Classificação

Por Edmar Assis e Danilo Moraes. Tecnologia do Blogger.

Artilharia

Postado por : Edmar Assis 26/12/2014


Eidur Gudjohnsen dando assistência, Emile Heskey fazendo gol. Essa frase poderia se aplicar perfeitamente a algum jogo qualquer dos longínquos anos 2000, mas aconteceu HOJE, em 2015, como um presente de Natal atrasado de Papai Noel pra torcida do Bolton. Os veteranos ex-Barcelona e ex-Liverpool, que foram contratados pelo Bolton como apostas (arriscadas) abriram caminho para a vitória do time por 2-1 em casa contra o Blackburn neste Boxing Day, que afastou os Trotters bastante da zona de rebaixamento, agora em 14º com 29 pontos. 

Mas foi o Blackburn quem começou martelando, e quase chegou ao gol com Jordan Rhodes, acertando o travessão após cabeçada, em cruzamento de Olsson. O time teve boas chances durante todo o primeiro tempo, e foi recompensado aos 41: Henley faz boa jogada pela ponta e cruzou rasteiro, Joshua King se adiantou ao goleiro Lonergan e fez 0-1. Vendo seu time fazendo quase nada em campo, Neil Lennon tirou Heskey do banco pro segundo tempo, e o atacante inglês entrou em campo após 2 anos fora de Premier League, e desde Abril sem entrar em campo.

E acredite: deu certo! Aos 59', Gudjohnsen avançou pela meia esquerda e cruzou rasteiro para Heskey se jogar no chão e tocar pro gol, 1-1. 3 minutos depois, após cobrança de escanteio, Mills cabeceou pra trás e achou Darren Pratley, que tocou pro gol de pé esquerdo pra virar o jogo, 2-1. Rhodes teve um gol polêmico anulado após cometer falta deslocando o zagueiro, e Gestede quase empatou pouco depois com outra bola na trave após chute da entrada da área. No final, Lonergan ainda fez uma defesaça em cabeçada de Evans. Com a derrota, o Blackburn fica em oitavo com 34 pontos, 4 atrás dos playoffs.

Imparável, Bournemouth vence o Fulham e segue líder isolado


Ninguém segura o Bournemouth. Jogando em Goldsands, o time não teve dificuldades pra vencer o Fulham por 2-0, com um gol no começo de Pitman e um no fim de jogo de Arter, pra estender sua invencibilidade para TREZE jogos na Championship. O time vai a 45 pontos, e segue líder um ponto a frente do Ipswich.

Logo aos 9', Matt Ritchie cruzou na medida para Brett Pitman vencer o goleiro Betinelli de cabeça, 1-0. O Fulham praticamente não ameaçou o gol de Boruc, e no segundo tempo os mandantes tiveram a chance de ampliar após Grimmer derrubar Wilsonm na área. Pitman foi pra cobrança do pênalti, mas o bom goleiro Betinelli defendeu. Mesmo assim, o Fulham não conseguiu pressionar, e viu Harry Arter matar o jogo aos 90' num bom chute colocado.

Com a derrota, o Fulham cai pra 15º e segue longe da briga por play-offs. 

Home ---------------------- Política de Privacidade ---------------------------------------------------------------------------------------------------- Championship Brasil 2018. Todos os direitos reservados ------- Designed by Edmar Assis