Por Edmar Assis e Danilo Moraes. Tecnologia do Blogger.

Classificação

Artilharia

Postado por : Edmar Assis 21/07/2011



Com tantas contratações, indas e vindas de jogadores, muitas dúvidas acontecem sobre os times e seus elencos. Vamos dar uma rápida revisada e analisada nas negociações dessa janela.


O time que mais se mexeu foi o Leicester, e é o maior favorito a subir. Ainda tentam contratar em definitivo Yakubu junto ao Everton, e pelo jeito vão conseguir. Schmeichel; Pantsil, Mills, Bamba, Konchesky; Abe, Wellens, King, Gallagher; Nugent, Yakubu. É um time pra botar tensão nos outros

Outro time que vem forte é o West Ham. Contratou Kevin Nolan, Faye e não perdeu muita gente (ainda). Tem um bom técnico e uma boa base.

Nottingham Forest e Leeds vem sendo as decepções. O Forest perdeu metade do time: Paul McKenna (Hull City) Nathan Tyson (Derby County), Dele Adebola (Hull City), Robert Earnshaw (Cardiff) e Kris Boyd (Eskisehirspor (TUR). Por enquanto, trouxe de volta Andy Reid, Greening e só.

O Leeds perdeu o goleiro Schimeichel, Becchio e Somma tão com graves lesões e vao demorar a voltar, e ninguém será contratado no lugar. Richard Naylor, Shane Higgs Bradley Johnson e Neil Kilkenny já deixaram Elland Road. De contratações, só o goleiro Rachubka que tava encostado no Blackpool e o meia Michael Brown do Pompey.

O Middlesbrough não contratou ninguém (!)

O Birmingham desmanchou quase o time inteiro: Kevin Phillips, Sebastian Larsson e Lee Bowyer (dispensados), Craig Gardner (Sunderland) e Roger Johnson (Wolverhampton), deixaram os blues. De contratações, só o onipresente Marlon King, Caldwell do Wigan e mais uns desconhecidos. Janela fraquíssima pra um time que disputa a UEL.

O Blackpool foi outro que acabou com um time: Charlie Adam (Liverpool,); Danny Coid, Malaury Martin, Marlon Harewood, Jason Euell, David Carney, Andy Reid, Salaheddine Sbai, Ishmel Demontagnac, Paul Rachubka, Richard Kingson e Rob Edwards (dispensados), Paul Rachubka (Leeds) e David Vaughan (Sunderland) deixaram os Tangerines. De contratações, "só" Kevin Phillips, Matt Hill e Bruna, do Liverpool. Ian Holloway segue no cargo



O recém-chegado Brighton perdeu os bons Glenn Murray (Crystal Palace)e Elliott Bennett (Norwich). Por outro lado, trouxe ótimos nomes como Will Buckley (Watford), Kazenga LuaLua (Newcastle) e, principalmente, Craig Mackail-Smith (Peterborough), artilheiro escocês com 35 gols na última temporada. Chegam como candidatos a serem o "novo Norwich"

Burnley é outro que vem mal. Perdeu Nathan Delfouneso (Aston Villa), Graham Alexander (fim de contrato) e Chris Iwelumo (Watford), e só trouxe Ben Mee do City por emprestimo

O Cardiff perdeu sua dupla de ataque: Chopra foi para Ipswich e Bothroyd para o QPR. Bellamy deseja ficar, mas não se sabe se continua ou se volta a Manchester. Trouzeram de volta Robert Earnshaw e Aron Gunnarson do Coventry. Só

Coventry perdeu seus três principais jogadores. Marlon King, o goleiro Westwood (Sunderland) e Gunnarson. Sérios candidatos ao descenso

O Derby segue sob o comando de Nigel Clough, e tentou se mexer. Perdeu Addison e Varney, mas trouxe Jamie Ward (Sheffield United); Frank Fielding (Blackburn), Craig Bryson (Kilmarnock), Nathan Tyson (Nottingham Forest) e Chris Maguire (Aberdeen)



Hull City é outro forte candidato: Não perdeu ninguém e trouxe Paul McKenna (Nottingham Forest), Jack Hobbs (Leicester); Dele Adebola (Nottingham Forest), Robbie Brady (Manchester United) e Peter Gulacsi (Liverpool, empréstimo). Sob o comando de Nigel Pearson vão dar muito trabalho

Ipswich contratou bem, mas perdeu demais com a saída de Connor Wickham, mesmo com 12 milhões a mais no caixa. Trouxeram Michael Chopra (Cardiff), Ivar Ingimarsson (Reading) e Lee Bowyer (Birmingham). Mas perderam Gareth McAuley (West Bromwich), David Norris (Portsmouth)e Nathan Ellington (Watford).

Millwall perdeu Steve Morison e não trouxe ninguém pro seu lugar

O Peterborough trouxe metade da base do Man.United, mas não sabe como vai se comportar sem Craig Mackail-Smith

Portsmouth fez contratações modestas: David Norris (Ipswich), Jason Pearce (Bournemouth), Stephen Henderson (Bristol City), Luke Varney (Derby County) e Greg Halford (Wolverhampton). A perda mais sentida será de Nugent, artilheiro do time

O Reading ainda é forte, mas teve pesadas baixas. Zurab Khizanishvili (fim de contrato); Ivar Ingimarsson (Ipswich) e Matt Mills (Leicester) deixaram o Madejski. Ninguém ainda foi contratado.

O Southampton só trouxe Jack Cork do Chelsea, e não perdeu ninguém, mesmo com os olhos do mundo voltados para Chamberlain



O Watford tenta reparar a perda de Danny Graham com Nathan Elington e Iwelumo, mas segue com um time muito fraco no papel

Doncaster não se mexeu e é o maior favorito à lanterna da temporada

O Palace se reforçou. Depois de quase cair, trouxe Glenn Murray (Brighton), Kagisho Dikgacoi (Fulham), Mile Jedinak (free agent)e Jonathan Parr (Aalesund). Perderam Neil Danns para o Leicester

O Bristol trouxe o bom Kilkenny de Leeds e tenta de todas as maneiras segurar Nicky Maynard no clube

No Barnsley, o argentino Hugo Colace foi dispensado por suas lesões intermináveis. O clube trouxe vários jogadores desconhecidos, mas também perdeu jogadores mais desconhecidos ainda

Home ---------------------- Política de Privacidade ---------------------------------------------------------------------------------------------------- Championship Brasil 2019. Todos os direitos reservados ------- Designed by Edmar Assis