Classificação

Por Edmar Assis e Danilo Moraes. Tecnologia do Blogger.

Artilharia

Postado por : Edmar Assis 24/10/2015


No El Lanclassico de hoje, a superioridade do Burnley nos últimos confrontos se confirmou mais uma vez. Jogando em Ewood Park, os Clarets souberam segurar bem a pressão do Blackburn, contaram com uma partida inspirada do goleiro Tom Heaton, e com um lindo gol de Scott Arfield venceram por 1-0, num jogo estranhamente sem confusões nem expulsões. Enquanto o Burnley sobe pra 3º lugar, o Blackburn cai pra 18º, perigosamente próximo da zona de rebaixamento.

Diante de 20.000 torcedores, o Blackburn começou melhor, e teve uma grande chance de abrir o placar: Jordan Rhodes chutou forte e a bola passou bem perto do gol. Pouco depois, Barton invadiu a área e trombou com Hanley - com toda sua delicadeza, o volante esbravejou com o árbitro pedindo pênalti, mas o juiz mandou seguir. Pouco depois, foi a vez de Tom Lawrence pedir pênalti de Barton, mas o juiz também mandou seguir. Com muitos erros, o primeiro tempo acabou no 0-0.


Na volta do intervalo, o Blackburn teve A chance de abrir o placar: Rhodes achou Lawrence absolutamente livre na área, mas o atacante se assustou com a bola e com o abafa do goleiro Heaton, e chutou pra fora. E quem não faz... Aos 63', em cobrança de falta pra área, a zaga não cortou direito, e a bola sobrou pra Scott Arfield, na entrada da área, acertar um lindo chute no ângulo do goleiro Steele, 0-1, pra delírio dos 4.500 fãs do Burnley que foram até a casa do rival. O Blackburn tentou uma desorganizada pressão, mas só chegou perto de um empate numa cabeçada de Duffy, que o goleiro Heaton voou pra defender.

Agora com 5 jogos de invencibilidade sobre o rival, o Burnley vai embalado e mirando a vice-liderança receber o Huddersfield na próxima rodada. Já o Blackburn faz um jogo dos "quase desesperados" contra o Leeds, fora de casa.

Fulham fica dois gols atrás, mas dá show no segundo tempo e vence o Reading de virada.


O jogo mais animado da rodada aconteceu em Craven Cottage. E que jogo! O Fulham recebeu o Reading, e aos 49' estava perdendo por 0-2, em mais uma desilusão da torcida. Mas, numa reação improvável e pra lá de incrível, o time marcou 3 gols em seis minutos pra virar o jogo, e ainda marcou mais um aos 74' pra vencer os Royals, até então em 4º, por 4-2. O Fulham pula pra 11º, começa a sonhar com a zona dos playoff, e tira o Reading dela.

O Reading dominou o primeiro tempo e conseguiu uma vantagem inicial com o brasileiro Lucas Piazon, finalizando uma excelente jogada dos Royals: Orlando Sa encontrou Matej Vydra, e o atacante meteu uma rosca na bola perfeita para o brasileiro, que só tocou na marca do pênalti pra fazer apenas seu segundo gol no futebol Inglês, 1-0. Nick Blackman, Piazon e Sa tiveram boas chances pra ampliar, e o Fulham não conseguiu ter um tiro no alvo certo no primeiro tempo.

No segundo tempo, aos 49', Sá (ex-Fulham) roubou a bola de Cairney, avançou e bateu bonito pro gol, sem chances pro goleiro Lewis, 0-2. Mas quando parecia que o Fulham ia desanimar e se contentar com mais uma derrota em casa, Tunnicliffe roubou a bola no meio e tocou para McCormack fuzilar o goleiro Al-Habsi, 2-1 aos 50'. 4 minutos depois, Christensen avançou pela ponta, olhou pra área e cruzou na medida pra Moussa Dembele empatar, 2-2. E dois minutos depois, o próprio Dembele driblou a marcação e rolou pra Kacaniklic tocar no cantinho pra completar a incrível virada, 3-2.

A vitória foi concluída em mais um erro do Reading: McShane tentou sair jogando, mas deu a bola de graça pra McCormack, que esperou e fez um belo lançamento pra Dembele fazer seu segundo e matar o jogo, 4-2. Na próxima rodada, o Fulham viaja até Bristol, enquanto o Reading recebe ninguém menos que o líder Brighton.

Home ---------------------- Política de Privacidade ---------------------------------------------------------------------------------------------------- Championship Brasil 2018. Todos os direitos reservados ------- Designed by Edmar Assis