Por Edmar Assis e Danilo Moraes. Tecnologia do Blogger.

Classificação

Artilharia

Postado por : Edmar Assis 01/08/2019

Está chegando a hora! Após muitos dias de férias, muitos jogos de seleções durante esse tempo, e muitas e muitas negociações no mercado, a nossa querida Championship está de volta para a temporada 2019/2020, a nossa DÉCIMA temporada juntos! Nas últimas semanas, deixamos vocês a par das expectativas de todos os 24 clubes, um por um, analisando as chegadas e saídas e prevendo o que será a temporada. Agora é hora de analisar outra coisa... A Championship é conhecida por ser um celeiro de jovens craques, e separamos 10 nomes, de 10 diferentes clubes, para acompanharem bem de perto durante todo o campeonato. São jogadores jovens e extremamente promissores, de quem com certeza ouviremos falar muito nos próximos anos. Fique de olho!


1: Ivan Sunjic (Birmingham) - A contratação mais cara feita por um time da Championship (quase 7 milhões de Libras) também é que a gente tem que ficar mais de olho. Ivan Sunjic, agora ex-capitão da seleção sub-21 da Croácia, é a maior esperança da base da atual vice-campeã do mundo. Com 22 anos, o meia defensivo tem ótima visão de jogo e habilidade, guardadas as devidas proporções lembrando seu compatriota Luka Modric quando chegou ao Tottenham. Bósnio de nascimento, Sunjic foi campeão croata pelo Dinamo Zagreb, e foi lá que chamou a atenção do Birmingham, que não poupou dinheiro para trazê-lo. A esperança é que Sunjic assuma a liderança técnica da equipe, que perdeu seu melhor jogador, Che Adams.


2: Jay Dasilva (Bristol City) - Com um sobrenome bem brasileiro mas com ascendência jamaicana, o lateral esquerdo Jay Dasilva tem tudo pra ser uma das grandes atrações dessa temporada. Revelado pelo Luton Town e depois comprado pelo Chelsea, Dasilva é titular da promissora seleção inglesa sub-21 e foi emprestado pelos Blues ao Bristol City na última temporada. Com a vantagem de jogar num time com DNA ofensivo, Dasilva foi muito bem e acabou sendo comprado nessa temporada em defintivo, e deve ser titular no lugar de Lloyd Kelly, vendido pelos Robins ao Bournemouth. Com muita velocidade pela esquerda, onde pode jogar na lateral e no meio, Dasilva tem muita resistência física, e sua polivalência é extremamente bem vista. Um dos bons jovens ingleses que surgiram nos últimos tempos.


3: João Carvalho (Nottingham Forest) - Só com 22 anos, o português João Carvalho já é uma realidade no futebol inglês. O meia chegou ao Forest em Junho de 2018, e logo de cara impressionou na pré-temporada, recebendo a missão de usar a camisa 10 do clube campeão europeu. Carvalho custos mais de 13 milhões aos cofres vindo do Benfica, e está fazendo valer o investimento - habilidoso, com boa visão de jogo e excelente passe, Carvalho foi o melhor jogador dos Reds na última temporada, inclusive com um jogo sensacional contra o Wednesday, onde meteu um golaço. Com mais reforços de qualidade ao seu lado, João Carvalho tem tudo pra ser um dos melhores jogadores na temporada. Olho no luso.


4: Bright Osayi-Samuel (QPR) - Um dos times que mais revela jovens na Championship tem que estar na lista, e Bright Osayi-Samuel é um menino pra se prestar MUITA atenção! Com 21 anos, o nigeriano natualizado inglês joga pela meia esquerda, e ainda não teve o espaço necessário pra mostrar seu potencial no elenco dos Hoops, mas isso deve mudar com a chegada de Mark Warburton, que gosta de trabalhar com jovens. Nos poucos momentos em campo, Osayi-Samuel mostrou a habilidade típica de um winger jovem e rápido, além de boa noção de espaço e muita força física. Com Ebere Eze pelo outro lado, o QPR deve ter muita habilidade e velocidade pelas pontas nessa temporada.


5: Juninho Bacuna (Huddersfield) - A participação do Huddersfield na Premier League passada foi uma tragédia, uma das piores da história. Poucos jogadores conseguiram de fato se destacar, e um deles foi Juninho Bacuna. O volante holandês de 21 anos acabou sendo lançado no fogo, e foi muito bem em alguns jogos na medida do possível, até marcando gols importantes. Jogando como meia central, Bacuna além de ser apenas um cão de guarda também faz bem a saída de jogo e tem bom chute, e deve ser titular no início da temporada, e num campeonato com um nível bem mais baixo em relação a primeira divisão, com certeza vai se destacar.


6: Josh Bowler (Hull): Um dos vários jovens do Everton distribuídos pelos campeonatos europeus afora, o winger Josh Bowler, de 20 anos, chega ao Hull emprestado durante a temporada, tentando "retomar" o futebol apresentado nos tempos de QPR, onde foi formado e acabou sendo comprado pelos Toffees em 2017. Conhecido por ter um chute potente e bem mirado com a perna esquerda, Bowler pode fazer um bom trio com Jarrod Bowen e Kamil Grosicki, se tiver espaço no 11 inicial do novo treinador, Grant McCann.


7: Sam Gallagher (Blackburn) - Pode não parecer, mas o atacante Sam Gallagher tem apenas 23 anos. Revelado na forte base do Southampton e lançado ainda extremamente jovem, Gallagher já esteve emprestado do Blackburn há duas temporadas e impressionou, tanto que os Rovers o trouxeram em definitivo para assumir o ataque. O atacante também já foi emprestado ao Birmingham, onde também foi bem, e resolveu deixar o Southampton em busca de mais chances, o que não deve faltar no Ewood Park. Embora falte um pouco de qualidade às vezes, Gallagher é fazedor de gols e pode muito bem estar na tábua dos artilheiros da Championship.


8: João Virginia (Reading) - Mais um da fortíssima seleção de base de Portugal na lista, e o único goleiro. Com apenas 19 anos, João Virginia é nome certo das seleções de base lusa, onde já foi campeão europeu sub-19 e sub-17. Revelado no Benfica, Virginia foi adquirido pelo Everton, e repassado por empréstimo nessa temporada ao Reading, que há tempos busca um goleiro que possa rejuvenescer a posição. Virginia chega pra ser titular absoluto, e terá a dura missão de jogar num time com uma zaga que não vem sendo das melhores. Melhor teste não há.


9: Luke Thomas (Barnsley) - Com um projeto ousado, patrocinado pelo bilionário dono chinês, o Barnsley quer alçar vôos grandes, e também pensa em contar com um time jovem. Um dos bons nomes é o do meia Luke Thomas, de 20 anos. Vindo do Derby, Thomas esteve emprestado para o Coventry na última League One e foi muito bem, chamando a atenção dos Tykes, inclusive marcando um golaço contra eles num empate or 2-2. Thomas era pretendido por outros clubes, muito pelo seu chute potente.


10: Marcus Browne (Middlesbrough) - Mais um meia na lista, Marcus Browne é formado na base do West Ham, uma das mais famosas do mundo, e na última temporada esteve emprestado ao Oxford United. Com 21 anos, Browne pode jogar tanto atrás da linha de atacantes como de winger pelos dois lados, que chamou a atenção do Middlesbrough, que precisa desesperadamente rejuvenescer o time, agora comandado por Jonathan Woodgate.






Home ---------------------- Política de Privacidade ---------------------------------------------------------------------------------------------------- Championship Brasil 2019. Todos os direitos reservados ------- Designed by Edmar Assis