Por Edmar Assis e Danilo Moraes. Tecnologia do Blogger.

Classificação

Artilharia

Postado por : Jorge Lima 15/10/2011




West Ham segue mostrando sua força e o porquê de ser considerado um dos favoritos ao título. Os Hammers golearam o Blackpool por 4-0 e subiram para o segundo lugar, somente dois pontos atrás do líder, Southampton. Esse foi a maior vitória do West Ham em casa desde setembro de 2005.

Embora o placar dê a entender que o time passeou em campo, as coisas não foram bem assim, principalmente no primeiro tempo. Nos primeiros 10 minutos de jogo, foi o Blackpool que dominou todas as ações do jogo, o que fez com que os Hammers cometessem muitas faltas. Mas apesar de pressão, os Tangerines pouco fizeram para abrir o placar. Apesar de tudo, o West Ham soube se segurar e chegou ao primeiro gol logo aos 12 minutos. Após cruzamento de Faubert, Carew ganhou no alto e de cabeça, abriu o placar para o time da casa.


Os Hammers ainda teriam duas grandes chances de marcar no prmeiro tempo. Primeiro com Baldock, mas Gilks fez grande defesa. E a segunda com Carew, que chutou em cima de Hill.
A melhor chance do Blackpool na etapa inicial veio com JOnjo Shelvey, que daria mais trabalho a Almunia se tivesse chutado mais forte.

Logo no início do segundo tempo, o West Ham chegou ao segundo gol. Após uma (mal sucedida) tentativa da defesa do Blackpool em usar a famosa linha de impedimento, Baldock avançou, ganhou de Taylor na corrida e bateu sem chances para Gilks. E Baldock dobrou sua conta de gols no jogo 4 minutos depois. Após mais um erro de Hill, Carew recuperou e lançou pro atacante, que teve calma para finalizar.

E coube a Jack Collison sacramentar a goleada 4 minutos depois, em um chute desviado na entrada da área que matou totalmente o goleiro Gilks.


Middlesbrough empata a quarta seguida e cai para terceiro

Único invicto da Championship, Midlesbrough perdeu mais uma chance de chegar à liderança da Championship ao apenas empatar com o Millwall por 1-1. Barry Robson abriu o placar para o time da casa aos 25 minutos de jogo, seu primeiro gol pelo clube desde agosto. Melhor no jogo, embora sem grandes chances, Boro quase ampliou no início do segundo tempo, ms a cabeçada de McDonald acertou em cheio a trave.

Como que por castigo, o Millwall chegou ao empate alguns minutos depois, com Liam Trotter. Entre algumas pequenas chances desperdiçadas, a melhor de todas só veio nos acréscimos, quando Faris Haroun teve a chance de dar a vitória para o time da casa, mas cabeceou pra longe do gol.

Com esse empate, os Lions seguem com o grande retrospecto de apenas UMA VITÓRIA na competição, Mas respiram fora da zona de rebaixamento. Por enquanto.

Home ---------------------- Política de Privacidade ---------------------------------------------------------------------------------------------------- Championship Brasil 2019. Todos os direitos reservados ------- Designed by Edmar Assis