Por Edmar Assis e Danilo Moraes. Tecnologia do Blogger.

Classificação

Artilharia

Postado por : Edmar Assis 29/01/2014


O Derby recebeu o vice-lanterna Yeovil contando que não teria muitas dificuldades para vencer. Nada disso. Jogando bem de novo no ataque, os Glovers abriram 0-2 no primeiro tempo e quase fizeram a zebra passear. Porém, com um segundo tempo impecável e de muita raça, os Rams contaram com o brilho do jovem craque Patrick Bamford e da estrela de Chris Martin para virar o jogo no último segundo, vencendo por 3-2. O time cola no Burnley e segue no encalço dos líderes, em 4º lugar.

O Derby começou o jogo em cima do Yeovil que entrou na rodada em penúltimo lugar. Aos 10, Simon Dawkins arriscou chute da entrada da área, a bola desviou na zaga e explodiu na trave do goleiro Stech. Porém, aos 25', a zebra começou a passear em Pride Park: o jovem Lundstram avançou pelo meio sem marcação e bateu rasteiro no cantinho de Grant, 0-1.

Pouco depois, o Derby reclamou muito de um pênalti (claro) em cima de Martin, ao ser empurrado por McAllister, mas o juiz nada deu. E a zebra seguiu surpreendendo: aos 34', Lundtram achou Ishmael Miller na área, o centro-avante trombou com Keogh, girou e fuzilou o gol de Grant, 0-2. Incredulidade nas arquibancadas.

No segundo tempo, depois uma provável bronca daquelas de Steve McClaren, o Derby acordou, e contou com a estrela de seu jovem craque para voltar pro jogo. Logo aos 50', Dawkins cruzou na área e Patrick Bamford subiu sozinho pra cabecear bonito, 1-2. 3º gol em 3 jogos do atacante emprestado pelo Chelsea. E Bamford quase empatou logo depois, num chutaço que explodiu no poste direito de Stech. Empurrado pela massa, os Rams pressionaram demais, mas o gol não vinha.

Depois de 36 (!!!) chutes a gol, veio a festa: aos 87', Will Hughes fez linda jogada pela ponta e rolou para o sempre decisivo Craig Bryson fuzilar Stech, 2-2. E, no último suspiro, Bryson chamou a responsabilidade, levou a bola pra ponta e cruzou na cabeça de Chris Martin, que acertou o ângulo de Stech, virada espetacular para 3-2 aos 92'. Festa total nas arquibancadas de Pride Park.

Com a suada e importantíssima vitória, o Derby se mantém em 4º, mas só um ponto atrás do Burnley, e 5 atrás do vice-líder QPR, mantendo o sonho do acesso direto muito vivo. Já o Yeovil lutou, mas cai pra lanterna com 20 pontos, já a 6 da salvação.

QPR vence o Bolton e segue na perseguição ao Leicester.


Jogando em casa, o QPR manteve a boa fase ao vencer o Bolton. Com gols de Charlie Austin (pra variar), e de Karl Henry, os Hoops venceram por 2-1 (Spearing descontou). O time chega a 4ª vitória seguida e se mantém na perseguição ao Leicester com 55 pontos, 8 a menos que o líder. Já o Bolton cai pra 18º e fica apenas 4 pontos acima de degola.

Home ---------------------- Política de Privacidade ---------------------------------------------------------------------------------------------------- Championship Brasil 2019. Todos os direitos reservados ------- Designed by Edmar Assis