Classificação

Por Edmar Assis e Danilo Moraes. Tecnologia do Blogger.

Artilharia

Postado por : Edmar Assis 16/02/2011


O futebol está "indo para o precipício" por causa de níveis excessivos de endividamento

Essas foram as palavras (alarmantes) do chefe da Football League, Greg Clarke, dando provas de que um inquérito do governo está sendo aberto para investigar os clubes endividados

"A dívida é o maior problema", disse ele. "Se eu tivesse que listar as 10 coisas sobre futebol que me mantém acordado durante a noite, as 10 seriam as dívidas.  O nível de endividamento é insustentável. Estamos caminhando para o precipício e vamos chegar lá mais rápido do que as pessoas pensam." 

A Football League está trabalhando para produzir um plano de cinco anos, que vai fornecer suporte financeiro para seus 72 clubes. Clarke disse que iria providenciar uma mudança contundente sobre o futuro financeiro. "Vamos esperar para catalisar a mudança. Vamos compartilhar as idéias com os nossos presidentes, e digo isto para vermos onde vamos parar, e que temos que mudar agora." 

Clarke advertiu da relutância do futebol a aceitar novas idéias. 

"O futebol pode ser um pouco conservador - não há uma propensão para mudar. Normalmente, uma reunião de presidentes do clube poderia concordar que as coisas não estavam bem, mas não iria produzir um plano para tornar as coisas melhores. 

Deputados da comissão há tempos põe em cheque a polêmica regra credores de futebol, que exige que as dívidas do futebol são a primeira prioridade para os clubes que caem em dificuldades financeiras. Eles reclamam há muito tempo sobre a regra, uma vez que coloca o pagamento das dívidas aos clubes de futebol à frente de reembolsar o público. 

" Pensar sobre o futebol pela regra de credores é uma afronta", disse Clarke. "Mas a alternativa pode muito bem ser o clubes da Football League saírem do negócio. O que estamos fazendo é tentar encontrar uma alternativa mais plausível." Clarke disse que as medidas financeiras da Uefa "fair play" poderia ser um modelo para o campeonato, mas disse não acreditar em tetos salariais diretos. 

Respondendo a perguntas sobre a adequação de alguns proprietários de clubes e diretores de estar envolvido no futebol, ele falou de sua experiência em matéria comercial.  "A única coisa que você faz nas empresas é a realização de diligência com os seus parceiros", disse ele, embora admitisse que não era prático para "gerenciar um monte de diretores endividados".  "Em grande parte, o nosso processo é de auto-certificação", acrescentou. 


Gordon Taylor, chefe executivo da Professional Footballers 'Association, disse que a regra fez com que dois terços dos 92 clubes da liga enfrentassem dificuldades financeiras. Sheffield Wednesday e Plymouth são apenas dois clubes Football League a terem enfrentado ordens de falência recentemente, enquanto o Crystal Palace entrou em concordata em janeiro de 2010, antes de ser comprado por um consórcio formado por vários fãs ricos. 

O Departamento de Cultura, Mídia e Esportes vai realizar uma série de audiências nas próximas semanas, antes de fazer o seu relatório ao Parlamento. 

O ministro dos Esportes, Hugh Robertson, descreveu o futebol como "a pior fase do esporte no país".

Home ---------------------- Política de Privacidade ---------------------------------------------------------------------------------------------------- Championship Brasil 2018. Todos os direitos reservados ------- Designed by Edmar Assis