Classificação

Por Edmar Assis e Danilo Moraes. Tecnologia do Blogger.

Artilharia

Postado por : Edmar Assis 22/07/2015


Nome: Burnley Football Club
Apelido: Clarets
Estádio: Turf Moor
Presidente: Mike Garlick
Técnico: Sean Dyche
Última temporada: 19º lugar (Premier League)

ENTRAM
  • Matthew Lowton (Aston Villa, £980,000)
  • Jelle Vossen (Genk, £2,45M)
SAEM
  • Danny Ings (Liverpool, free)
  • Kieran Trippier (Tottenham, £3,43M)
  • Ross Wallace (Sheffield Wednesday, free)
  • Steven Reid (fim de carreira)
  • Cameron Howieson (dispensado)
Mesmo com o rebaixamento, a temporada que o Burnley passou na Premier League foi um bom aprendizado para o clube e, principalmente, com ótimos resultados financeiros, onde podemos considerar o ganho de dinheiro só por participar da primeira divisão, e também a venda de alguns de seus jogadores nessa janela de transferências. O time até foi bem na elite, conseguiu resultados importantes como vencer o Man.City em casa e segurar o Chelsea fora, mas a falta de um elenco mais qualificado e diversificado pesou demais, e o Burnley está de volta à Championship.

Mas os Clarets voltam com uma boa bagagem, com um time que se conhece e com um treinador que, mesmo assediado, segue no clube pra tentar subir de novo. Sean Dyche fez o que pôde na Premier Legue, e agora terá um time com algumas mudanças importantes pra tentar o acesso de novo. Mas são essas mudanças que podem definir o futuro do clube, porque os dois jogadores mais importantes do Burnley deixaram o clube. Como era esperado.

Danny Ings, assediado antes mesmo de jogar a Premier League, foi pro Liverpool "de graça", embora ainda exista a possibilidade da negociação render alguma grana extra pros Clarets, Ings sai respeitado por boa parte da torcida, muito por fazer questão de jogar a Premier League pelo clube de coração, mas era óbvio que ele não iria disputar outra Championship. Mesmo caso do lateral-direito Kieran Trippier, que jogou muito bem na última temporada, distribuiu assistências em peso (principalmente pra Ings), e chamou muito a atenção, tanto que o Tottenham o levou por pouco mais de £3 milhões.


Mas as perdas já foram compensadas. Para o lugar de Trippier chega o lateral Matthew Lowton, que em alguns momentos na própria Premier League foi bem no Aston Villa e, embora não seja tão eficiente quanto Trippier, pode ser uma arma poderosa. Pro lugar de Ings, chega um conhecido da Championship: o atacante belga Jelle Vossen, que disputou a última temporada pelo Boro. Vossen chegou ao Boro com muita expectativa, mas não fez uma enorme diferença. Mesmo assim, é uma boa aposta, e uma mudança de ares pode fazer bem. Ele chega o Genk por pouco mais de £2 milhões.

Porém, a janela de transferências ainda não acabou. O zagueiro Jason Shackell pode estar voltando pro Derby. O goleiro Tom Heaton também tinha sido assediado, mas renovou contrato e fica. O meia Ross Wallace deixou o clube após alguns anos, e Steven Reid se aposentou. A força do time se concentra no bom meia Scott Arfield, e no winger George Boyd, que também tem sido especulado em outros times mas deve ficar. O ataque deverá ser formado por Ashley Barnes e Sam Vokes, que não foi mais o mesmo desde que voltou de uma grave lesão.

O Burnley entra como favorito para ir aos playoffs. Pra brigar por título, o time terá que jogar mais do que o elenco atual pode oferecer, e também contar com muita sorte.

Provável time base (4-4-2): Heaton; Lowton, Keane, Shackell (Duff), Mee; Kightly, Jones, Arfield, Boyd; Barnes, Vokes.

Previsão Championship Brasil: Briga por playoffs




Home ---------------------- Política de Privacidade ---------------------------------------------------------------------------------------------------- Championship Brasil 2018. Todos os direitos reservados ------- Designed by Edmar Assis