Classificação FINAL

Por Edmar Assis e Danilo Moraes. Tecnologia do Blogger.

Artilharia

Postado por : Jorge Lima 02/08/2014



Nome: Wigan Athletic Football Club
Apelido: Latics
Presidente: Dave Whelan
Técnico: Üwe Rosler
Estádio: DW Stadium
Última temporada: 5º (Championship)

Chegadas: Andrew Taylor (Cardiff, free), Aaron Taylor-Sinclair (Partick Thistle, free), James Tavernier (Newcastle, valor não revelado), Oriol Riera (Osasuna, Valor não revelado), Don Cowie (Cardiff, free), Emyr Huws (Manchester City, empréstimo)

Dispensas: Jordi Gomez (Sunderland, free), Daniel Redmond (Hamilton Academical, free), Adam Buxton (Accrington Stanley, free), Jean Beausejour, Stephen Crainey, Markus Holgersson e Jordan Mustoe (Dispensados)

A temporada 13/14 do Wigan pode ser definida como antes de depois de Uwe Rosler. Antes, ainda com Owen Coyle no comando, o time sofreu durante o primeiro turno com resultados irregulares e derrotas seguidas. Com apenas 6 vitórias em 16 jogos e um amargo 14º lugar na tabela, Coyle acabou demitido. Com a Chegada de Rosler, vindo do promovido Brentford, os Latics deram um verdadeiro salto (de qualidade e na tabela). Com ótimas atuações, o Wigan chegou a vencer 6 jogos seguidos, o que colocou o time na zona dos playoffs, onde acabou sendo derrotado na semifinal pro QPR, perdendo a chance de um retorno imediato à Premier League. Na FA Cup, foi longe. Só parou na semifinal, quando foi derrotado pelo Arsenal.

Com Rosler desde o início dessa vez, os Latics tem trabalhado na renovação do time. Renovação mais que necessária, principalmente com a saída do principal jogador do time. o clube tentou segurá-lo, mas Jordi Gomez achou que era hora de mudar de ares e seguiu para o Sunderland. Beausejour, que teve uma passagem duradoura no clube mas sempre dividiu opiniões, voltou ao chile e deve jogar pelo Colo-Colo daqui pra frente.



Nas chegadas, James Tavernier chega bem cotado após uma boa temporada pelo Rotherham. Aaron Taylor-Sinclair, vindo do futebol escocês e Andrew Taylor, vindo do Cardiff, são outros reforços pra defesa. No ataque, com a volta de Nick Powell pro Manchester United, a aposta agora é em Oriol Riera, que veio do Osasuna. Martyn Waghorn, que fez boa temporada, assinou em definitivo. Don Cowie, veio do Cardiff pra reforçar o meio, mas não chega a ser o cara que o time precisa pra substituir Jordi Gomez.

Wigan montou um time forte pra subir em 13/14. O péssimo trabalho de Owen Coyle, a inconsistência na reta final e os problemas com lesões fizeram o time ficar pelo caminho. Rosler tem um bom elenco em mãos com todos os "Mcs". É time pra brigar pelo acesso. Com mais algumas caras novas, é time pra brigar pelo título.

O Wigan estréia na championship no dia 9 de agosto, em casa contra o Reading

Provável time base: Carson; Tavernier, Boyce, Barnett, Taylor-Sinclair; McArthur; McManaman, Cowie, Espinoza, McClean; Riera


Home ---------------------- Política de Privacidade ---------------------------------------------------------------------------------------------------- Championship Brasil 2019. Todos os direitos reservados ------- Designed by Edmar Assis