Por Edmar Assis e Danilo Moraes. Tecnologia do Blogger.

Classificação

Artilharia

Postado por : Edmar Assis 28/04/2014


Uma lenda viva do futebol inglês resolveu pendurar as chuteiras que tantos gols marcaram pelos gramados espalhados pela terra da rainha. Kevin Phillips, imortal atacante de 40 anos, e um dos jogadores mais decisivos de sua geração, dá adeus ao futebol ao fim da temporada, no próximo jogo do campeão Leicester, contra o Doncaster, no King Power, onde já estão sendo preparadas homenagens ao "vovô". O "Super Kevin", como é conhecido, passou por diversos clubes, onde fez tantos e tantos gols, e ainda é o último jogador inglês a ganhar a chuteira de ouro da Europa, na temporada 1999-2000. Considerado por muitos o melhor jogador da história da Championship, Phillips deixa um importante legado de profissionalismo e muita bola na rede, e vai deixar saudades. Viva Kevin Phillips!

E não é a toa que Phillips é considerado o maior da história na Championship. Ele conquistou o acesso nada menos que CINCO VEZES, por cinco clubes diferentes: Sunderland na temporada 1998-1999, West Brom em 2007-2008, Birmingham em 2008-2009, Crystal Palace em 2012-2013, e com o Leicester, nesta temporada, fazendo gols decisivos em todos os clubes. Talvez o principal deles tenha sido pelo Palace, na temporada passada, onde já aos 39 anos fez o gol da vitória na final dos play-offs contra o Watford, que deu o acesso aos Eagles, provando ser um jogador de decisões.


O jogo final de Phillips será contra o Doncaster no sábado, quando o Leicester vai levantar o troféu do Campeonato. O Leicester é seu 9º clube como profissional - tendo anteriormente jogado por Watford, Sunderland, Southampton, Aston Villa, West Bromwich Albion, Birmingham City, Blackpool e Crystal Palace - em uma carreira que começou no Watford em 1994, e na qual ele fez 287 partidas.

O momento mais prolífico de seus 20 anos de carreira profissional foi em Sunderland, marcando 116 gols em 211 jogos, e ele se tornou o único jogador Inglês a ganhar o prêmio Chuteira de Ouro da Europa em 2000. Ele também é o último inglês a vencer a Chuteira de Ouro da Premier League, marcando 30 gols na mesma temporada.

Phillips deixou o Palace em Janeiro, e se juntou ao Leicester para ser um "jogador auxiliar", servindo como opção no banco de reservas e também como olhos do técnico Nigel Pearson. Nem por isso Phillips deixou de ser decisivo, marcando o gol da vitória num jogo duríssimo contra o Bournemouth, que fez o time arrancar rumo ao acesso.


Phillips disse que o seu último jogo contra o Doncaster, King Power Stadium, parece ser a maneira perfeita de se retirar. "Toda a minha família vai estar no estádio King Power neste fim de semana, e vai ser emocionante. No entanto, apesar de ser uma sensação estranha de deixar o campo pela última vez como jogador, agora é a hora certa", Phillips acrescentou ao site da Sky Sports.

"Eu não estava tentado por mais uma chance na Premier League. No ano passado, eu meio que sabia que eu ia continuar, mas este ano, não. Além disso, eu particularmente não gosto da ideia de atravessar outra pré-temporada".

Phillips será parte integrante da comissão técnica dos Foxes na Premier League. Muita sorte no futuro!

Home ---------------------- Política de Privacidade ---------------------------------------------------------------------------------------------------- Championship Brasil 2019. Todos os direitos reservados ------- Designed by Edmar Assis