Por Edmar Assis e Danilo Moraes. Tecnologia do Blogger.

Classificação

Artilharia

Postado por : Edmar Assis 17/04/2012


4 anos se passaram, e finalmente o torcedor do Reading pode soltar o grito entalado na garganta desde a fatídica derrota na final dos play-offs da temporada passada: O Reading é um time de Premier League! Os Royals receberam o Nottingham Forest e, num jogo duríssimo, venceram por 1-0. O herói do acesso foi Mikele Leigertwood e, no apito final, a torcida invadiu o gramado como é tradicional, para comemorar junto de seus jogadores. Going Up, Royals!.

O Madejski Stadium recebeu ótimo público, com direito a presença do dono do clube, Sir John Madejski. A torcida tinha certeza que o acesso viria hoje e cantou alto na entrada dos jogadores. Mas o Forest não estava disposto a facilitar o acesso do time, muito pelo contrário. Os Reds fizeram jogo muito duro e começaram atacando forte, principalmente com as subidas de McGugan. Mas o Reading foi às redes aos 19' minutos para a festa da torcida, até o juiz assinalar falta de Hunt no goleiro Camp. Com o jogo muito truncado no meio-campo, a torcida ficou de ouvidos atentos ao resultado do jogo entre Bristol e West Ham, que empatavam em 1-1 até o intervalo. Já no campo, nada de gols.

Na volta do intervalo, o Reading partiu com tudo pra pressão, a fim de decidir logo e começar a festa. Mas o jogo continuou muito duro até os 70' minutos. Aos 75', veio o anúncio no estádio. O jogo entre Bristol e West Ham havia terminado em 1-1. Foi o suficiente para subir um grito de alegria das arquibancadas e a festa começar. E os jogadores fizeram por onde aumentar esta festa. Aos 81', Harte cobrou falta perfeita, e Leigertwood entrou livre no segundo pau para tocar pro gol, 1-0, explodindo de vez as arquibancadas em festa. Nesta altura, o Forest já sabia que o Coventry havia perdido em casa e que não corria mais riscos de rebaixamento. Mas o time ainda deu um susto no fim. Em escanteio, Tudgay subiu e cabeceou, mas Alex Pearce salvou em cima da linha. No apito do juiz, muitas lágrimas, comemoração e invasão do gramado. O Reading estava na Premier League!


O Acesso coroa um brilhante trabalho do técnico Brian McDermott, que em 131 jogos no comando dos Royals venceu 66, empatou 34 e perdeu 31. Mesmo perdendo jogadores importantes como os ídolos Shane Long e Matt Mills, e de chegar a estar em 23º, McDermott soube levar o time numa arrancada fenomenal, e tem tudo para se manter na Premier League, com a base do time que já é muito forte e com contratações, principalmente para a defesa. O time ainda luta pelo título, e está 3 pontos a frente do Southampton. Se vencer o Palace em casa e os Saints não vencerem o Boro, serão campeões já na próxima rodada. Mas o momento agora, é de comemorar.

Noel Hunt, atacante do Reading: "É um sonho realizado. Chorei muito nos vestiários. Podemos dizer que somos de elite!"


Jason Roberts, atacante: "É um recomeço pra mim, e uma honra ajudar este clube sensacional a voltar à elite. Todos estão de parabéns".


Steve Cotterill, técnico do Forest "Parabéns a Brian McDermott e os meninos do Reading na sua promoção. Eles merecem isso. Ele tem o tipo certo de jogadores no clube, por isso parabéns para ele e para todos eles em ganhar uma promoção bem merecida."

Parabéns Reading!




Home ---------------------- Política de Privacidade ---------------------------------------------------------------------------------------------------- Championship Brasil 2019. Todos os direitos reservados ------- Designed by Edmar Assis