Classificação FINAL

Por Edmar Assis e Danilo Moraes. Tecnologia do Blogger.

Artilharia

Postado por : Edmar Assis 17/07/2011



Data: 26 de Maio de 2006
Local: Millenium Stadium
Espectadores: 64,736
Condições do tempo: Limpo


No final da temporada 2005/2006, O Leeds United tinha em mãos a maior chance de retornar à elite depois de anos de confusões fora de campo. O time chegara aos Play-offs da Championship em 6º lugar, tendo conseguido a classificação com enorme dificuldade. A missão era mais dura ainda, pois precisaria enfrentar o Preston, que terminara em 4º, e que vinha jogando um futebol mais bonito e com mais qualidade. Mas no confronto semi-final a tradição do Leeds falou mais alto. Depois de empatar em casa por 1-1, os Whites bateram o Preston por 0-2 em pleno Deepdale e garantiu vaga na final, para enfrentar outro bom time, o Watford.


A cidade de Cardiff ficou pequena para tamanha festa no dia da grande final. Os dois times tinham das torcidas mais fanáticas da Inglaterra. A parte definida para a torcida do Watford ficou sensacionalmente amarela, com balões de ar e muitos papéis picados. Era a chance dos Hornets retornarem à elite depois de muitos anos, e a confiança era geral, pois o time mostrara bom futebol durante toda a competição, perdendo a vaga direta por detalhes. Comandados por Aidy Boothroyd, e com bons nomes como o onipresente Marlon King, Henderson e Gavin Mahon, o time entrara como favorito contra o Leeds. Os Whites também contavam com jogadores conhecidos, entre eles Rob Hulse, Shaun Derry e Neil Sullivan. A festa da torcida do Leeds era fantástica. Conhecida por nunca abandonar o time, os fãs cantaram o hino do clube, Marching on Together, em altos brados. 




O Jogo começou bastante estudado, e a torcida deu mais show nas arquibancadas do que os jogadores no campo. O Leeds partiu pra cima no começo, mas aos poucos foi recuando, e a maior falha do time na temporada, a defesa, apareceu mais uma vez. Em cobrança de escanteio, DeMerit subiu totalmente livre na área para fazer de cabeça, 1-0, aos 25 minutos de primeiro tempo. Delírio nas arquibancadas opostas ao gol, onde se concentravam os Hornets. O restante do primeiro tempo foi marcado por ataque contra defesa por parte do Leeds, mas a boa armada defesa do Watford barrou todas as ações do time.


O Segundo tempo começou como terminou o primeiro. Mas, aos 57' minutos, um lance completamente bizarro começou a dar ao Millenium Stadium um tom amarelo. Em cobrança de lateral na área, a zaga rebateu, Marlon King girou com a bola, bateu fraco, mas o goleiro Sullivan caiu em camera lenta; a bola bateu na trave, as costas do goleiro e entrou vagarosamente no gol, para explodir a torcida do Watford, que via a Premier League cada vez mais perto. O Golpe de misericórdia veio a 5 minutos do fim. Shaun Derry derrubou Marlon King na área, pênalti. Na cobrança, Henderson fechou o caixão do Leeds, e garantiu o Watford na Premier League, 3-0.


Ao final de jogo, muita festa e muitas lágrimas em campo, por parte dos dois times. O Watford estava na Premier League, e o Leeds amargaria mais uma temporada de sofrimento e cobranças.






Ficha Técnica:


Leeds UnitedSullivan, Kelly, Butler, Gregan (Bakke 84), Kilgallon, Richardson (Blake 45), Miller (Healy 62), Derry, Douglas, Lewis, Hulse. 


WatfordFoster, Doyley, Mackay, DeMerit, Stewart, Chambers (Bangura 72), Mahon, Spring, Young, King, Henderson. 


Gols: DeMerit 25, Sullivan 57 og, Henderson 84 pen.


Árbitro: Mike Dean







Home ---------------------- Política de Privacidade ---------------------------------------------------------------------------------------------------- Championship Brasil 2019. Todos os direitos reservados ------- Designed by Edmar Assis