Por Edmar Assis e Danilo Moraes. Tecnologia do Blogger.

Classificação

Artilharia

Postado por : Edmar Assis 09/03/2014


11 de Maio de 2013. Nesse dia, há pouco menos de um ano, o Wigan Athletic conquistava a maior glória de sua história, vencendo o Man.City por 0-1 na final da Copa da Inglaterra em Wembley, conquistando a taça pela primeira vez e provando que a tradição ainda pode imperar sobre os milhões de petrodólares. 1 ano depois, os deuses do futebol quiseram que City e Wigan se reencontrassem, agora nas quartas de final, e na casa dos Citizens. Mas, outra vez de forma heróica e dramática, o Wigan deu um show de organização, copeirismo e muita raça para bater o poderoso time de Manchester por 1-2, avançando às semi-finais para enfrentar outro gigante, o Arsenal, em busca do sonhando (e inesperado) bi-campeonato. É preciso respeitar a Championship!

Um dia inesquecível para os fãs e também para o técnico Uwe Rosler, que fez história no Manchester City na década de 1990, e foi homenageado pela torcida da casa antes do apito inicial. Mas quando a bola rolou, nada de cavalheirismos. Até os 25 minutos, o jogo foi bem equilibrado, com o City apostando nos ataques pela direita com as descidas de Nasri, procurando Aguero e Dzeko na área. Mas, na primeira oportunidade, o Wigan martelou: Fortune driblou Demichelis e entrou na área, o fraco zagueiro argentino derrubou o centro-avante, e o árbitro prontamente deu o pênalti. Jordí Gomez bateu bem pra fazer 0-1.

O gol não fez o City ir pra cima, e o time não conseguiu ameaçar o gol de Carson nenhuma vez até o intervalo. No começo do segundo tempo, o Wigan martelou de novo, ao melhor estilo "pedra no sapato" do endinheirado clube azul. Aos 47', McArthur invadiu a área pela esquerda e cruzou, James Perch chegou voando pela lateral e tocou por trás de Clichy, sem chances para Pantilimon, 0-2. Delírio dos fãs dos Lactics.

O técnico do City, Manuel Pellegrini, apostou em uma substituição tripla aos 53', mandando David Silva, Edin Dzeko e James Milner ao jogo. E, obviamente, a pressão veio: Clichy cruzou, e Dzeko de cabeça acertou o pé da trave de Carson. Aos 68', não teve jeito: após cruzamento na área, Boyce não conseguiu tirar a bola da frente da área, e Nasri arriscou chute de longe, que entrou no cantinho, 1-2. A torcida foi com o time, e a pressão veio de maneira dura.

Mas, como atual campeão, e um dos times mais bacanas que já passaram pela Championship, o Wigan se segurou estoicamente, mesmo sem seu líder, capitão e herói, Ben Watson, que fez o gol do título em 2013, e que se machucou gravemente no joelho. E foi nele que o sistema defensivo dos Lactics pensaram ao serem bombardeados sem dó. No lance mais incrível, Dzeko teve a chance de fazer o gol embaixo da trave, mas Boyce se jogou na bola para travar de maneira espetacular.

O Wigan chegou de novo com Dzeko, cabeceando perto do gol, e o tempo foi passando. Fortune teve a chance de matar o jogo aos 88', mas parou em Pantilimon. Os 5 minutos de acréscimos levaram o banco do Wigan ao desespero, mas no fim tudo deu certo de novo. A tradição vence o dinheiro de novo, e o Wigan está na semi-final em busca do bi-campeonato, enfrentando o Arsenal, entre os dias 12 e 13 de Abril. E, como deu provas incontestáveis, quem tem que se cuidar é o Arsenal, pois terão pela frente o PODEROSO Wigan Athletic. Parabéns Lactics!

Gols no site da ESPN: Man.City 1-2 Wigan

Charlton joga mal e cai para o Sheffield United


Em Bramall Lane, o Charlton outra vez jogou muito mal e acabou derrotado pelo potente Sheffield United, que venceu até com facilidade por 2-0, com gols de Flynn e Brayford. Lanterna na Championship (com 4 jogos a menos), os Addicks precisam acordar se quiserem evitar o rebaixamento.

Já os Blades avançam, sendo o primeiro time da League One a chegar na semi-final desde o Wycombe em 2001, e pegam o Hull City na outra semi-final

Home ---------------------- Política de Privacidade ---------------------------------------------------------------------------------------------------- Championship Brasil 2019. Todos os direitos reservados ------- Designed by Edmar Assis