Por Edmar Assis e Danilo Moraes. Tecnologia do Blogger.

Classificação

Artilharia

Postado por : Edmar Assis 17/03/2013

Brighton 3-0 Crystal Palace (Ulloa 43' 50', López 45')

Que fase dos argentinos! O Papa, o Messi... e, pra torcida do Brighton, seu argentino vale mais do que todos. Hoje, no grande clássico contra o Crystal Palace, o atacante Leonardo Ulloa deu show e, com dois gols, deu a vitória aos Seagulls contra os Eagles por 3-0, vingando a derrota do primeiro turno e dando alegria à sua torcida e muitos motivos para beber neste dia de São Patricio.

O Palace, que entrou em campo com a grande oportunidade de assumir a vice-liderança se vencesse, começou bem melhor, como sempre contando com as investidas de Wilfried Zaha. Numa delas, o atacante fez boa jogada e rolou para o lateral Parr bater cruzado pra fora. Pouco depois, Zaha cruzou para o artilheiro Glenn Murray cabecear pra fora. Mas a melhor chance dos Eagles foi num quase gol contra do zagueirão Matthew Upson, que cabeceou errado pra trás e obrigou o goleiro Kuszczak a fazer uma defesa monumental.

O Brighton só chegou duas vezes com perigo ao ataque no primeiro tempo. Não precisava de mais. Aos 43', o excelente Will Buckley fez boa jogada individual e rolou na área para Leonardo Ulloa bater firme, sem chances parta Speroni, 1-0. Festa dos 28500 torcedores que lotaram o Amex Stadium. Festa que ficou maior, bem maior, dois minutos depois: Dikgacoi derrubou Buckley na meia-lua e, na cobrança de falta, o espanhol David López cobrou bonito, rasteiro, e enganou Speroni, 2-0. Delírio da torcida do Brighton.

Ian Holloway fez uma dupla substituição no intervalo para tentar salvar um resultado - jogando as esperanças do Palace no veterano atacante Kevin Phillips, de 39 anos, juntamente com o meia brasileiro André Moritz. Mas tudo foi pro buraco em 5 minutos. Graças ao hermano, claro. Aos 50', Buckley, dono do meio campo, cruzou na área para Orlandi, que ajeitou de cabeça para Ulloa virar um lindo voleio e estuar as redes de Speroni, 3-0.

O Palace sucumbiu depois do gol e quase saiu co uma goleada histórica, que só não aconteceu graças ao goleiro (argentino) Speroni, que evitou o hat-trick do (argentino) Ulloa, defendendo um chutaço de longe, além de espalmar uma cabeçada de Buckley pouco depois. No apito final, muita festa e fim de um tabu, já que o Brighton não vencia o Palace em casa há 25 anos. Haja cerveja!

Com a vitória, o Brighton empata em pontos com o Leicester (59), mas segue em 7º por ter um saldo de gols pior, mas numa fase bem melhor que a dos Foxes, que estão em queda livre. Já o Palace bobeia e perde a chance de se tornar vice-líder. O time fica em 4º com 64 pontos, 10 atrás do líder e sorridente Cardiff.

Home ---------------------- Política de Privacidade ---------------------------------------------------------------------------------------------------- Championship Brasil 2019. Todos os direitos reservados ------- Designed by Edmar Assis