Classificação

Por Edmar Assis e Danilo Moraes. Tecnologia do Blogger.

Artilharia

Postado por : Edmar Assis 22/07/2015



Nome: Cardiff City Football Club
Apelido: Bluebirds
Presidente: Vincent Tan
Técnico: Russell Slade
Última temporada: 11º (Championship)

ENTRAM
  • Semi Ajayi (Arsenal, free)
  • Sammy Ameobi (Newcastle, empréstimo)
SAEM
  • Kevin Theópille-Catherine (Saint-Étienne, £1,40M)
  • Nicky Maynard (dispensado)
  • Danny Gabbidon (dispensado)
  • Kevin McNaughton (dispensado)
  • Josh Yorwerth (Ipswich, free)
  • Tom Adeyemi (Leeds, empréstimo)
Se a gente não tivesse dito ali em cima, você se lembraria da posição que o Cardiff terminou a última Championship? Então, é um bom exemplo de como foi a temporada 14-15 dos Bluebirds: bem tímida. E bem diferente das últimas temporadas, onde o clube sempre era notícia, seja para o bem com o acesso recente e o bom futebol, seja para o mal com o rebaixamento e as peripécias de seu dono, Vincent Tan. O Cardiff dava sempre o que falar. Isso passou.

O time ficou no meio da tabela durante toda a temporada, longe de brigar pra não cair, mas igualmente longe de brigar pelo acesso. A torcida não gostou de tanto marasmo, mas essa situação não parece que vai mudar tão cedo. Contratações, até agora, apenas duas: o jovem Semi Ajayi chega do Arsenal após não ser aproveitado, e o contestado atacante Sammy Ameobi tenta recuperar seu futebol, emprestado pelo Newcastle. Só.


Como as saídas também não são muitas, pouca coisa deve mudar no time principal. O horroroso lateral Kevin Theópille-Catherine volta pra França, vendido até por um bom preço. Nicky Maynard, Danny Gabbidon e Kevin McNaughton, pouco utilizados, foram dispensados. Tom Adeyemi, uma jovem esperança, foi emprestado ao Leeds. A melhor notícia até agora é a volta da cor azul predominante, no uniforme e no símbolo do clube, já que o excêntrico Vincent Tan cedeu à enorme pressão da torcida.

O meio da tabela parece ser novamente o destino do Cardiff. Talvez com mais alguma boa contratação, o time possa brigar novamente por playoffs.

Provável time base (4-4-2): Marshall; Peltier, Morrison, Ecuele-Manga, Fabio; Gunnarson, Whittingham, Noone, Ralls; Ameobi, Doyle.

Previsão Championship Brasil: Meio da tabela



Home ---------------------- Política de Privacidade ---------------------------------------------------------------------------------------------------- Championship Brasil 2018. Todos os direitos reservados ------- Designed by Edmar Assis