Por Edmar Assis e Danilo Moraes. Tecnologia do Blogger.

Classificação

Artilharia

Postado por : Jober Sian 29/07/2019



Nome: Swansea City Association Football Club
Apelido: The Swans
Estádio: Liberty Stadium
Presidente: Jason Levien e Steve Kaplan
Técnico: Steve Cooper
Última temporada: 10º (Championship)


CHEGAM: Borja Bastón (Alavés, retorno de empréstimo); André Ayew (Fenerbahce, retorno de empréstimo); Jake Bidwell (QPR, free), Ben Wilmot (Watford, empréstimo), Tom Carroll (Aston Villa, retorno de empréstimo)

SAEM: Daniel James (Manchester United, £15m), Jordan Ayew (Crystal Palace, £2.5m), Leroy Fer (Feyenoord, free); Carter-Vickers (Tottenham, retorno de empréstimo), Narsingh (Feyenoord, free)

O Swansea não conseguiu o retorno imediato para a Premier League após sua queda e esse fato fez com que as finanças do clube ficassem bastante apertadas. Os donos americanos sofrem duras críticas dos torcedores pelo rebaixamento e a percepção da falta de investimento no clube.

A tentativa de não perder seus principais jogadores segue difícil. O Manchester United levou Daniel James, um dos destaques da equipe na última temporada, e o clube tenta resistir as ofertas por Oliver McBurnie, artilheiro da equipe.


A saída inevitável do treinador Graham Potter, que se mudou para o Brighton, fez com que o clube trouxesse Steve Cooper, de 39 anos, que treinou seleções de base da Inglaterra. O novo técnico contará principalmente com o retorno de jogadores emprestados para fortalecer sua equipe.

Na defesa, a única saída sentida é do zagueiro Carter-Vickers, que retornou ao Tottenham, mas o jovem Joe Rodon, é considerado um substituto à altura. O principal reforço para o setor defensivo é o lateral Jake Bidwell, que chegou do QPR.

Na parte ofensiva, a equipe conta com força física de Jay Fulton para ligação defesa-ataque, além da criatividade de Bersant Celina e a velocidade de Nathan Dyer. Os atacantes André Ayew e Borja Bastón retornaram de empréstimos. O mesmo aconteceu com Jordan Ayew, mas foi negociado em definitivo com o Crystal Palace.

Com seis vitórias em seis jogos, a pré-temporada foi animadora para o clube galês. A esperança é uma vaga nos playoffs, especialmente pela infra-estrutura e apoio da fanática torcida no Liberty Stadium, mas sabem que terão um novo processo com um jovem treinador e um orçamento mais limitado.

Provável time-base (4-2-3-1): Nordfeldt; Roberts, van der Hoorn, Rodon, Bidwell; Fulton, Grimes; Dyer, Celina, Ayew; McBurnie.

Previsão Championship Brasil: Meio de tabela




Home ---------------------- Política de Privacidade ---------------------------------------------------------------------------------------------------- Championship Brasil 2019. Todos os direitos reservados ------- Designed by Edmar Assis