Classificação FINAL

Por Edmar Assis e Danilo Moraes. Tecnologia do Blogger.

Artilharia

Postado por : Torcedor Brasiliense 23/07/2014


Nome: Fulham Football Club
Apelido: The Cottagers
Estádio: Craven Cottage
Presidente: Shahid Khan
Treinador: Felix Magath
Última Temporada: 19ª (Rebaixado na Premier League)

Contratações: Ross McCormack (Leeds United, £11 milhões), Kay Voser (FC Basel, valor não revelado), Adam Taggart (Newcastle Jets, valor não revelado), Shaun Hutchinson (Motherwell, free), Tim Hoogland (Schalke, free), Konstantinos Stafylidis (Bayer Leverkusen, empréstimo).

Dispensas: Sascha Riether (SC Freiburg, valor não revelado), Pajtim Kasami (Olympiacos, valor não revelado), Damien Duff (Melbourne City, free), Steve Sidwell (Stoke City, free), Josh Pritchard (Gillingham, free), John Heitinga (Hertha BSC, free), Derek Boateng (Rayo Vallecano, free), Muamar Tankovic (AZ Alkmaar, free), Kieran Richardson (Aston Villa, valor não revelado), Charles Banya, Matt Briggs, Alexander Brister, Mahamadou Diarra, Neil Etheridge, Dino Islamovic, Brede Hangeland, Georgios Karagkounis, Ronny Minkwitz, Max Oberschmidt, John Arne Riise (todos dispensados).

Sabe aquelas empresas que nascem, crescem, superam as dificuldades e prosperam? Essa foi a história recente do Fulham. Em 1997, quando o time foi comprado pelo Sheik Al-Fayed, os Cottagers se encontravam na League One. Sob essa administração, o time fez excelentes temporadas até chegar a Premier League pela primeira vez na história. Fizeram parte dessa era vencedora jogadores conhecidos até hoje, como Sean Davis e Louis Saha. O Atacante Francês chegou depois ao Manchester United e jogou a Copa do Mundo em 2006.

Mas lembram que comecei o texto comparando o Fulham a uma empresa que prosperou? Pois é. Toda empresa que prospera mas depois não permanece bem administrada tende a cair. E infelizmente para a torcida do Fulham, foi isso que aconteceu. Após anos mantendo o time na primeira divisão, Fayed vendeu o Fulham no inicio da última temporada. Mal sabia a torcida do Fulham que esse era o inicio da derrocada. Martin Jol foi demitido após um péssimo começo e Rene Meulensteen, ex-assistente do Manchester United assumiu. Em Fevereiro de 2014, uma decisão que foi brutalmente criticada pela imprensa: O comando foi trocado NOVAMENTE e Felix Magath assumiu. Como sabemos, essas trocas constantes não costumam funcionar e o Fulham acabou rebaixado. Três treinadores em uma única temporada. Tava na cara que ia dar problema. A penúltima colocação na EPL deixou isso bem claro.

Fulham volta a disputar a Championship após 13 temporadas
Em apenas 1 ano, tudo que foi construído por Fayed simplesmente acabou. O Fulham nunca foi uma potencia financeira, mas se tornou um clube de condições interessante, é capaz de oferecer bons salários e fazer boas contratações. Mas mesmo com bons jogadores e uma boa estrutura, o rebaixamento foi inevitável. E olha que o elenco contava com jogadores de jogadores de nível  "Copa do Mundo".

Para não correr o risco de permanecer por muito tempo e "se acomodar" na Championship, o clube está investindo pesado em reforços. Foram pagos 11 milhões de libras no atacante Ross McCormack, que vinha carregando o time do Leeds nas costas nas últimas temporadas. O jovem de apenas 20 anos, Stafylidis, chegou por empréstimo do Bayer Leverkusen após dois emprestimos ao PAOK e o também defensor Tim Hoogland veio como Free Agent do Schalke 04. O experiente zagueiro Kay Voser chegou após 3 temporadas no Basel. 

Muita gente boa acabou deixando o clube devido o rebaixamento. O lateral Riether, o volante Steve Sidwell e o zagueiro Heitinga por exemplo, eram figuras carimbadas no time titular. Richardson conseguiu ir para o Aston Villa. Já Riise, Hangeland, Diarra, Karagounis e outros ainda não tiveram a mesma sorte e foram dispensados. Todos são bons jogadores, mas uma reformulação se mostrou necessária e a diretoria resolveu apostar em novos atletas. Será que vão acertar dessa vez ou o Fulham vai pagar novamente pela má administração? No último amistoso, 2-0 pra cima do Crawley fora de casa. Mas amistoso é amistoso né? 

Só saberemos se os Cottagers irão se recuperar ou se o fim da era Fayed foi também o fim do sucesso do clube a partir do dia 9 de agosto, quando a equipe estréia fora de casa contra o Ipswich. Elenco para fazer uma grande temporada o Fulham tem. Mas será que os problemas extra-campo vão atrapalhar outra vez? 

Provável time base (4-5-1); Stekelenburg; Hoogland, Hutchinson, Voser e Stafylids; Tunniclife, Parker (c), Kacaniklic, Bryan Ruyz e Dembele; McCormack

Home ---------------------- Política de Privacidade ---------------------------------------------------------------------------------------------------- Championship Brasil 2019. Todos os direitos reservados ------- Designed by Edmar Assis