Por Edmar Assis e Danilo Moraes. Tecnologia do Blogger.

Classificação

Artilharia

Postado por : Edmar Assis 29/11/2011


Em uma noite emocionante reservada a várias homenagens para Gary Speed, falecido no último domingo, a torcida do Forest teve a sensação de que mais uma tragédia acontecera. Jogando um futebol pífio, os Reds foram humilhados pelo Leeds em pleno City Ground, por 0-4 e, de quebra, retornam à zona de rebaixamento e a todos os fantasmas que assolam o clube desde o início de temporada. Já o Leeds presta um bonito tributo ao seu ex-jogador e ídolo com uma vitória convicente e encostou de vez na 3ª posição, apenas 3 pontos atrás do Boro.

Muitos aplausos e 11 minutos de cânticos a partir do minuto 11 (relembrando o número da camisa que Gary Speed usou no Leeds) foram entoados em City Ground pela torcida do Leeds. E, curiosamente, ao fim dos minutos de cânticos o Leeds abriu o placar. Snodgrass carregou a bola pelo meio a bateu forte, sem chance para Camp, 0-1. O Leeds era muito superior e se aproveitava da péssima partida do meio campo do Forest, que errava passes de 2 metros e não conseguia fazer os atacantes Tudgay e Findley trabalharem. Tanto que, no último minuto de primeiro tempo, em mais uma boa jogada de Snodgrass, Howson recebu na área e soltou uma bomba no ângulo pra fazer um lindo gol, 0-2.

Steve Cotterill mudou o time no intervalo e sacou um apagadíssimo Findley para colocar Miller. Porém, quatro minutos depois, o golpe de misericórdia destruiu dos Reds. Becchio recebeu cruzamento de Brown e cabeceou completamente livre pra fazer 0-3. A essa altura, alguns torcedores do Forest já ia deixando o campo, e os que ficavam não acreditavam no que estavam vendo. Na única chance do jogo inteiro do Forest, Miller cabeceou depois de escanteio e obrigou o goleiro McCarthy a fazer boa defesa. O Leeds fechou o caixão aos 66, quando Clayton fez o quarto em rebote de Camp, 0-4. A desastrosa noite do Forest se completou quando Andy Reid foi expulso por segundo cartão amarelo. A noite terminou com festa da torcida do Leeds, ao som de "There's only one Gary Speed!"

Leicester vence o Blackpool e entra na zona de play-offs.

Novo técnico, novos tempos. Mostrando finalmente porque é o melhor elenco da Championship, o Leicester venceu o Blackpool por 2-0 em casa e subiu para 6º, na zona de play-offs pela primeira vez em 18 meses.

Andy King abriu o placar aos 35, em boa jogada de Dyer, e Neill Danns completou aos 85'. O Blackpool cai para 8º, mostrando o grande revesamento de times na zona de play-offs existente nesta temporada.

Home ---------------------- Política de Privacidade ---------------------------------------------------------------------------------------------------- Championship Brasil 2019. Todos os direitos reservados ------- Designed by Edmar Assis