Por Edmar Assis e Danilo Moraes. Tecnologia do Blogger.

Classificação

Artilharia

Postado por : Edmar Assis 26/12/2012

Nottingham Forest 4-2 Leeds (Sharp 44′ (pen), 54′, Austin 57′ (og), Blackstock 61′; Green 12′, Somma 90′)

Na abertura do Boxing Day, o Nottingham Forest deu show no segundo tempo e venceu o Leeds por 4-2, quebrando um tabu de 16 anos sem vencer os Whites em sua própria casa. Porém, a vitória ficou em segundo plano, pois os donos do clube anunciaram a demissão do técnico Sean O'Driscoll mesmo com a vitória, pegando a todos de surpresa.

O jogo em City Ground começou melhor para o Leeds, que dominou as primeiras ações e não demorou para abrir o placar. Aos 12', Thomas cruzou na área, e bola ficou pipocando entre os zagueiros do Forest e acabou ficando limpa para Paul Green mandar pro gol vazio, 0-1. Porém, depois do gol os donos da casa começaram a pressionar mais e chegaram ao empate aos 44': Lees cometeu pênalti, que Billy Sharp bateu bem para fazer 1-1.

Mas, no segundo tempo, o Leeds sofreu mais um "apagão", que já havia sido visto contra o Chelsea. Num verdadeiro desastre defensivo, o time sofreu. E muito. Logo aos 47', a zaga do Leeds falhou, Blackstock recuperou a bola e tocou para Billy Sharp driblar o goleiro e virar o jogo, 2-1. E aos 57', em bola lançada na área, Ward bateu pra dentro da área, Austin tentou tirar e acabou mandando contra, 3-1. E a tarde trágica em plenas festas para o Leeds se completou aos 61', quando Reid colocou na área e Blackstock subiu livre para deixar o seu, 4-1. Festa nas arquibancadas.

O Leeds até diminuiu com Somma aos 90' em belo contra-ataque, mas já era tarde. A vitória deixa o Forest  na 8ª posição, apenas um pontinho atrás dos play-offs. Mas tudo isso fica em segundo plano, pois...


Sean O'Driscoll é demitido e não é mais técnico do Forest


Sim, é isso mesmo! O Nottingham Forest, mesmo depois de vencer e bem o Leeds, anunciou a demissão do técnico Sean O'Driscoll.

O anúncio foi feito no site oficial do clube, por meio desta nota do presidente Fawaz Al Hasawi: "Nós não podemos falar mal Sean como um homem. Ele foi nomeado em um momento extremamente difícil para o clube. Mas nós temos a responsabilidade de olhar para o futuro deste grande clube, porque temos grandes ambições para ele.

"Sabíamos que, quando compramos o clube no verão, que levaríamos tempo para os jogadores que compramos começarem a resolver, mas esse processo levou mais tempo do que o previsto. Nós sentimos que temos desenvolvido um pelotão muito forte de jogadores, mas ainda estão procurando a consistência em termos de desempenho da equipe, sublinhado pelo fato de que não ganhamos mais do que dois jogos em sequência no campeonato desta temporada.

"E com a janela de transferências de janeiro se aproximando, nós sentimos que é o momento certo para fazer uma mudança. Nós queremos trazer um técnico ambicioso com experiência de Premier League."

Abdulaziz Al Hasawi, que estava no City Ground para o jogo de hoje contra o Leeds, acrescentou: "O momento da nossa decisão pode parecer um pouco estranho depois da vitória sobre o Leeds, mas às vezes você precisa de fazer alterações com o futuro a longo prazo em mente. Às vezes, essas mudanças precisam ser feitas a partir de uma posição de força e não de fraqueza, e é o que estamos tentando fazer."

Com essas estranhíssima demissão, alguns candidatos aparecem fortes, sendo eles Mark Hughes, demitido do QPR, Steve Bruce, atual treinador do Hull City, e Owen Coyle, que deixou o Bolton no início da temporada.

Home ---------------------- Política de Privacidade ---------------------------------------------------------------------------------------------------- Championship Brasil 2019. Todos os direitos reservados ------- Designed by Edmar Assis