Por Edmar Assis e Danilo Moraes. Tecnologia do Blogger.

Classificação

Artilharia

Postado por : Edmar Assis 01/12/2012

Crystal Palace 3-0 Brighton (Murray 38' 54', Garvan 71') 

Hoje foi uma tarde que não vai sair da memória do torcedor do Crystal Palace tão cedo. No grande e tão esperado clássico contra o Brighton, os Eagles não tomaram conhecimento do rival e, aproveitando-se de uma expulsão logo no começo, venceram com tranquilidade por 3-0, com mais dois gols do artilheiro Glenn Murray, e reassumiram a liderança. Pelo menos até amanhã, quando o Cardiff pega o Sheffield Wednesday.

Num Selhurst Park absolutamente tomado com mais de 20.000 pessoas, o jogo começou num ritmo fraco, comas equipes se estudando. Porém, o primeiro lance importante foi o que definiu o destino do clássico: O excelente meia Yannick Bolasie driblou a marcação pelo meio e avançou rumo ao gol, mas foi parado com violência pelo zagueiro Lewis Dunk, que recebeu cartão vermelho direto, pois o jogador do Palace ia em direção ao gol.

Com a desvantagem numérica tão cedo, o técnico Gus Poyet preferiu não mexer no time, recuando Calderon para a zaga e ficando comum buraco no meio-campo. E foi nesse setor que o Palace mostrou sua superioridade. Mais uma vez com Bolasie, que recebeu no meio e achou Glenn Murray livre na área. E, como bom centro-avante que é, o artilheiro só deslocou Kuszczak pra fazer 1-0 e explodir em festa o estádio, aos 38 minutos. O jogador, em respeito ao seu ex-clube, não comemorou.

Na volta do intervalo, o Brighton teve uma grande chance de empatar com seu craque, Mackail-Smith, que mandou uma pancada na trave de Speroni. E fez falta, pois aos 54', Murray recebeu na área e foi derrubado por Kuszczak, pênalti. O próprio Gleen Murray foi pra cobrança e só deslocou o goleiro pra fazer um impressionante 17º gol no campeonato, que o deixa dois atrás do artilheiro Charlie Austin, 2-0.

Mackail-Smith obrigou o goleiro Speroni a fazer uma defesa espetacular pouco depois, mas o jogo era todo do Palace. Aos 71', Murray foi derrubado mais uma vez na área, agora por Hammond, outro pênalti. Glenn Murray pegou a bola para cobrar e fazer o hat-trick, mas se lembrou que perdeu dois pênaltis seguidos quando teve a chance de fazer o hat-trick, e deu a bola para Owen Garvan bater alto, sem chances para Kuszczak, 3-0. A essa altura, a torcida do Palace já dava seu show, que ficou ainda mais bonito quando o juiz deu o apito final.

Com a vitória, os Eagles retomam a liderança com 40 pontos, dois a frente do Cardiff, que joga amanhã. Uma vitória que pode dar um enorme impulso ao time, da mesma maneira que a vitória por 1-3 na temporada passada no clássico deu impulso para fugir do rebaixamento. Já o Brighton sai de cabeça quente pela sapatada levada. Porpem, o time ainda está em 8º, apenas dois pontos atrás do 6º colocado.

Home ---------------------- Política de Privacidade ---------------------------------------------------------------------------------------------------- Championship Brasil 2019. Todos os direitos reservados ------- Designed by Edmar Assis