Por Edmar Assis e Danilo Moraes. Tecnologia do Blogger.

Classificação

Postado por : Edmar Assis 17/04/2012


43 rodadas se passaram. 8 meses de futebol. E, finalmente, a Championship 2011/2012 chega a sua fase mais decisiva. Nesta terça-feira, muitos times podem ter seus destinos definidos, sejam eles bons ou ruins. A 44ª chega repleta de grandes jogos, que podem definir os primeiros times na Premier League, os que vão se garantir nos play-offs e os que serão rebaixados. Destaques de todos os jogos que valem algo na tabela abaixo:

Brighton v Watford - Os Seagulls vem de uma sapatada feia para o West Ham por 6-0 e perderam força na briga pelos play-offs, agora 5 pontos atrás do 6º colocado, Cardiff. A única chance de se manter na briga é vencer ou vencer o Watford, em casa. Gus Poyet não tem problemas de lesões ou suspensões. O Watford não briga por mais nada e já pensa na próxima temporada.

Bristol City v West Ham - Dois times e posições diferentes, mas a vitória é fundamental para ambos. O Bristol abriu 4 pontos da zona de rebaixamento e se vencer e o Coventry não vencer o Millwall, elimina qualquer possibilidade de rebaixamento. Mas a parada é "só" contra o West Ham, que vem de um sonoro 6-0 ante o Brighton, com hat-trick de Ricardo vaz Te. Os Hammers precisam vencer e torcer. Torcer muito. 3 pontos atrás do vice-lider Southampton, o sonho do acesso direto ainda está vivo. O time precisa tirar uma diferença de 3 pontos e 4 gols de saldo, e perder pontos em Ashton Gate é algo impensável. O Bristol tem vários e importantes desfalques que complicam o time. O time vai sem o atacante Brett Pitman, e James Wilson (tornozelo) está fora da temporada. Kalifa Cissé e Lewin Nyatanga são duvidas com problemas de tornozelo e Marvin Elliott e David Clarkson estão machucados e não jogam. Sam Allardyce deve manter o mesmo time que venceu o Brighton, e não tem novos problemas de lesão.

Cardiff v Derby County - O Cardiff demorou, mas retomou o rumo e voltou (de novo) pra zona dos play-offs, e ainda por cima abriu dois pontos de vantagem para o Middlesbrough. O time joga em casa para manter sua posição e se garantir mais um pouco nas decisões. O time vai sem Craig Conway, que rompeu um ligamento do joelho e só volta em 3 meses. O Derby não briga por mais nada, depois de (mais uma) temporada absolutamente decepcionante pra coleção de Nigel Clough, que chegou a ser vice-líder e hoje é só o 13º.

Coventry v Millwall - O Coventry arrancou um empate em Turf Moor na última rodada, mas amaldiçoou o empate do Bristol em Birmingham e segue 4 pontos atrás dos Robins. Com isso, a vitória em casa hoje é a única possibilidade de ainda sonhar com a fuga. Uma derrota para o Milwall e uma vitória do Bristol rebaixa o Coventry pela primeira vez em 13 anos disputando a Championship. As lesões complicam os Sky Blues, já que Nathan Cameron, Richard Wood, Hermann Hreidarsson e Carl Baker são dúvidas para o jogo. O Millwall se livrou do rebaixamento na última rodada e só pensa em melhorar para a próxima temporada. O atacante Darius Henderson pode retornar ao time depois de perder três jogos com uma lesão na panturrilha. Therry Racon (tornozelo) e Tamika Mkandawire (joelho), além do goleiro Steve Mildenhall (tornozelo) estão ausentes.

Ipswich v Birmingham - O Birmingham vacilou ao só empatar em casa com o Bristol e ainda não garantiu sua presença matemática nos play-offs. Vaga que pode ser garantida hoje se vencer o Ipswich e o Boro perder do Doncaster já rebaixado. Chris Hughton tem vários problemas de lesão. O goleiro Myhill tem um problema no polegar e não joga. Além dele, Guirane N'Daw, Keith Fahey e Jordon Mutch podem perder o jogo. Jonathan Spector e Stephen Carr seguem fora. O Ipswich, depois de sofrer além da conta pra se livrar dos play-offs, só pensa na próxima temporada, onde a torcida espera que o dinheiro seja bem investido para não dar o mesmo vexame desta temporada.

Peterborough v Southampton - Os Saints perderam a liderança e o rumo depois da sapatada que tomou do Reading em sua casa. Mas os jogadores juram que a dura derrota não vai abalar o time, que ainda e vice-líder e tem grande vantagem de 3 pontos para o West Ham. Mas para manter a vantagem a vitória contra o desinteressado Peterborough é fundamental. Uma vitória hoje e uma derrota do West ham garante a volta a Premier League depois de 7 anos. Para o jogo, o meia Morgan Schneiderlin segue ausente com uma lesão no joelho, e os atacantes Tadanari Lee e David Connolly também não jogam, completando a trinca de lesões importantes. O Posh está a 8 pontos do Coventry e só uma ecatombe rebaixa o time de Darren Ferguson, que já pensa na próxima temporada.

Portsmouth v Crystal Palace - A esperança é a última que morre. Mas a do Portsmouth, infelizmente, tem tudo pra morrer hoje. A vitória sensacional contra o Doncaster deu uma guinada no moral do time, mas mesmo uma vitória hoje pode rebaixar o Pompey para a League One depois de mais de 30 anos. O time tem 37 pontos e precisa vencer para tentar alcançar o Coventry. Mas, se o Bristol vencer, o time está rebaixado mesmo vencendo. Qualquer outro resultado que não os 3 pontos rebaixa o Pompey. Para o jogo, Tal Ben Haim não joga mais na temporada com uma lesão no joelho. Kitson entrou bem contra o Doncaster e pode começar entre os onze titulares. O Palace não briga por mais nada e, comparando com a última temporada, até que não foi uma decepção total... Mile Jedinak (virilha), Jonathan Williams (coxa) e Anthony Gardner (coxa) não jogam mais na temporada, lesionados.

Blackpool v Leeds United - Os Tangerines estão em 5º com 68 pontos e precisam vencer para se manter entre os 6 primeiros. Kevin Phillips está de volta depois de lesão no quadril, enquanto Southern está suspenso por 3 jogos. Já o Leeds está a 8 pontos do Cardiff e só um milagre muito grande põe o Leeds nos play-offs. Para o jogo, o americano Rodgers não joga mais na temporada com uma lesão no joelho. Michael Brown e Zac Thompson estão suspensos.

Reading v Nottingham Forest - Guardamos o melhor pro final hein? O Reading é o líder, com uma campanha absolutamente brilhante. Os Royals vem de vitória sensacional contra o Southampton e assumiu a liderança com 85 pontos, colocando um pé e meio na Premier League. Se vencer o Forest hoje, garante a volta para a Premier League apenas pela segunda vez na história do time, sem depender de outros resultados, e a tradicional invasão do gramado tem tudo para acontecer. Além disso, se vencer e West Ham e Southampton perderem, o time será o campeão com duas rodadas de antecedência. E é difícil acreditar que um time que vem de 14 vitórias em 16 jogos não vai subir e ser campeão. O jogo do acesso tem tudo pra ser hoje, em casa, contra o Nottingham Forest, que ainda briga contra o descenso. Para mais uma decisão, o meia Leigertwood deve voltar ao time depois de perder o jogo contra os Saints. Como Karacan não joga mais na temporada, e Robson-Kanu e Tabb são dúvidas, o herói das últimas rodadas, Adam le Fondre, pode começar como titular ao lado de Roberts, deixando um time bem ofensivo, característica de Brian McDermott. Já o Forest abriu 7 pontos da zona de rebaixamento e muito dificilmente não escapará. Mesmo se perder hoje e o Coventry não vencer, os Reds eliminam qualquer possibilidade de queda. McCleary não joga pois está suspenso.

Terça, 17 de Abril 


15h45 - Brighton v Watford
15h45 - Bristol City v West Ham
15h45 - Cardiff v Derby
15h45 - Coventry v Millwall
15h45 - Hull v Barnsley
15h45 - Ipswich v Birmingham
15h45 - Leicester v Burnley
15h45 - Middlesbrough v Doncaster
15h45 - Peterborough v Southampton
15h45 - Portsmouth v Crystal Palace
16h00 - Blackpool v Leeds United
16h00 - Reading v Nottm Forest







Home ---------------------- Política de Privacidade ---------------------------------------------------------------------------------------------------- Championship Brasil 2019. Todos os direitos reservados ------- Designed by Edmar Assis