, e de cabeça fez seu 20º gol na temporada, 1-0. O Ipswich jogou sem a presença de Jimmy Bullard, que fez uma enorme falta ao pobre meio campo do time no jogo. Logo depois do gol, os visitantes foram forçados a uma precoce substituição quando o capitão Matt Mills saiu mancando para ser substituído por Ivar Ingimarsson.

O jogo assumiu aquele ritmo fraco, em que o Ipswich tentava atacar, mas era constantemente bloqueado pelo sistema defensivo do Reading. Os Royals só conseguiram matar o jogo no finalzinho, com o gol de Ian Harte aos 86 minutos. 3 minutos depois, Noel Hunt fechou o caixão do Ipswich, 3-0. Connor Wickham ainda teve tempo de deixar o seu aos 93', 3-1.

Com o resultado, o Reading volta definitivamente a briga. o time tem 54 pontos, 6 a menos do 6º colocado (Forest). Considerando que ainda temos 33 pontos em disputa, há esperança para Shane Long e cia. Já o Ipswich segue no meio da tabela, em 16º

Home ---------------------- Política de Privacidade ---------------------------------------------------------------------------------------------------- Championship Brasil 2018. Todos os direitos reservados ------- Designed by Edmar Assis