Classificação

Por Edmar Assis e Danilo Moraes. Tecnologia do Blogger.

Artilharia

Postado por : Rafael Magiolino 22/02/2015


Apesar de ter sido preciso mais de vinte minutos para inaugurar o placar e as chances de gol terem sido iguais para os dois lados — 14 finalizações cada, sendo um acerto ao alvo a mais para os visitantes —, o Wolves não teve dificuldades em despachar o Rotherham no estádio Molineux e afundá-los ainda mais na briga contra o descenso.

O primeiro gol saiu aos 21. Kevin McDonald cruzou para Afobe mandar para as redes e, sete minutos depois, Dicko ampliou a vantagem, garantindo uma boa tranquilidade no resultado. O Rotherham se esforçava da maneira que podia com a força disponível e teve a melhor chance no jogo pouco antes do intervalo. Derbyshire teve ótima chance para concluir pelo alto após receber o cruzamento de Adam Hammil, porém acabou desperdiçando.

Como já falado, o Rotherham conclui mais a gol e foi somente graças a um pequeno milagre operado pelo goleiro Tomasz Kuszczak que o Wolves continuou no controle do jogo. Derbyshire recebeu mais um cruzamento e o polonês conseguiu realizar a defesa à queima roupa com uma mão.

Quem realmente aproveitou as oportunidades foi o time da casa. Em um rápido contra-ataque após cobrança de escanteio, James Henry arrancou com a bola e cruzou rasteiro para Afobe que, calmamente, anotou seu segundo no jogo e praticamente sacramentou a vitória aos 18 minutos da etapa complementar.

Aos 29 foi a vez de Edwards marcar o seu de cabeça após receber cruzamento de Sako e seis minutos depois o próprio Sako fechou a conta: 5x0 com total autonomia e aumento na confiança para a reta final do campeonato que se aproxima.

O Wolverhampton chegou aos 51 pontos e na 8a colocação, ficando a quatro do sexto lugar, enquanto o Rotherham permanece na 21o lugarcom 34 e três de distância da zona de rebaixamento.

Milwall e Fulham ficam no zero em Londres e drama continua para os dois times.


O Milwall permanece na zona de rebaixamento, sem vencer em casa desde outubro, e tinha a melhor chance de tentar se recuperar no confronto direto contra o  Fulham que também faz um mau campeonato.

O Milwall finalizou 16 vezes ao longo da partida, tendo certado o alvo somente em 3 ocasiões, enquanto o Fulham chutou 12 vezes e apenas 2 em direção ao gol. Números pífios para duas equipes que realizavam uma das partidas mais importantes da temporada em busca da permanência na Championship na temporada seguinte, ainda mais com as derrotas de Rotherham e Bolton na rodada.

Lee Gregory, atacante do Milwall, teve a melhor chance do jogo de cabeça, mandando para fora tirando tinta do travessão. Rodallega, do Fulham, chegou a marcar um gol nos minutos finais, porém foi flagrado na posição de impedimento.

Com esse empate, o Milwall continua em 22o com 31 pontos e o Fulham em 19o com 36.

Home ---------------------- Política de Privacidade ---------------------------------------------------------------------------------------------------- Championship Brasil 2018. Todos os direitos reservados ------- Designed by Edmar Assis