Por Edmar Assis e Danilo Moraes. Tecnologia do Blogger.

Classificação

Artilharia

Postado por : Jorge Lima 29/03/2014


Se fora de campo as coisas andam turbulentas pro Leeds, dentro de campo a situação não é diferente. Jogando em casa, os Whites acabaram derrotados por 2-1 pelo Doncaster, resultado que faz o clube cair ainda mais na tabela. Essa foi a quinta derrota em 6 jogos dos comandados de Brian McDermott.

O jogo começou com a torcida fazendo barulho e protestando bastante contra os (ainda) atuais donos do clube, o grupo GFH Capital. Dentro de campo, o time seguia sem encontrar o seu melhor jogo. Até por isso, não surpreendeu ver o Doncaster abrir o placar aos 23 minutos de jogo. Após escanteio, Byram tentou afastar, mas a bola sobrou pra wellens, que rolou pra Cotterill marcar. 

O Leeds tentou reagir e teve duas boas chances pra marcar. Primeiro com McCormack, que assustou em cobrança de falta. Depois Stewart, que por muito pouco não marcou. Mas se o Leeds não balançou as redes, o Doncaster sim. Nos acréscimos do primeiro tempo, Billy Sharp ampliou pros Rovers após falha de Sam Byram.

No segundo tempo, o Leeds parecia mais concentrado e indo pra cima. Os jogadores reclamaram de penalti quando após um lance, a bola supostamente bateu no braço de James Husband. Mas o árbitro deixou o jogo seguir. Mas minutos depois, o Leeds finalmente chegou ao primeiro gol. Smith cobrou falta e Ross McCormack (quem mais?) mandou pro gol pra fazer o seu 27º na temporada.

O gol acendeu de vez o Leeds, foi foi pra cima em busca de pelo menos o empate. Mas apsar de boas chances de Pearce, Stewart e McCormack, o placar seguiu inalterado até o apito final.

Com mais essa derrota, o Leeds agora é o 15º, com 47 pontos. Mas isso é só um dos problemas. O clube tem tido prejuízo de £1M por mês o que necessitou um acordo entre a direção e os jogadores pra pagar apenas metade do salário dos atletas nesse mês. Some isso ao polêmico processo de takeover de Massimo Celino e temos uma verdadeira crise instaurada em Elland Road. O clube pede socorro. Resta saber se alguém vai ouvir.


Em jogo de seis pontos, Barnsley goleia o Yeovil e sonha com fuga do rebaixamento


No duelo dos desesperados, melhor pro Barnsley. Os Tykes foram até o Huish Park e conseguiram uma vitória crucial na luta contra o rebaixamento. A vitória de 4-1 sobre o Yeovil mantém vivo o sonho do time em sobreviver na Championship em mais uma temporada.

Após a grande vitória sobre o reading na última rodada, o Barnsley entrou em campo disposto a emplacar mais um resultado positivo. E os Tykes começaram o jogo como se estivessem jogando em casa. O'Grady teve uma boa chance logo nos primeiros minutos, mas a defesa do Yeovil bloqueou na hora. Pouco criativo, o Yeovil só levou perigo com uma cobrança de falta de Joe Ralls que passou perto.

No segundo tempo, o jogo começou pra valer. Aos 8 minutos, o Barnsley abriu o placar. Chris O'Grady marcou o primeiro após falha de Byron Webster. 10 minutos depois, a coisa piorou pro Yeovil, quando Lawrence fez boa jogada escapando na marcação e acertou um chute indefensável pra ampliar pros visistantes.

Luke Ayling ainda diminuiu o prejuízo pro time da casa, que parecia ter voltado pro jogo. Mas só parecia. 5 minutos depois, O'Grady apareceu de novo pra marcar o seu 13º gol na Championship e tranquilizar a torcida visitantes. E 3 minutos depois, foi a vez de Dale Jennings balançar as redes e decretar a goleada.

Com o resultado, o Barnsley sobe pro 22º lugar com 35 pontos, mesma pontuação do Charlton, o primeiro fora da zona de rebaixamento (os Tykes tem saldo pior). O Yeovil é o lanterna, mas vem só 3 pontos atrás. Mas pra um time que só venceu 3 dos 16 jogos em 2014 e nenhum dos últimos 6, até mesmo jogando melhor, o rebaixamento é cada vez mais uma realidade.

Home ---------------------- Política de Privacidade ---------------------------------------------------------------------------------------------------- Championship Brasil 2019. Todos os direitos reservados ------- Designed by Edmar Assis