Por Edmar Assis e Danilo Moraes. Tecnologia do Blogger.

Classificação

Artilharia

Postado por : Jorge Lima 01/02/2014



O Leeds United deu à sua torcida a melhor resposta que poderia em meio aos dias turbulentos que o clube tem vivido. Entre polêmicas sobre uma possível venda do clube e a demissão (e não demissão) de Brian McDermott, os Whites conseguiram um grande resultado, ao golear o Huddersfield Town por 5-1 no derby de Yorkshire. Pra variar, Ross McCormack foi mais uma vez o grande destaque do time, com três gols marcados.

Com o Elland Road lotado e com a torcida apoiando a todo o volume o até então demitido Brian McDermott, o Leeds entrou no jogo decidido a vencer o jogo a qualquer custo. Mas as coisas não começaram bem para o time da casa, que se viu atrás do placar aos 25 minutos de jogo. Ward recebeu pela esquerda e chutou cruzado pra colocar o Huddersfield na frente.

o Huddersfield pressionou em busca do segundo gol e esteve próximo de ampliar. Wallace teve seu chute bloqueado pela defesa, a bola sobrou pra Nahki Wells, mas o atacante chutou por cima. E isso acabou custando caro para os visitantes nos acréscimos, quando o Leeds achou o empate. Bryam cobrou falta pra área, a defesa afastou mal, e McCormack estava bem posicionado para empatar o jogo.

O gol no primeiro tempo mostrou ser fundamental pro time do Leeds se acertar. E isso foi visível logo nos primeiros minutos da etapa final. Logo aos 6 minutos, Jimmy Kebe recebeu de McCormack e virou o jogo para os Whites.

o Huddersfield tentava esporadicamente chegar ao empate, mas Wells e Ward não levaram sorte em seus chutes ao gol de Kenny. Já o Leeds não parecia ter problemas com isso, já que chegou ao terceiro gol aos 18 minutos. Sam Bryam puxou o contra-ataque, tabelou com Austin e cruzou na medida pra McCormack marcar o seu 2º gol no jogo e o 50º pelo Leeds. E o gol 51 saiu 10 minutos depois. Cameron Stewart cruzou, McCormack recebeu livre pra fazer mais um Hat-trick.

Ainda deu tempo pro jovem Howatt marcar o seu primeiro gol pelo Leeds. E não poderia ter sido mais fácil. Após uma bola lançada pra área, o goleiro Smithies se chocou com Alex Gerrard e a bola sobrou pra Mowatt, que só teve o trabalho de empurrar pro gol vazio.

Com o resultado, o Leeds coloca fim com estilo à uma sequência de 8 jogos sem vitória. O time sobe pro 11º lugar, mas segue longe da zona dos playoffs. Esse pode ser o início de dias mais calmos em Elland Road e nada como uma goleada em um clássico como ponto de partida.


Sheffield Wednesday vence o Barnsley, amplia invencibiliadade e se afasta da zona de rebaixamento



O Sheffield wednesday recebeu o Barnsley no clássico de South Yorkshire e precisou, literalmente lutar até o último minuto pra conseguir a vitória. Em um jogo com três expulsões, os Olws venceram por 1-0, graças a um gol de Maguire aos 52 minutos da etapa final.

Em boa fase, o Sheffield começou melhor o jogo, com Llera e Maguire testando a defesa dos Tykes, mas sem muito sucesso nas finalizações. Mas quem quase abriu o placar foi o Barnsley. após cobrança de escanteio, a bola sobrou pro defensor Martin Cranie, mas Kirkland estava atento e fez uma grande defesa.

A situação do Barnsley complicou quando o estreante Frimpong, após uma sucessão de faltas, levou o segundo amarelo e foi expulso. Tudo isso com apenas 30 minutos de jogo. A vantagem numérica animou os Owls, que começaram a pressionar em busca do gol, mas apesar do perigo nos cruzamentos, o Sheffield não foi preciso o bastante para abrir o placar.

A pressão do Sheffield continuou no segundo tempo. Na primeira grande chance, Dale Jennings chegou a marcar, mas o lance foi anulado por impedimento. Minutos depois, Maguire teve mais uma chance de marcar, mas foi bloqueado na hora certa pela defesa do Barnsley. A pressão seguia e Maguire seguia sendo a principal figura do jogo. o winger cobrou escanteio pra área, Jack Hunt desviou e a bola explodiu no travessão, pra lamentação da torcida em Hillsborough.

Jermaine Johnson entrou na metade do segundo tempo e não teve muito tempo pra desfrutar do jogo. após apenas 10 minutos em campo, o jogador do Sheff wed levou cartão vermelho após entrada dura em Brek Shea, igualando de novo o número de jogadores em campo. Pouco antes dos acréscimos, Jacob Mellis fez o Barnsley ficar com um a menos  de novo, após falta em Maghoma.

O jogo já caminhava pro fim, quando no último lance do jogo, o Sheffield finalmente conseguiu o sofrido gol da vitória. Jim O'Brien tentou afastar mas acabou entregando pra Semedo, que cruzou pra Maguire finalizar e garantir a vitória dos Owls no clássico.

O resultado é mais uma prova do "renascimento" do Sheff Wed sob o comando de Stuart Gray. O time chegou aos 30 pontos, ocupando agora o 17º lugar. e o mais importante, vai se afastando da zona de rebaixamento. Já são 10 jogos sem perder, com 5 vitórias no processo. O Barnsley segue em penúltimo, e não deve passar muito disso até o fim da temporada.

Home ---------------------- Política de Privacidade ---------------------------------------------------------------------------------------------------- Championship Brasil 2019. Todos os direitos reservados ------- Designed by Edmar Assis