Por Edmar Assis e Danilo Moraes. Tecnologia do Blogger.

Classificação

Artilharia

Postado por : Jorge Lima 06/08/2011



Pode ser só o início, mas o Ipswich Town deu um grande indício de que deve lutar por uma vaga para a Premier League, ao derrotar o Bristol City fora de casa por 3-0. Destaque absoluto para o atacante Michael Chopra, que não poderia pedir estréia melhor.

Os visitantes tomaram a iniciativa logo no pontapé inicial, fazendo valer a maior qualidade técnica. E o primeiro gol não demorou muito a sair. Chopra ganhou a disputa com Mark Kennedy e, com extrema tranquilidade, tocou a bola por cima do goleiro James para abrir o placar.

A primeira chance do Bristol City so surgiu na metade do primeiro tempo, com cabeçada de Marvin Elliott, defendida facilmente por Stockdale. Mas daí até o fim do primeiro tempo, pouco se viu, com exceção de uma cabeçada de Liam Fontaine por cima do travessão pouco antes do intervalo.

No segundo tempo, o Bristol City voltou melhor e disposto a pelo menos, equilibrar o jogo. Maynard chegou a empatar o jogo logo nos primeiros minutos, mas impedido, teve seu gol anulado. E a resposta dos Tractor Boys foi imadiata e letal. Lee Martin, se aproveitando de uma abertura na defesa do Bristol City e ampliou o placar para os visitantes.

9 minutos depois, o Ipswich deu números finais ao jogo, mais uma vez com Chopra. O atacante se aproveitou de falha do goleiro James e marcou o seu segundo gol no jogo. Nos últimos minutos, Stockdale fez boa defesa em chute de Maynard e Grant Leadbitter só não marcou o 4º gol pro Ipswich porque foi impedido pela trave.

Coincidentemente, a estréia do Bristol City na última temporada também foi com uma derrota em casa por 3-0. Os Robins mostram que tem um longo caminho a percorrer se quiser um futuro melhor na Championship.


Com gol aos 53 do 2º tempo, Brighton vence o Doncaster de virada.

No primeiro jogo oficial em seu novo estádio, o Brighton sofreu, mas conseguiu vencer o Doncaster de forma dramática. Os Visitantes saíram na frente, com gol de Billy Sharp. O Brighton, mesmo pressionando, esbarrava nas chances disperdiçadas. Principalmente com Craig Mackail-Smith, que parecia não estar em um bom dia com as jogadas aéreas. Foram pelos menos 5 chances de cabeça disperdiçadas.

A torcida do time da casa só respirou aliviada aos 37 do 2º tempo, quando Will Buckley, que entrou no 2º tempo, empatou o jogo. E coube ao mesmo Buckley, aos 53 do 2º tempo, no último lance do jogo, garantir a primeira vitória do Brighton na Championship.

Home ---------------------- Política de Privacidade ---------------------------------------------------------------------------------------------------- Championship Brasil 2019. Todos os direitos reservados ------- Designed by Edmar Assis