Por Edmar Assis e Danilo Moraes. Tecnologia do Blogger.

Classificação

Artilharia

Postado por : Edmar Assis 24/02/2013

Wolves 1-2 Cardiff (Sako 70'; Campbell 20' 67')

O atacante Fraizer Campbell chegou ao Cardiff depois de um bom tempo "encostado" no banco do Sunderland, mas vai provando, a cada jogo, que foi uma tacada certeira do técnico Malky Mackay. Hoje, os Bluebirds foram até o Molineux Stadium pegar o desesperado Wolves e venceram por 2-1 com dois gols do atacante. O Cardiff volta a abrir oito pontos na liderança, e ainda com um jogo a menos. A Premier League está cada vez mais próxima de ganhar mais um representante do País de Gales.

O Wolves entrou em campo com a chance de deixar a zona de degola na qual entrou na última rodada, e diminuir um pouco o vexame que é a atual temporada. Porém, os Lobos entraram nervosos em campo, com medo de errar a estragar tudo. Com isso, o Cardiff dominou a posse de bola na primeira etapa, e não tardou a mostrar sua força: Em cruzamento na área de Gunnarson, Turner cabeceou nas costas do zagueiro e a bola sobrou livre para Campbell fuzilar, 0-1 aos 20 minutos.

O Cardiff continuou em cima e quase ampliou pouco depois - em cobrança forte de lateral de Gunnarson, Cowie dominou e chutou forte, o goleiro Ikeme deu rebote e Bellamy mandou pro gol, mas foi marcado corretamente o impedimento do experiente atacante. As melhores chances do Wolves foram no segundo tempo com Kevin Doyle (mais uma vez no banco), que numa cabeçada obrigou o goleiro Marshall a fazer boa defesa, e num chute forte desviado providencialmente por Hudson para escanteio.

O Wolves melhorou e segurou mais a bola no ataque, tentando chegar ao gol, mas sofreu um baque mortal aos 67': Bellamy avançou pela esquerda e cruzou na área, Campbell subiu mais que toda a zaga e cabeceou firme pro fundo do gol, 0-2. Sexto gol do atacante inglês em 5 jogos pelo Cardiff. Decisivo! Porém, três minutos depois, o Wolves voltou pro jogo com um gol de Bakari Sako: O atacante aproveitou cobrança de falta da ponta da área e cabeceou sem chances para Marshall, 1-2.

Os jogadores e a torcida sabiam que a derrota era desastrosa, e os Lobos foram com tudo pra pressão nos minutos finais. Num lance de contra-ataque no finalzinho do jogo, Sako correu livre pela lateral e cruzou rasteiro, na marca do pênalti para Ebans-Blake, livre de marcação na frente do goleiro, mas o artilheiro do Wolves na temporada pegou muito mal na bola e mandou longe do gol, um lance absolutamente inacreditável que levou ao desespero o técnico Dean Saunders. Foi o cruel lance final.

Com a derrota, o Wolves segue com 35 pontos, dentro da zona de rebaixamento, na 21ª posição. São ONZE jogos sem uma vitória, com 7 derrotas e 4 empates. O clube ainda não venceu sob o comando de Dean Saunders, que começa a abalançar no cargo. Já o Cardiff consegue chegar a marca memorável de 23 pontos conquistados em 27 possíveis fora de casa, e abre oito pontos de frente para o Watford, agora novo vice-líder. Só uma catástrofe tira os Bluebirds da próxima Premier League.

Home ---------------------- Política de Privacidade ---------------------------------------------------------------------------------------------------- Championship Brasil 2019. Todos os direitos reservados ------- Designed by Edmar Assis