Classificação

Por Edmar Assis e Danilo Moraes. Tecnologia do Blogger.

Artilharia

Postado por : Jorge Lima 07/02/2015



O Derby deu mais uma prova do seu poderio ofensivo. Os Rams receberam o Bolton Pride Park e sem maiores dificuldades, golearam por 4-1, o que deixa o time empatado em pontos com o líder Bournemouth. Destaque pro estreante Tom Ince, que marcou dois gols no jogo.

E isso pode ser um bom sinal pra Ince, já que ainda não convenceu desde que deixou o Blackpool. De lá pra cá, foram poucas chances no Hull e um empréstimo pouco convincente no Forest. Mas hoje, o meia jogou como nos bons tempos. criativo e participativo em várias jogadas. Porém, quem teve a primeira grande chance foi o Bolton. Se apoveitando da posse de bola, os Trotters quase abriram o placar, quando o jovem Zach Clough cruzou pra Liam Feeney, mas Grant apareceu bem pra fazer mais uma das suas rotineiras defesas. Mas foi aos 39 minutos que o time da casa abriu o placar. Ince mostrou que é um ótimo cobrador de faltas, ao mandar a bola com efeito longe do alcance do goleiro Lonergan. Golaço. E pouco antes do intervalo, o Derby ampliou. Hughes fez boa jogada pela direita e tocou pra Jeff Hendrick, que passou pelo marcador antes de chutar rasteiro pra fazer o 2-0.

O Bolton já começou o segundo tempo com duas alterações. Os novos contratatados Slavchev e Twardzik entraram pra tentar reforçar o meio. Mas foi o Derby quem voltou a marcar. Logo aos 2 minutos, após boa trama entre Martin e Hughes, a bola chegou a Tom Ince, que desmarcado, chutou forte pra dobrar a sua conta de gols no jogo.

A "sobrevida" do Bolton veio 4 minutos depois. Após cobrança de falta de Bannan, Twardzik mergulhou e cabeceou pra diminuir o prejuízo. O gol animou os visitantes, que ensaiaram uma pressão e se fizeram mais presentes no campo de ataque. Mas a pressão não durou muito tempo, e o Derby voltou a ser preciso e chegou ao quarto gol. Mascarell cobrou falta, Buxton desviou e Hendrick apareceu de cabeça pra marcar o seu segundo no jogo.

No final do jogo, Ince teve a chance de fazer o hat-trick, mas acabou sendo impedido pela trave. O Bolton ainda teve uma chance de diminuir, mas Grant fez ótima defesa em chute de Clough. A partir daí, foi só esperar o apito final.

Com o resultado, o Derby chega aos 57 pontos, mesma pontuação do Bournemouth (que leva vantagem no saldo de gols). 8ª vitória dos Rams em 9 jogos e o terceiro melhor ataque mantém o time de Steve McClaren como um dos favoritos ao acesso.

Já o Bolton, que agora não vence desde 17 de janeiro, é o 17º com 34 pontos, 7 pontos acima da zona de rebaixamento.


Na estréia de Freedman, Forest derrota o Brighton de virada


Se a escolha de Dougie Freedman como novo técnico do Forest foi cercada de desconfiança, pelo menos o seu primeiro passo foi na direção certa. De virada, os Reds derrotaram o Brighton no AMEX por 3-2 e voltaram a vencer após duas derrotas seguidas.

Freedman, que vem de um trabalho fracassado no Bolton, foi confirmado horas após a saída de Stuart Pearce, escolha que muitos torcedores do Forest não entenderam. E a situação de Freedman com a torcida parecia que iria começar mal quando o Brighton abriu o placar aos 42 minutos. Após cobança de falta, o Forest cometeu mais uma das inúmeras falhas de marcação em bola parada, e o zagueiro Lewis Dunk desviou pra colocar o time da casa em vantagem.

Mas a vantagem dos Seagulls durou apenas 2 minutos. Após cobança de falta de osborn, Collins, que fez o seu primeiro jogo na temporada, apareceu pra igualar o placar.

O Brighton começou em cima, e o Português João Teixeira teve uma ótima chance pra desempatar, mas o goleiro Darlow, de volta ao gol dos Reds, fez ótima defesa.  Mas apesar de tentar pressionar, foi o Forest quem chegou ao segundo gol. Em mais uma cobrança de falta de Osborn, Lansbury chutou pra virar o jogo pros Reds.

Teixeira era o jogador mais perigoso do Brighton. E foi com ele que o time quase chegou ao empate de novo. Mas dessa vez, foi o pé da trave que evitou o gol do Português. Mas inevitável mesmo foi o terceiro gol do Forest. Após cruzamento de Burke, Ben Osborn desviou, coroando sua ótima atuação no jogo.

O Brighton não desistiu do jogo e diminuiu o placar minutos depois com Kayal. Nos acréscimos, o jogo acelerou e Kayal esteve muito próximo de salvar o Brighton da derrota. Mas o seu chute foi desviado por Lascelles, que fez a "defesa" do jogo.

Com a vitória (Apenas a terceira em 12 jogos) O Forest segue em 12º com 37 pontos, 13 pontos atrás do 6º. Mas apesar da posição, o time mostrou que pode jogar bem. E restam dúvidas. Freedman realmente vai conseguir dar jeito no time? O time realmente jovaga pra derrubar o Pearce? Resposta para os próximos jogos.

Já o Brighton, segue na porta da zona de rebaixamento. Com 29 pontos, os Seagulls estão apenas 2 pontos acima do Millwall 



Home ---------------------- Política de Privacidade ---------------------------------------------------------------------------------------------------- Championship Brasil 2018. Todos os direitos reservados ------- Designed by Edmar Assis