Por Edmar Assis e Danilo Moraes. Tecnologia do Blogger.

Classificação

Artilharia

Postado por : Jorge Lima 08/04/2014



O primeiro jogo pós acesso do Leicester terminou em um verdadeiro atropelamento. Mas não foi do líder da Championship. Sem se importar com a festa e a 'ressaca' dos Foxes, o Brighton saiu do King Power com uma goleada e três pontos no bolso. a vitória por 4-1 mantém os Seagulls na luta por uma vaga dos playoffs. O resultado acaba com uma invencibilidade dos Foxes que já durava 21 jogos. Curiosamente, a última derrota havia sido para o próprio Brighton, em Dezembro.

Apesar do clima festivo e o ritmo lento, o Leicester teve a primeira boa chance do jogo aos 8 minutos. após cruzamento de Konchesky, o atacante finalizou com o joelho, mas a bola foi por cima do gol.

Mas a partir daí, o jogo ficou todo a favor do Brighton e começou a dominar e consequentemente, chegou ao primeiro gol aos 17 minutos. Ward aproveitou escanteio e abriu o placar para os visitantes. 7 minutos depois, Ward apareceu novamente, mas dessa vez, cruzando na medida pra Lingard, sem marcação, ampliar de cabeça.

O Brighton seguia dominando e poderia ter ido pro intervalo já com uma goleada. Após escorregão de Wasilewski, a bola ficou com Ulloa, mas o atacante acabou mandando por cima do gol. Depois, Lualua forçou Schmeichel a fazer uma grande defesa em um chute perigoso.

No segundo tempo, o Leicester veio com alterações e quase diminuiu com um dos substitutos. após um lateral longe de Moore, Chris Wood acertou a trave de Kuszczak no seu primeiro toque no jogo.

Mas o Brighton voltou a assustar de novo na sua primeira chance na etapa final. Stephens chutou, Schmeichel não alcançou, mas Wasilewski conseguiu salvar em cima da linha.

Mas aos 20 minutos, os Seagulls voltaram a balançar as redes. Após lançamento de Stepens, o artilheiro Ulloa recebeu livre e com calma, mandou marcou o terceiro. O mesmo Ulloa dobrou o seu número de gols 20 minutos depois. O argentino cabeceou pras redes após bom cruzamento de Lualua.

Só pra não perder de zero, o Leicester diminuiu aos 44 do segundo tempo com Gary Taylor-Fletcher, aproveitando cruzamento de Dyer. E isso foi o máximo que os Foxes conseguiram fazer pra incomodar o Brighton.

O Leicester segue com 89 pontos, 6 a mais que o vice-líder. O time quer o título. Mas atuações como a de hoje certamente colocam a possível conquista da Championship a perigo. O Brighton é o 7º com 61 pontos, 2 a menos que o Reading. Mais vivo do que nunca na briga pelos playoffs


Bournemouth vence o Reading e se aproxima de vez dos playoffs




Não há dúvida que o Bournemouth é o time do momento na Championship. Com mais uma boa atuação, os Cherries derrotaram o Reading por 3-1, conquistando a quinta vitória seguida (a oitava nos últimos 10 jogos) e agora estão apenas a 2 pontos do sexto colocado.

Jogando em casa, o Bournemouth foi pra cima dese o início. O resultado foi uma vantagem de 2-0 com apenas 20 minutos de jogo, graças a um "herói improvável" Matt Ritchie, que costuma marcar muitos gols, abriu o placar aos 7 minutos com um chute forte após boa jogada de Grabban. O segundo de Ritchie veio minutos depois, após passe de surman.

Com o jogo sob controle, o Bournemouth seguiu pressionando e chegou ao terceiro ainda no primeiro tempo. Grabban tentou chutar, a bola foi bloqueada mas sobrou pra Kermorgant marcar.

No segundo tempo, os Cherries seguiram dominando o jogo, mas com menos chances. nas melhores, Pugh e Grabban quase marcaram. o Reading ainda chegou a descontar com Hal Robson-Kanu, mas a reação dos visitantes parou por aí mesmo.

Com o resultado, o Bournemouth chega aos 61 pontos e se embola com Ipswich e Brighton, que tem a mesma pontuação. Apesar da derrota, o Reading mantém o 6º lugar, dois pontos a frente.


Home ---------------------- Política de Privacidade ---------------------------------------------------------------------------------------------------- Championship Brasil 2019. Todos os direitos reservados ------- Designed by Edmar Assis