Classificação

Por Edmar Assis e Danilo Moraes. Tecnologia do Blogger.

Artilharia

Postado por : Edmar Assis 30/07/2015


Nome: Middlesbrough Football Club
Apelido: Boro
Estádio: Riverside Stadium
Presidente: Steve Gibson
Técnico: Aitor Karanka
Última temporada: 4º (Championship)

ENTRAM
  • Alex Baptiste (Bolton, valor não revelado)
  • Stewart Downing (West Ham, £5,5M)
  • Tomas Kalas (Chelsea, empréstimo)
  • Diego Fabrinni (Watford, empréstimo)
SAEM
  • Dean Whitehead (Huddersfield Town, free)
  • Emmanuel Ledesma (Rotherham, free)
  • Seb Hines (dispensado)
  • David Atkinson (Carlisle United, free)
  • Ryan Brobbel (dispensado)
  • Kieran Weledji (dispensado)
  • James Warnett (dispensado)
  • Luke Williams (Scunthorpe, valor não revelado)
O Boro ficou muito, mas muito perto de finalmente voltar à Premier League na última temporada. A vaga direita escapou na últimas rodadas, e duas falhas da zaga na final dos playoffs contra o Norwich jogaram a chance de jogar a Premier League após seis anos pela janela. A derrota foi doída e não ainda muito bem digerida, mas o clube engoliu o choro, voltou com tudo pros treinos e atacou o mercado de transferências, com o objetivo claro de conseguir a vaga direta e brigar pelo título.

Pra isso, a principal contratação, claro, é a volta do meia Stewart Downing ao clube após seis anos - o ídolo da torcida resolveu voltar pra casa, e o Boro desembolsou bons £5,5 milhões ao West Ham por Downing, que tem tudo pra ser a peça decisiva que faltava pro Boro disputar o título. As contratações, em números, ainda são poucas, mas extremamente interessantes: o bom zagueiro Tomas Kalas volta ao clube, re-emprestado pelo Chelsea; o atacante Diego Fabrinni chega emprestado pelo Watford, podendo ser uma boa alternativa no disputado ataque do time; e o zagueiro Alex Baptiste chega do Bolton, mas infelizmente quebrou a perna em um jogo da pré-temporada e ficará um bom tempo fora.


E ainda não parou por aí. Quem também deve chegar é o atacante uruguaio Cristian Stuani, que com certeza ajudará a resolver o buraco no ataque, criado pelas saídas de Patrick Bamford, que voltou ao Chelsea após um período de empréstimo de tremendo sucesso (melhor jogador da última Championship), e de Jelle Vossen, que voltou ao Genk e de lá foi vendido ao Burnley. Outras saídas não serão muito sentidas: os veteranos Dean Whitehead, Emmanuel Ledesma e Seb Hines deixam o clube após alguns anos de serviços prestados pra buscar outros ares. No mais, o forte time da última temporada continua firme e bem montado.

Aitor Karanka fez um trabalho incrível na última temporada, e quer aperfeiçoar. A zaga, mesmo com as falhas na final dos playoffs, continua boa, contando com Kalas, Gibson e Ayala. O meio de campo se tornou o melhor da Championship agora com Clayton, Leadbitter, Downing, Tomlin e Adomah, e o ataque que já conta com Kike Garcia, mas que ficou devendo em jogos fundamentais da última temporada, pode melhorar com Fabrinni e, provavelmente, Stuani. Adomah e Tomlin jogaram demais na última temporada, e mantê-los durante a Championship é fundamental.

Com uma base tão forte, entrosada, com um bom treinador e com um jogador acima da média pra Championship que é Stewart Downing, em nossa opinião o Boro é o maior favorito ao título e, consequentemente, ao acesso. Claro que a pressão do favoritismo e por resultados pode pesar, mas o Boro tem tudo e mais um pouco pra ser o melhor time da temporada.

Provável time base (4-2-3-1): Dimi; Kalas, Ayala, Gibson, Friend; Clayton, Leadbitter, Tomlin, Downing, Adomah; Kike (Stuani)

Previsão Championship Brasil: Briga pelo título

Home ---------------------- Política de Privacidade ---------------------------------------------------------------------------------------------------- Championship Brasil 2018. Todos os direitos reservados ------- Designed by Edmar Assis