Por Edmar Assis e Danilo Moraes. Tecnologia do Blogger.

Classificação

Artilharia

Postado por : Edmar Assis 02/11/2011



Inacreditável. Esse foi o sentimento dos milhares de torcedores do Leeds que deixaram Elland Road hoje ao olhar o placar eletrônico do estádio. Leeds 0-5 Blackpool. Numa noite para se esquecer, os whites foram detonados pela aplicação do Blackpool e pelas falhas do goleiro Rachubka. Melhor para os Tangerines, que dão um salto na tabela.


O Leeds começou o jogo pressionando, mas não demorou muito para o espetáculo de horrores de Rachubka começar. Aos 13 minutos, Lomana Lua Lua invadiu a área e chutou fraco, mas a bola passou por debaixo do goleiro. Falha grotesca do goleiro, e 1-0 no placar para os visitantes. Aos 27' minutos, o Leeds se perdeu de vez; em cruzamento fraco na área, Rachubka soltou a bola e Lees, intencionalmente, colocou a mão na bola para evitar o gol. Pênalti, e cartão vermelho para o jovem zagueiro. Na cobrança, Jonjo Shelvey ampliou para 2-0. Foi o primeiro gol do meia, emprestado pelo Liverpool,  com a camisa dos Tangerines. Simon Grayson, que apoiou o goleiro Rachubka quando o mesmo entregou um gol ao Coventry no empate por 1-1 em Elland Road, coçava a cabeça no banco de reservas.


E não parou por aí. Aos 31 do primeiro tempo, Shelvey continuou o show, num belo chute de fora da área para fazer 0-3. Decepção na torcida e nos jogadores do Leeds que, em meia hora de jogo, perdiam por 3 gols com um jogador a menos. Na volta do intervalo, Grayson sacou Keogh para colocar a estrela do time, Luciano Becchio, que começou no banco. O Leeds foi pra cima para tentar um milagre, mas deixou buracos na zaga. Num contra-ataque puxado por Ferguson, Lua-Lua saiu na cara do goleiro para fazer seu segundo gol no jogo e aumentar a goleada, 0-4.


A noite de horrores do Leeds se completou, tragicamente, aos 73 minutos. Em lance individual, Shelvey entrou na área driblando dois marcadores e batendo na saída do goleiro, fazendo seu hat-trick e completando a sensacional goleada, 0-5. O Blackpool, depois do 5º gol, ficou tocando a bola para um Elland Road já totalmente vazio ver. Com a goleada, o time de Ian Holloway dá um enorme salto na tabela, indo para 8ª posição com 22 pontos e entrando na briga. Já o Leeds, além da vexatória goleada em casa, cai para 10º lugar e vai ter que remar muito para superar tamanha cassetada.


Derby vacila de novo, perde do Cardiff, e deixa a zona de play-offs.




Mais uma vez o Derby tinha a chance de se aproximar dos líderes com um jogo em casa. E mais uma vez o time decepciona. Depois de ter vacilado contra o Barnsley, quando poderia ser vice-líder e só empatou, os Rams receberam o Cardiff com a chance de pularem para 3º. Mas o time foi completamente dominado pelo Cardiff, perdendo de 0-3 em casa e, de quebra, deixou a zona de play-offs pela primeira vez na temporada. O pesadelo da última temporada, em que brigou pelo título no começo do campeonato e terminou brigando para não cair, volta a assombrar Pride Park. Já o Cardiff volta à zona de play-offs, em 5º.


O Cardiff abriu o marcador aos 20 minutos. Em cobrança de escanteio, o meia Fillip Kiss cabeceou firme para fazer 1-0. Já no segundo tempo, os Bluebirds aumentaram a vantagem; num chute de Wittingham, Kilbane tentou tirar e acabou colocando pra dentro do próprio gol,  2-0. O Derby estava irreconhecível e, contando com a falta de qualidade de seu ataque, pouco deu trabalho ao goleiro Marshall. Aos 73', Wittingham, disparado o melhor jogador da partida, completou o resultado chutando no canto, depois de boa jogada de Kiss.


O Cardiff vence a primeira fora de casa, desde a primeira partida da temporada, quando bateu o West Ham longe de Gales, Já o Derby perdeu sua invencibilidade de 4 jogos em casa.

Home ---------------------- Política de Privacidade ---------------------------------------------------------------------------------------------------- Championship Brasil 2019. Todos os direitos reservados ------- Designed by Edmar Assis