Classificação

Por Edmar Assis e Danilo Moraes. Tecnologia do Blogger.

Artilharia

Postado por : Edmar Assis 22/02/2015


O Norwich deu uma prova categórica de que está de volta à briga pelo acesso. Jogando em pleno Vicarage Road, o time jogou muito bem no final do segundo tempo, e venceu os Hornets por 3-0 com dois gols de Lewis Grabban, o primeiro deles bem polêmico. Com a vitória no confronto direto, os Canaries tomam a posição do próprio Watford, em 5º lugar com 56 pontos, só 4 atrás do vice-líder Boro. Foi a 6ª vitória do Norwich em oito jogos sob o comando do técnico Alex Neil.

O primeiro tempo foi bem sonolento, com apenas uma chance de gol de Troy Deeney, num chute que passou raspando a trave do goleiro Ruddy. O jogo só foi esquentar aos 65 minutos, e de forma BEM polêmica: Hoolahan fez jogada individual pra cima de Layún e caiu na área, e o juiz marcou um pênalti absurdo, alegando que o mexicano havia tocado as pernas do meia do Norwich, o que claramente não aconteceu. Na cobrança, Lewis Grabban bateu no canto e fez 0-1.

O gol num pênalti mal marcado desestabilizou o Watford, que 5 minutos depois tomou o 2º: Hoolahan tomou a bola da zaga e passou para Jerome, que acertou um chute sensacional, encobrindo o goleiro Gomes, GOLAÇO e 0-2 no placar. Aos 85', a vitória ficou completa com Grabban, de novo, completando cruzamento de Whittaker, 0-3.

Em jogo de 7 gols, Brighton vence o Birmingham e respira


A zona de rebaixamento estava cada vez mais perto, mas finalmente o Brighton deu sinal de vida. Jogando em casa, o time contou com dois gols do jovem João Carlos Teixeira e mais dois de Iñigo Calderon pra vencer o Birmingham num jogo maluco e de atuações defensivas lamentáveis por 4-3. Os Seagulls sobem pra 34 pontos e abrem 4 pro Millwall, primeiro time da zona de degola.

Teixeira abriu o placar logo aos 8', em boa jogada individual pela esquerda, num chute de teve grande colaboração do goleiro Randolph, 1-0. Mas o Birmingham, jogando de vermelho e branco (!) empatou aos 13' com Clayton Donaldson, desviando chute de longe pro gol, 1-1. No fim do primeiro tempo, o Birmingham teve a chance de virar num pênalti cometido por Bruno, mas na cobrança o goleiro Stockdale defendeu.

E quem não faz... aos 58', Calderon recebeu cruzamento e, em posição duvidosa, mandou pro gol, 2-1. Aos 58', Teixeira fez 3-1 aproveitando rebote do goleiro em chute cruzado, 3-1. Mas o Birmingham estava no jogo, e fez 3-2 com Wes Thomas, que no meio de CINCO zagueiros conseguiu girar e chutar no canto, 3-2 aos 76'. Continuando o show de horrores defensivos, Calderon fez mais um após bate rebate na área aos 85', 4-2. Aos 90', Novak, outra vez no meio de CINCO zagueiros, girou e chutou pra fazer 4-3 (!). Mas já era tarde.

Com a derrota, o Birmingham cai pra 15º, com 39 pontos.



Home ---------------------- Política de Privacidade ---------------------------------------------------------------------------------------------------- Championship Brasil 2018. Todos os direitos reservados ------- Designed by Edmar Assis