Classificação

Por Edmar Assis e Danilo Moraes. Tecnologia do Blogger.

Artilharia

Postado por : Edmar Assis 31/03/2015


Assim como em outras temporadas, vários jovens jogadores de clubes gigantes da Premier League brilham na Championship, com bom futebol, muita disposição e muitos gols. Na maioria das vezes emprestados por toda a temporada, eles acabam chamando muita atenção. É o caso de Patrick Bamford no Boro, Benik Afobe no Wolves, Alex Pritchard no Brentford, e vários outros. Mas, invariavelmente, eles são chamados de volta por seus clubes, e na maioria das vezes acabam emprestados de novo, formando um ciclo que pode ser prejudicial a carreira. Mas qual a chance deles jogarem regularmente por seus clubes? Existe a possibilidade de serem lembrados na seleção? Ou é hora de deixar o clube pra tentar novos ares?

Nesta temporada, quem vem brilhando é Patrick Bamford. O atacante inglês está emprestado pelo Chelsea ao Middlesbrough, e vai fazendo um sucesso estrondoso: são 14 gols até agora na Championship, além de ótimas atuações decisivas na luta do Boro pelo acesso, e um gol em pleno Etihad Stadium que ajudou a eliminar o Man.City da FA Cup. Bamford já havia sido muito importante temporada passada pro Derby, que também lutou pelo acesso até o fim. Mas depois de junho Bamford deve voltar ao Chelsea, e mais uma vez fica a dúvida se José Mourinho vai aproveita-lo no elenco principal dos Blues. A torcida do Chelsea parece empolgada com as atuações de Bamford, e a situação parece mais favorável agora do que era em outras temporadas. Mas outro empréstimo, mesmo com um possível acesso do Boro, pode ter que obrigar Bamford a buscar novos ares onde possa jogar regularmente. Futebol pra isso ele já mostrou que tem.

Outro caso Chelsea-Boro é o do zagueiro Tomas Kalas, que já foi utilizado por Mourinho no time principal e deve começar a ter mais espaço. Ainda no Chelsea, o jovem meia Nathaniel Chalobah é outro que já foi emprestado pra vários clubes, foi excelente no Watford há duas temporadas, mas também não foi utilizado. Hoje no Reading, Chalobah não vem mostrando um grande futebol que chame atenção, mas como o time está na semi final da FA Cup, pode vir a ter um holofote maior.


Mais um caso que podemos citar é o do jovem meia Jesse Lingard. O jogador está emprestado pelo Man.United ao Derby, e na última temporada Lingard brilhou no Brighton, que só caiu nos playoffs pro próprio Derby. Lingard até teve poucas chances no tine principal do United, mas segue sendo emprestado, assim como Will Keane, que está no Sheffield Wed. Pode ser que chegue a hora de fazer como o zagueiro Michael Keane que, após também ser emprestado várias vezes, acabou se transferindo em definitivo pro Burnley. É difícil imaginar que, no meio de tantas estrelas do United, Lingard e Keane possam ter chances de mostrar o futebol que eles tem.

Talvez o caso mais curioso seja o de Benik Afobe. O jovem atacante do Arsenal também não teve chances nos Gunners, está emprestado ao Wolves, e no começo da temporada esteve emprestado ao MK Dons, da League One. O que é curioso? Afobe é o segundo principal artilheiro da temporada na Inglaterra, em todas as duas 4 divisões principais, com 27 gols: 8 pelo Wolves, 19 pelo MK Dons. Mais que Diego Costa, Sergio Aguero... só perde pra Harry Kane, que chegou a 29.


Mas se alguns times ainda relutam em usar os jovens, a Championship pode ser uma porta de entrada pra uma carreira de sucesso. É o caso de Alex Pritchard. O jogador foi emprestado pelo Tottenham ao Brentford, e vem impressionando pela visão de jogo e pelos chutes potentes, principalmente em cobranças de falta. Pritchard tem no Tottenham uma chance de ouro, pois os Spurs reconhecidamente dão chance aos jovens, como Ryan Mason, Eric Dier e, claro, Harry Kane. Kane, aliás, é o exemplo claro de que, com chances, o jogador pode brilhar: o atacante já jogou emprestado por Norwich e Leicester, ganhou seu espaço, e hoje é considerado um dos melhores atacantes da Inglaterra, e é quase um semideus pra torcida do Tottenham.

Outro caso que mostra bem que apenas uma oportunidade pode ser o que o jogador precisa é o de Jordon Ibe. O winger do Liverpool jogou emprestado ao Birmingham temporada passada, e nesta foi emprestado ao Derby. Nos Rams, Ibe foi incrivelmente bem, tanto que o técnico Brendan Rodgers o chamou de volta no meio da temporada. Ibe deixou um buraco no time do Derby que até agora não foi fechado, e no Liverpool conquistou seu espaço: entrou como titular logo no clássico contra o Everton jogando como ala direito e só saiu do time por lesão.


Grande parte desses jogadores citados são convocados pras seleções de base da Inglaterra, mas ainda não são lembrados na seleção principal. É quase uma unanimidade, porém, que o futuro do futebol inglês está nesses jogadores. Que hoje disputam a Championship. Que nosso querido campeonato seja a porta de entrada para uma carreira de muito sucesso na Inglaterra e na Europa para os jovens que por aqui passam. E não apenas um campeonato onde os jovens são esquecidos...

Home ---------------------- Política de Privacidade ---------------------------------------------------------------------------------------------------- Championship Brasil 2018. Todos os direitos reservados ------- Designed by Edmar Assis