Por Edmar Assis e Danilo Moraes. Tecnologia do Blogger.

Classificação

Artilharia

Postado por : Jorge Lima 12/05/2014



Definida a disputa pela última vaga na próxima Premier League. Com direito a prorrogação, o QPR superou o Wigan em um jogo difícil. A vitória por 2-1 garante os Hoops em wembley, onde enfrentarão o Derby County. Destaque pra Charlie Austin, que pra variar, garantiu a vitória com 2 gols.

Pelo menos no início, os dois times tentavam mostrar uma atitude diferente do jogo de ida. O Wigan apostou na pressão e correria no momento do pontapé inicial, mas foi o QPR quem criou a primeira chance, com chute de longe de O'Neill, mas a bola saiu por cima do gol. O wigan seguia marcando em cima e atacando om alguma dificuldade, mas na prmeira jogada bem trabalhada no jogo, os Latics, abriram o placar. McClean recebeu na esquerda e cruzou pra Perch, que apareceu de surpresa entre a defesa do QPR para abrir o placar.

O QPR começou a controlar o jogo, mantendo a posse de bola, mas encontrou dificuldades na criação. O time tentou mais uma vez concentrar as jogada pelo lado esquerdo, com Hoilett, mas não obteve sucesso. O Wigan atacava pouco, mas quando voltou, proporcionou o momento mais embaraçoso do jogo. Após recuo errado de O'neill, McClean avançou, mas ao ver Green saindo pra bola, se jogou na maior cara de pau. amarelo por simulação merecido.

No restante do primeiro tempo, só deu QPR. Os Hoops pressionaram o máximo que puderam em busca do empate mas pararam no bom sistema defensivo do Wigan. Ainda assim, tiveram duas excelentes chanes para empatar o jogo. Primeiro, Austin cabeceou após escanteio, mas McClean salvou em cima da linha. Depois, foi a vez de Kranjcar, que mandou uma verdadeira pedrada pro gol após boa jogada pela esquerda, mas Carson voou pra espalmar pro lado em uma defesa espetacular.

A pressão do QPR seguiu intensa no início do segundo tempo. Logo no início, Hoilett arriscou de longe e a bola passou raspando pela direita. o QPR seguia pressionando, mas quem quase marcou foi o Wigan. Após boa jogada, McClean entrou na área, chutou em cima do goleiro Green e no rebote, acertou a trave. Grande chance desperdiçada.

E essa chance custou caro minutos depois, quando após boa tabela, Hoilett avançou pelo meio e só foi parado por Caldwell na área. Penalti claro, bem convertido por Charlie Austin pra empatar o jogo. O QPR seguia com a pressão habitual e chegou perto da virada. Primeiro, Zamora se aproveitou da indecisão da defesa e tentou encobrir Carson, mas a bola saiu por cima. depois, Barton teve a chance de fazer o segundo, mas Carson fez mais uma defesa incrível de carson. Daí pra frente, pouco foi visto até os 90 minutos.

Na prorrogação, o ritmo caiu, como era esperado. Mas ainda foi possível ver boas jogadas. Em uma dessas, o QPR fez a alegria da torcida. Zamora fez boa jogada e cruzou pra Austin, que se antecipou a Lee Barnett e tocou na saída de Carson. No segundo tempo, o QPR tratou de gastar o tempo até o apito final. Mas em uma útima tentativa, o Wigan esteve a centímetros de levar o jogo para os penais. Kiernan arriscou de longe, a bola desviou da defesa e saiu raspando a trave esquerda de Green

Com a final definida, agora é só esperar o dia 24 de maio. QPR x Derby em Wembley. Promessa de um grande jogo. Imperdível


Home ---------------------- Política de Privacidade ---------------------------------------------------------------------------------------------------- Championship Brasil 2019. Todos os direitos reservados ------- Designed by Edmar Assis