Classificação FINAL

Por Edmar Assis e Danilo Moraes. Tecnologia do Blogger.

Artilharia

Postado por : Edmar Assis 27/12/2012

Chegamos ao fim do primeiro turno da temporada 2013/2013, e muitos jogadores se destacaram em seus clubes. Juntamos algumas pessoas da equipe e montamos uma Seleção do primeiro turno, com os 11 jogadores e o técnico que mais de destacaram aos primeiros 23 jogos. Confira abaixo!

Esquema 3-4-3

Goleiro: David Marshall (Cardiff City) - O goleiro do Cardiff sempre foi visto com desconfiança desde sua chegada em 2009, quando deixou o Norwich que acabara de ser rebaixado da Premier League. Porém, o goleiro de 27 anos, revelado no Celtic, ganhou a confiança do técnico Malky Mackay para sequência da temporada com a saída de Tom Heaton, que foi para Bristol. Com excelentes atuações e várias defesas difíceis, o goleiro é um dos nomes principais da grande campanha do líder Cardiff. 





ZagueiroMark Hudson (Cardiff City) - É impossível pensar numa seleção de jogadores nesta temporada sem a presença do capitão do Cardiff. O zagueirão, revelado pelo Fulham, chegou ao Cardiff em 2009 e é um símbolo do clube, um líder dentro de campo e um ídolo da torcida. Combinando grandes atuações com seu companheiro de zaga, Ben Turner, o capitão do Cardiff usa sua liderança em campo para fazer com que o Cardiff sofra poucos gols. Com 30 anos, esta é a grande chance de Hudson brilhar e levar o Cardiff ao tão esperado acesso.


Zagueiro - Wes Morgan (Leicester) - O capitão do Leicester é o grande destaque da boa campanha do clube na Championship. O jogador, revelado pelo Nottingham Forest e onde passou 10 anos, foi uma das contratações feitas pelo Leicester no começo do ano passado, num grande investimento (que só vem dando retorno agora). Com boas atuações, o jogador ganhou logo a condição de titular e, nesta temporada, virou capitão, Um verdadeiro líder que comanda uma das melhores defesas da Championship.


Zagueiro - Mark Beevers (Millwall) - A zaga do Millwall era uma das que mais tomava gols na Championship da temporada passada. Mas tudo isso mudou com a chegada de Mark Beevers. O jogador não estava sendo aproveitado no Sheffield Wednesday e foi emprestado aos Lions nesta temporada, e caiu como uma luva no time de Kenny Jackett. Com grandes atuações ao lado de Danny Shittu, vários times sofrem para fazer gols no Millwall devido a excelente fase do ainda jovem zagueiro de 23 anos.


Volante - Grant Leadbitter (Middlesbrough) - Mais um capitão. Leadbitter é cria do Sunderland, mas já passou por vários clubes nos seus 26 anos. Porém, o meia chamou a atenção do Boro jogando pelo Ipswich, e foi contratado no começo da temporada passada. Embora tenha decepcionado no começo, o volante cresceu deprodução sob o comando de Tony Mowbray, assim como todo o time do Middlesbrough, que fez excelente campanha nesta temporada. Com um ataque poderoso, Leadbitter é o responsável, juntamente com Josh McEachran, a segurar os ataques dos adversários e armar o jogo desde a defesa.Além de cobrar faltas muito bem.


Volante - Peter Whittingham (Cardiff City) - A palavra "maestro" pode definir bem este jogador. O maestro do meio campo do Cardiff é o grande nome do líder do campeonato, e fez um campeonato brilhante. Simples e quase sem aparecer, o meia de 28 anos revelado pelo Aston Villa chegou ao Cardiff em 2007, e foi um dos que mais sofreram com as quedas do clube nos play-offs. Mesmo nestas temporadas era o destaque, e agora, que o clube parece bem próximo de alcançar seu sonho, ele continua sendo dono do meio campo. São 250 jogos pelo clube. Trabalhando com Noone, Bellamy e Helguson, Whittingham é o ponto de equilíbrio do time, que sofre demais quando está ausente.


Winger - Thomas Ince (Blackpool) - A jovem estrela inglesa não pode ficar fora da lista. O excelente meia Tom Ince vem chamando a atenção do mundo do futebol com suas atuações pelo Blackpool, onde já tem 13 gols e 10 assistências, número impressionantes para um jovem jogador de 20 anos. Revelado pelo Liverpool, Ince é filho de Paul Ince, grande jogador da história dos Reds, e parece ter herdado o talento do pai. Ince atraiu interesse do Man.United, onde impressionou Sir Alex Ferguson, mas está próximo de voltar ao Liverpool, que pode fechar um contrato de £6 milhões na abertura da janela de Janeiro. Olho nele!


Winger - Wilfried Zaha (Crystal Palace) - O nome do momento na Championship. Wilfried Zaha, de 20 anos, é considerado pela maioria dos especialistas em futebol inglês como o melhor jogador da Championship nesta temporada. O jogador, nascido na Costa do Marfim, é cria da base do próprio Palace, e foi convocado para defender a Seleção Inglesa principal num amistoso contra a Suécia, o primeiro jogador da Championship a ser convocado desde Jay Bothroyd em 2010. "Infernal" pelas pontas do campo, Zaha éo grande nome da bela campanha do Crystal Palace, muitas vezes levando os defensores adversários à loucura com seus dribles fáceis e muita velocidade. 


Atacante - Luciano Becchio (Leeds United) - O único não britânico da seleção vem da Argentina. O craque do Leeds é Luciano Becchio, revelado pelo Boca Juniors, e que chegou ao time em 2008 depois da passagens pelo futebol espanhol. O atacante é o grande diferencial dos Whites no campeonato, onde já tem 15 gols. Decisivo, o atacante é ídolo do clube e vem fazendo boa dupla com El Hadji-Diouf, e tenta fazer com que o Leeds chegue aos play-offs. Becchio já atraiu interesse de clubes da Premier League, entre eles o Wigan.


Atacante - Glenn Murray (Crystal Palace) - O artilheiro do Crystal Palace é nome certo. Glenn Murray chegou ao Crystal Palace depois de uma excelente temporada no Brighton, onde foi campeão da League One em 2010/2011. Porém, o jogador sofreu demais com lesões na última temporada e pouco fez na temporada pelo Palace. Já nesta temporada, Murray vem brilhando no comando de ataque dos Eagles, com nada menos do que 20 gols em 24 rodadas, incluindo um Hat-Trick espetacular contra o Cardiff, em Londres. Com um faro de gol apurado, o jogador de 29 anos é a grande esperança do Crystal Palace para conseguir o acesso.


Atacante - Charlie Austin (Burnley) - Charlie Austin chegou ao Burnley em 2011, vindo de um grande momento no Swindon Town, onde fez 31 gols em 54 jogos. Todos esperavam muitos gols de Austin no Burnley, e ele não decepcionou. Na temporada 2011/2012, Austin fez 16 gols e terminou como artilheiro do clube. Nesta temporada, o artilheiro é um dos grandes nomes da Championship, e chegou a ser o maior artilheiro da Europa em determinado momento da temporada. Hoje, Austin iguala na artilharia com Glenn Murray com 20 gols. Em outubro, Austin bateu o recorde de ser o jogador a fazer 20 gols na temporada mais rapidamente na história do Burnley. Tantos números atraíram o interesse de Everton e Aston Villa, mas por enquanto o artilheiro segue no Burnley.


Técnico - Steve Bruce (Hull City) - Steve Bruce assumiu o Hull City após uma polêmica envolvendo o ex-técnico Nicky Barmby, que foi demitido do clube após reclamara publicamente dos donos. Vindo de um trabalho que começou bom e acabou ruim no Sunderland, o treinador pegou um bom time para trabalhar, e conseguiu boas aquisições para deixar o time ainda mais forte, como a chegada do zagueiro Alex Bruce (seu filho), e do bom atacante Sone Aluko. Bruce transformou o Hull no time mais consistente e regular da Championship, e fez com que o time seja tratado como forte candidato ao acesso.  

E aí, concorda, discorda, falta algum nome? Comente na caixinha de comentários!

Home ---------------------- Política de Privacidade ---------------------------------------------------------------------------------------------------- Championship Brasil 2019. Todos os direitos reservados ------- Designed by Edmar Assis