Por Edmar Assis e Danilo Moraes. Tecnologia do Blogger.

Classificação

Artilharia

Postado por : Edmar Assis 14/10/2012


Uma simples pergunta com uma resposta ainda desconhecida. Não é de hoje que os times que chegam à Championship rebaixados da Premier League sofrem mais do que o esperado na segunda divisão inglesa. E os motivos para isso são vários, que variam de time pra time.

Nesta temporada, o maior exemplo deste sofrimento é o Bolton. Após 11 anos de sucesso na Premier League, o time foi rebaixado quando poucos esperavam. Lesões importantes como a de Lee Chung-Yong e Stuart Holden, além da derrota por 5-0 numa semi-final de FA Cup contra o Stoke e o problema cardíaco de Fabrice Muamba contribuíram demais na queda dos Trotters. Mas, antes da temporada começar, o Bolton parecia o time mais pronto para disputar a Championship e subir até com tranquilidade.

Poucos jogadores importantes ao time saíram, a base do time que se conhece há um bom tempo continuou, e o técnico Owen Coyle era o homem de confiança. Mas o início foi tenebroso para os Trotters. Com um futebol pragmático, o time não se acertou em nenhum momento do campeonato. Tanto que, com apenas 3 vitorias em 10 jogos, o clube está apenas na 18ª posição. Como no mundo inteiro o futebol é feito de resultados, Owen Coyle foi demitido. O Bolton ainda tem um bom elenco para o nível da Championship, e um novo técnico pode dar ao time a tranquilidade necessária para vencer seus jogos e, pelo menos, brigar pelos play-offs.

Outro caso interessante é o Blackburn. Os Rovers caíram da Premier League após uma campanha na reta final cheia de manifestações contra o técnico Steve Kean. O Blackburn caiu, e todos esperavam um novo técnico para conduzir o clube. Mas, estranhamente, Kean continuou pra mais insatisfação dos fãs, que boicotaram os primeiros jogos do clube na Championship. Mesmo com uma boa campanha, e trazendo bons jogadores como Kazim-Richards e o promissor Jordan Rhodes, a diretoria não resistiu a uma derrota para o Middlesbrough em casa e "convidou" Kean a pedir demissão.

A paçocada da direção dos Rovers foi tanta que, ao invés de procurar um técnico de confiança para começar a temporada, demitiu Kean com 7 rodada disputadas e agora pena para achar um substituto. Enquanto isso, mesmo com um excelente time no papel, o Blackburn não se acertou após a saída do técnico e vem de 4 jogos sem vencer, ocupando apenas a 9ª colocação. Os 12 anos na elite, entre eles com um título da Premier League, parecem ter deixado um pensamento de grandeza no clube. E, um time que pretende voltar à pensar grande, precisa começar de baixo novamente.


Curiosamente, o pior time da última Premier League parece, neste momento, ser o mais preparado para disputar um campeonato tão duro como a Championship. O Wolves começou a temporada dando um voto de confiança ao técnico Stale Solbakken, que entrou no lugar de Mick McCarthy. O técnico, que conta com a confiança dos fãs, perdeu peças importantes como Steven Fletcher, hoje artilheiro do Sunderland, e Matt Jarvis. Mas, mesmo com alguma inconstância normal na Championship, mantem o Wolves na 3ª posição.

E não é de hoje que os times rebaixados sofrem. Na última temporada, dos três rebaixados da temporada 10/11, apenas o West Ham voltou à elite. Mesmo sofrendo mais do que deveria, os Hammers conseguiram o acesso via play-offs, derrotando outro recém rebaixado, o Blackpool, que já era experiente na Championship. Já o Birmingham nunca mais foi o mesmo após cair. Os Blues até chegaram nos play-offs, mas perderam para o Blackpool nas semis. Nesta temporada, os Blues sofrem na parte de baixo da tabela.

Outros exemplos são claros. Derby County, Burnley, Middlesbrough e Hull City estiveram na Premier League há poucas temporadas atrás, e nunca mais conseguiram engrenar após o rebaixamento. Uma menor quantidade de dinheiro, o trauma de uma temporada ruim na elite, todos são motivos para esse sufoco. Vale lembrar que, diferente do que acontece no Brasil e em outros países, a segunda divisão inglesa é um campeonato muito duro e disputado. Qualquer clube que chegue achando que seu status vai o levar de volta está enganado.

Nas últimas temporadas, apenas um clube caiu e subiu no ano seguinte com tranquilidade. O Newcastle aceitou sua situação de crise, contou com o apoio da torcida e fez com que a força da camisa valesse na hora de disputar a Championship. Com uma campanha sem sustos, os Magpies retornaram ao seu lugar de origem. Antes considerado um "iô-iô", o West Brom também se manteve na Premier League após cair junto com o Newcastle.

Bolton, Blackburn e Wolves precisam aceitar sua situação, e jogar no estilo Championship. Ou seja, pra ganhar pontos, não interessa como. O tempo de vacas gordas passou.

Home ---------------------- Política de Privacidade ---------------------------------------------------------------------------------------------------- Championship Brasil 2019. Todos os direitos reservados ------- Designed by Edmar Assis