Por Edmar Assis e Danilo Moraes. Tecnologia do Blogger.

Classificação

Artilharia

Postado por : Edmar Assis 02/07/2011



Data: 11 de Maio de 2010
Local: The City Ground
Espectadores: 28,358
Condições do tempo: Nublado


A temporada 2009/2010 chegava ao fim e Nottingham Forest e Blackpool faziam uma das semi-finais dos play-offs para decidir quem chegaria à final em Wembley. Era a maior chance da volta do Forest à elite nos últimos tempos, enquanto o Blackpool, que chegara como surpresa, era tratado como zebra contra os reds. O Forest havia se classificado aos play-offs em 3º, batendo na trave pelo acesso direto (que ficou com Newcastle e WBA). Já o Blackpool se classificou na bacia das almas, na última rodada, em 6º. No primeiro jogo, os Tangerines venceram na frente de sua torcida em Bloomfield Road, por 2-1, tendo a vantagem do empate na volta, em City Ground. O Blackpool não participava da elite desde 1971 e, sob o comando de Ian Holloway, via a grande chance nas mãos. 




Com a desvantagem de um gol, o Forest tratou de ir pra cima do Blackpool logo no início. Logo aos 7 minutos, Earnshaw recebeu ótimo passe de Paul McKenna e bateu na saída do goleiro Gilks pra fazer 1-0 e empatar o confronto, explodindo em festa a torcida. Mas nem tudo foi como parecia que seria. Mesmo segurando todo o primeiro tempo com a vantagem de um gol, o Forest viu o sonho ir dramaticamente por água abaixo em 45 minutos de segundo tempo. Aos 56', DJ Campbell recebeu lindo lançamento longo e bateu na saída de Lee Camp para empatar, fazendo o seu primeiro gol da noite. A vantagem voltou às mãos do Forest 10 minutos depois, outra vez com Earnshaw, com uma pancada no meio do gol depois de cruzamento na área.


Mas ainda havia muito jogo. Comandados por Charlie Adam, e apenas 6 minutos depois do gol de Earnshaw, Stephen Dobbie (hoje no Swansea) recebeu passe de Taylor-Fletcher e bateu, a bola desviou e matou Lee Camp, 2-2. O Show do Blackpool continuou com tudo. Aos 74', Dobbie puxou contra-ataque e fez linda tabela com DJ Campbell, que bateu no cantinho, fazendo um lindo gol pra virar espetacularmente, 2-3. Delírio da torcida do Blackpool, que via Wembley mais perto. O gol detonou o Forest, que caiu por terra; 3 minutos depois do gol, DJ Campbell completou um dos Hat-Tricks mais fantásticos da história, aproveitando rebote do goleiro Camp, 4-2. 3 gols num intervalo de 7 minutos.


A torcida do Forest que deixou o estádio não viu o gol (sim, houve mais um gol) de Adebola, aos 92'. Numa falha bizonha de Baptiste, o jogador bateu, Gilks defendeu e no rebote diminui, mas já era tarde. 4-6 no agregado, e festa nas arquibancadas dos 2.000 torcedores do Blackpool e muita festa no gramado, pois os Tangerines decidiriam a última vaga na Premier League contra o Cardiff. Falaremos deste jogo num futuro próximo...




Ficha Técnica:


Blackpool: 

Substitutos


Nottingham Forest

  • Camp
  • Perchyellow card
  • Morgan
  • Wilson
  • Gunter
  • Cohen
  • McKenna (Anderson 78)
  • Majewski
  • Earnshaw
  • Tyson
  • Blackstock (Adebola 78)

Substitutos

  • Smith, 
  • Chambers, 
  • Anderson, 
  • McGugan,
  •  Adebola,
  •  McGoldrick,
  •  Boyd





Home ---------------------- Política de Privacidade ---------------------------------------------------------------------------------------------------- Championship Brasil 2019. Todos os direitos reservados ------- Designed by Edmar Assis