Classificação

Por Edmar Assis e Danilo Moraes. Tecnologia do Blogger.

Artilharia

Postado por : Edmar Assis 25/05/2015


O Norwich é de novo um time de Premier League! A segunda-feira útil nos reservou o dia mais importante da temporada, a grande final dos playoffs entre Middlesbrough v Norwich, valendo a última vaga na Premier League 2015/2016, e uma premiação estimada em mais de £120 milhões. O mítico estádio de Wembley ficou lindo, tomado por torcedores e dividido ao meio em vermelho e amarelo. Todos esperavam um grande e emocionante jogo, digno de duas grandes equipes. O que ninguém esperava era que a final fosse ser decidida em 15 minutos: A defesa do Boro, a melhor da temporada começou dormindo, e deu ao Norwich a chance de abrir 2-0 com Jerome e Redmond, além de contar com uma partida monumental de Wes Hoolahan. Depois disso, os Canaries não tiveram grandes dificuldades pra segurar o resultado e garantir o retorno à primeira divisão apenas um ano após o rebaixamento. Parabéns Norwich!


Desde ontem as torcida tomaram conta de Londres, principalmente a do Boro, que viajou mais de 400 km pra ver a final e lotou a Trafagal Square e todo o centro da cidade em festa. Logo no início do dia, o clima era de uma verdadeira final: muita festa, muitas cores e uma enorme ansiedade dos fãs, que logo começaram a lotar Wembley: amarelos à direita das cabines de transmissão, vermelhos à esquerda. Norwich e Boro pisaram no gramado sagrado e foram recebidos com muita festa e com uma bela execução do hino nacional. Logo na escalação, a surpresa foi a presença de Patrick Bamford no time titular, já que o melhor jogador da temporada tinha lesão no tornozelo.

Quando a bola rolou, logo o Norwich fez a experiência do seu time falar mais alto: os Canaries dominaram as ações de forma até inesperada, indo pra cima com tudo. Dos 8' aos 15', o jogo ficou frenético: após cruzamento na área do Boro, a zaga começou a dar mostras de nervosismo e tirou mal, a bola sobrou nos pés de Bradley Johnson, que acertou uma pancada no travessão. No contra-ataque do Boro, Friend cruzou, Bassong também tirou mal, e Vossen também acertou o travessão, uma sequência incrível de tirar o fôlego. Aos 12', Ayala cortou lançamento e tentou sair jogando, mas teve a bola roubada por Jerome, que invadiu a área, procurou alguém pra cruzar mas, mostrando um incrível sangue frio, tocou devagarinho pro gol, enquanto o goleiro Dimi só olhava, 1-0 pra delírio da parte amarela do estádio. 19º gol do centro-avante na temporada, que ainda mandou a torcida do Boro se calar. E falha feia de Ayala, melhor zagueiro da temporada, mas que vacilou de forma rara.


3 minutos depois, o Norwich decidia a final: Whittaker avançou sozinho pela direita, Tomlin não acompanhou até o fim, e o lateral achou Nathan Redmond na área, que limpou a marcação e bateu cruzado pra fazer 2-0. Naquele momento, Redmond e Hoolahan iam DESTRUINDO o sistema defensivo do Middlesbrough, principalmente o segundo, que foi senhor do meio campo. E não falamos de Bamford até agora... o atacante ficou completamente isolado e praticamente não pegou na bola no primeiro tempo, claramente sem condições de jogo, lançando a dúvida sobre sua escalação, e se Kike não seria uma opção melhor. O Boro deixou o meio-campo do Norwich jogar, e todos sabiam muito bem o que faziam com a bola no pé. Howson, Johnson e Hoolahan dominaram completamente o jogo no primeiro tempo. Tettey, que fez ótima partida, conseguia bloquear as ações de Tomlin, enquanto Howson e Johnson seguraram Leadbitter e Clayton. Vossen e Adomah ficaram presos na marcação e pouco fizeram até o fim do primeiro tempo.


Na volta do intervalo, Aitor Karanka trocou Whitehead por Nsue tentando dar mais saída de jogo pela direita, e até deu certo. O Boro passou a atacar mais, Bamford começou a aparecer, mas ainda sem dar muito trabalho ao goleiro Ruddy, que só trabalhou uma vez em chute rasteiro de Bamford. O Norwich continuou levando jogo em ponto morno, e ainda deu trabalho em cabeçada de Martin. A única chance clara do Boro de diminuir foi numa cabeçada de Ayala que Grabban (que tinha entrado no lugar do aplaudido Jerome) salvou quase em cima da linha. Depois disso, o Norwich só segurou o relógio pra começar a festa do acesso. 

A vitória para os Canários na frente de mais de 85.000 fãs é o ápice de uma série notável de resultados sob o comando de Alex Neil. O treinador de apenas 33 anos foi pouco divulgado na Inglaterra quando chegou, mesmo tendo presidido a promoção do Hamilton para a Scottish Premiership na temporada passada. Isso foi o suficiente para ser dada a oportunidade de substituir Neil Adams em Carrow Road, em janeiro, com o time em sétimo na tabela e três pontos fora da zona de play-offs. Neil já mostrou seu trabalho no primeiro jogo, ao vencer ninguém, menos que o campeão Bournemouth em pleno Goldansds, a primeira de 17 vitórias em 25 jogos durante o seu mandato, e agora vai se tornar o técnico mais jovem da primeira divisão da Inglaterra, batendo Garry Monk do Swansea, que tem 36 anos. 


O Norwich tem tudo pra fazer um bom papel na elite. Tem um forte elenco, jogadores com experiência e donos dispostos a investir em mais contratações. Já o Boro fez ótima temporada e cai de pé, mesmo com a derrota. Foi um excelente trabalho de Aitor Karanka, que deve reforçar o time pra brigar na temporada que vem, principalmente no ataque, que deixou muito a desejar hoje. Stephen Cry, Hugh Jackman e vários outros famosos em festa! A Inglaterra hoje é amarela!




E chegamos ao final de mais uma temporada! Gostaríamos de agradecer MUITO a quem nos acompanhou durante todo esse árduo caminho. Completamos hoje nossa 5ª temporada no ar, trazendo informações da Championship em português e tentando difundir o campeonato no Brasil. Nós também temos que lidar com o abismo existente entre a Premier League e a Championship: não falamos de qualidade do futebol, e sim de informação disponível para nós aqui no Brasil e de reconhecimento do trabalho. Mas enquanto tivermos fãs, estaremos sempre aqui.

A partir de hoje, entraremos de férias no site (que será reformulado) mas continuaremos trazendo notícias importantes em nossas Redes Sociais. Desejamos boas férias à todos, e continuem conosco!



Home ---------------------- Política de Privacidade ---------------------------------------------------------------------------------------------------- Championship Brasil 2018. Todos os direitos reservados ------- Designed by Edmar Assis