Por Edmar Assis e Danilo Moraes. Tecnologia do Blogger.

Classificação

Postado por : Torcedor Brasiliense 22/09/2014



Principio de dias melhores? Ainda não sabemos. Mas pelo menos nesta semana, o Leeds United voltou a dar esperança para os seus torcedores. Após o trágico inicio de temporada sob o comando de Dave Hockaday, os Whites vão aos poucos se encontrando na competição. A parte de cima da tabela está agora à apenas dois pontos.

Neste sábado, O Leeds recebeu o Huddersfield em Elland Road e atropelou. Assim como no jogo do meio da semana, Bellusci, Doukara e Antenucci foram fundamentais. Outro que também se destacou foi Rodolph Austin. O camisa 4 abriu o placar para os donos da casa logo aos 19 minutos de jogo. Antenucci dividiu a bola com Lynch na lateral e a bola sobrou para o volante na entrada da área. Sem pensar duas vezes, Austin ajeitou e mandou uma bomba. 1 à 0. No fim da primeira etapa, o Leeds praticamente matou o jogo. Antenucci puxou contra-ataque e lançou para Bellusci. O camisa 5 tentou por cobertura, mas acertou o travessão. Na volta, Antenucci conferiu e colocou para o fundo das redes. Euforia em Elland Road.

No segundo tempo, o Leeds administrou o resultado e fechou a tampa aos 68. Austin lançou Doukara, que dominou, limpou a marcação e bateu. 3 à 0. Nem mesmo a expulsão de Berardi, aos 72 minutos, fez com que o time corresse perigo. O resultado ainda não leva o Leeds as vagas para o playoff, mas deixa a equipe a apenas dois pontos da zona de classificação. Já o Huddersfield é o primeiro time na zona do rebaixamento, com apenas cinco pontos.


Após demitir Solskjaer, Cardiff tropeça novamente




O Cardiff teve uma semana conturbada. Após sofrer duas goleadas em casa, os bluebirds anunciaram a demissão do treinador Ole Gunnar Solskjaer após menos de um ano a frente do time. A chance da redenção era o jogo contra o Derby County, fora de casa. O Derby briga na parte de cima da tabela e com certeza não era o adversário ideal para um time que precisa somar pontos.

O primeiro tempo terminou sem gols, mas se engana quem pensa que o jogo foi ruim. O goleiro Marshall, do Cardiff, teve bastante trabalho. O Derby criou pelo menos três chances claras de gol, mas o paredão segurou o resultado. No segundo tempo, logo aos 55 minutos, o improvável aconteceu. Em jogada de escanteio, Gunnarsson completou pro fundo do gol e abriu o placar para os visitantes. A torcida mal terminou de comemorar o primeiro gol, quando Whittingham ampliou com uma bomba de dentro da área, sem chances pro goleiro Grant. A resposta do Derby também não demorou. Seis minutos depois,  boa jogada de Christie pela direita. Ibe recebeu sozinho dentro da área e descontou. A pressão dos donos da casa continou e o Derby mostrou que não está brigando lá em cima de graça. Aos 84, Craig Bryson acertou uma pancada de fora da área. A bola ainda acertou a trave, só pra deixar o gol mais bonito. Tudo igual!

O resultado foi frustrante para o Derby, que não conseguiu se aproveitar do momento ruim do adversário e perdeu a oportunidade de somar mais três pontos. Para o Cardiff, que precisava da vitória, o resultado acabou não sendo tão ruim. Fora de casa e contra um adversário forte, o importante foi somar pontos. O sentimento, porém,  é de que  poderiam ter vencido, pois chegaram a abrir 2 à 0 no placar. Com o resultado, o Cardiff chegou a 16ª colocação. Já o Derby caiu para a 8ª posição.

Home ---------------------- Política de Privacidade ---------------------------------------------------------------------------------------------------- Championship Brasil 2019. Todos os direitos reservados ------- Designed by Edmar Assis