Por Edmar Assis e Danilo Moraes. Tecnologia do Blogger.

Classificação

Postado por : Jorge Lima 07/02/2011

Nome: King Power Stadium
Local: Leicester
Construção: 2001
Inauguração: Julho de 2002
Capacidade: 32.500 pessoas
Recorde de Público: 32.148



Na época conhecido como Walkers, o novo estádio foi erguido em substituição ao antigo Filbert Street, casa dos Foxes entre 1891 e 2002. O antigo estádio sobreviveu a bombardeios durante a guerra, a incêndios, a deteriorações, mas não a modernidade e ao crescimento do Leicester. Com o Taylor Report em 1990, todos os estádios das principais divisões teriam que ter cadeiras em todos os lugares. Várias expansões foram feitas na tentativa de adequar o estádio às novas regras. Tudo deu certo, mas um "bom problema apareceu. As boas campanhas do Leicester sob o comando de Martin O'Neil no fim da década de 90, elevaram o status do Leicester. Com mais status, o time começou a chamar mais atenção. Com mais atenção, novos torcedores. Após novas tentativas fracassadas em expandir o Filbert Street, o Leicester decidiu que era hora de uma mudança de casa. A vitória dos Foxes sobre o Tottenham por 2-1 foi o último jogo realizado no Filbert, na temporada 2001/2002.



A primeira tentativa para a construção do novo estádio surgiu em 1998. O plano era constuir um estádio para 40.000 pessoas no Bede Island South. A intenção era erguer o novo estádio até o início da temporada 2000/2001. Mas os planos acabaram fracassando e a idéia foi abandonada. Algum tempo depois, o clube acabou encontrando um novo local. Uma usina de energia abandonada ao sul do antigo estádio seria demolida e ali surgiria o novo estádio. Com a autorização concedida os planos para um estádio para 32.500 pessoas começava a sair do papel. As obras tiveram início em junho de 2001 e o novo estádio ficou pronto a tempo para a temporada 2002/2003. O estádio custou 37 milhões de libras, mas o Leicester acabou gerando uma dívida de mais de 30 milhões. Motivo? o clube acabara de ser rebaixado para a segunda divisão. e com menos dinheiro de arrecadação, direitos de transmissão e tudo mais, a vida dos Foxes no novo estádio, não começaria muito bem.

O novo estádio inicialmente foi batizado de Filbert Way. Mas com os problemas financeiros, o clube foi obrigado a vender os direitos sobre o nome. Com isso, a Walkers, subsidiária da Pepsi, uma famosa marca de Batata frita da Inglaterra e patrocina o clube ha quase 10 anos, adquiriu os direitos sobre o nome do estádio. Inicialmente o nome seria "Walkers Bawl". Mas graças a uma petição de vários torcedores do clube, a idéia foi rejeitada. Com isso, o novo nome acabou sendo Walkers Stadium.



Assim como vários clubes da championship, o Leicester tem planos para a ampliação do estádio. Com reformas nos setores norte, sul e oeste, a capacidade do estádio pode chegar até a 45.000 lugares. Mas isso só vai acontecer se o clube puder arrecadar mais dinheiro. e para isso acontecer, o clube precisa voltar para a Premier League. E considerando a boa campanha dessa temporada, é possível que isso aconteça.

Antes do início da temporada 2011-12, a King Power, empresa Tailandesa especializada em lojas de aeroportos, se tornou a nova patrocinadora do clube, e consequantemente, adquiriu os direitos de nome do estádio. A King Power pertence a Vichai Raksriaksorn, atual dono do Leicester

Home ---------------------- Política de Privacidade ---------------------------------------------------------------------------------------------------- Championship Brasil 2019. Todos os direitos reservados ------- Designed by Edmar Assis