Por Edmar Assis e Danilo Moraes. Tecnologia do Blogger.

Classificação

Artilharia

Postado por : Edmar Assis 18/04/2012


Se a briga pelo acesso direto estava acirrada antes do início da rodada, agora ela já está praticamente decidida. Com o tropeço do West Ham, o Southampton fez sua parte e venceu com tranquilidade o desinteressado Peterborough por 1-3, e abriu 5 pontos para o West Ham na segunda posição, faltando só mais dois jogos. Ou seja, um empate contra o Middlesbrough em casa, na próxima rodada, garante a volta dos Saints para a Premier League depois de 7 anos de ausência e de muitas crises.

A derrota para o Reading parecia ter abalado o time, mas os jogadores juravam que nada abalaria o sonho. E não abalou mesmo. Logo aos 5 minutos de jogo, Fox avançou pela lateral e cruzou, e o zagueirão Jos Hooiveld subiu totalmente livre pra cabecear firme, 1-0. Pouco depois, aos 10', os Saints já decidiam o jogo. Em cruzamento de Chaplow, Lallana furou, mas a bola sobrou livre pro artilheiro Billy Sharp só cutucar pro gol, 2-0. Na volta do intervalo, aos 57', Lallana achou londo passe para Lambert, que dominou e, sem ser fominha, só rolou para Sharp fazer seu segundo no jogo e o 6º gol em seis jogos, 3-0. Rowe ainda diminui de cabeça aos 84', mas já era tarde.

O Southampton tem dois jogos em casa, contra Boro e Coventry, e tem tudo pra vencer os dois, se mantendo na briga pelo título da temporada, já que o Reading, que ontem garantiu seu acesso, tem 3 pontos a mais. Mas é difícil, muito difícil imaginar que um time tão regular quanto o Southampton, tendo um rival tão inconsistente quanto o West Ham, não assegurará sua vaga direta, que seria muitíssimo merecida para um time recém-chegado da League One, e que fará o mesmo caminho fenomenal do Norwich na última temporada, subir da League One para a Championship e ir direto para a Premier League.



Na parte de baixo, Coventry vacila e perde em casa. Pompey vence de novo, mas está praticamente rebaixado.


O Coventry tinha tudo para diminuir a diferença para o Bristol em 2 pontos e jogar pressão nos Robins. Um pênalti, na primeira etapa, parecia a salvação. Mas o ídolo Gary McSheffrey decepcionou a lotada RICOH Arena e jogou na mão do goleiro. E como a bola sempre pune, o Coventry tomou o gol e perdeu para o Millwall por 0-1, mantendo-se 5 pontos atrás do Bristol, com 6 pontos a serem disputados, praticamente decretando sua queda para a League One, depois de mais de 13 anos seguidamente na Championship.

O Coventry pressionou muito durante o jogo, e teve um pênalti cometido pelo experiente goleiro Maik Taylor, de 40 anos. Mas McSheffrey bateu muito mal e o goleiro pegou. 10 minutos depois, Shane Lowry deu o castigo final de cabeça, 1-0. Os Sky Blues agora pegam o já rebaixado Doncaster, e precisam vencer e torcer para que o Bristol perca para o Barnsley.Na última rodada, o Coventry vai até St.Mary pegar o Southampton, que briga por título.

Em Fratton Park, o Pompey conseguiu sua segunda vitória seguida, mas parece ser tarde. Com gols de Allan e Halford, o time bateu o Crystal Palace por 2-1 (Ambrose diminuiu), mas tem situação idêntica ao Coventry. Precisa vencer o Derby em casa e torcer. Na última rodada, o Pompey pega o Forest fora de casa, e dificilmente não será rebaixado.

Home ---------------------- Política de Privacidade ---------------------------------------------------------------------------------------------------- Championship Brasil 2019. Todos os direitos reservados ------- Designed by Edmar Assis