Classificação FINAL

Por Edmar Assis e Danilo Moraes. Tecnologia do Blogger.

Artilharia

Postado por : Edmar Assis 21/04/2013


Dave Jones, hoje técnico do Sheffield Wednesday, disse em outra oportunidade, há alguns anos, que "não entendia" como o Cardiff sempre "amarelava" na hora de decidir. Era mesmo difícil entender. O técnico levou os Bluebirds a dois play-offs seguidos na Championship, e perdeu os dois, para Blackpool e Reading . Dave Jones foi demitido e, no seu lugar, chegou Malky Mackay, vindo do Watford. Sem muito alarde, o jovem treinador mudou a forma de jogar do Cardiff e, com um time na mão, ao melhor estilo "família", o escocês de 41 anos é o principal responsável pelo fim do rótulo de amarelão do Cardiff e pelo acesso do clube para a elite do futebol inglês após 51 anos.

Como jogador, Mackay jogou em clubes como Norwich, West Ham e no Watford, de onde foi promovido a técnico interino em 2007 após a saída do então treinador, Aidy Boothroyd. E foi aí que nasceu uma grande promessa do Reino Unido em relação a técnicos. Mackay ficou apenas 5 jogos no comando, e virou assistente de outro jovem promissor, Brendan Rodgers, que começava sua meteórica carreira que o levaria ao Liverpool nos dias atuais.

Rodgers não durou muito tempo no cargo e, após sua demissão em 2009, Mackay assumiu de novo os Hornets com a dura missão de os livrar do rebaixamento para a League One. O treinador conseguiu grande sequência, fazendo o clube terminar em 14º. Tal fato chamou a atenção do Cardiff, que procurava alguém para substituir Dave Jones e para revolucionar o clube, recém-adquirido por um empresário Tailandês, Vincent Tan. Mackay foi contratado pelo Cardiff em Junho de 2011.

Logo em sua primeira temporada, Mackay levou o Cardiff à final da Copa da Liga pela primeira vez na história, perdendo para o Liverpool nos pênaltis. Porém, o momento mais duro foi mais uma derrota nos play-offs, para o West Ham. No começo desta temporada, como sempre, o Cardiff era considerado favorito, mas poucos acreditava de verdade que os Galeses pudessem brigar seriamente pelo título. Mas lá estava Malky Mackay para detonar as previsões de novo.

O técnico, que recusou uma proposta para treinar o Norwich na Premier League, começou a temporada espetacularmente, quebrando um recorde de 10 vitórias seguida em casa no início da temporada. Com muita regularidade e, principalmente, sabendo controlar os egos de um elenco cheio de bons (e polêmicos) nomes, o Cardiff se manteve firme na liderança durante toda a temporada, e o trabalho do jovem treinador se transformou em alegria e idolatria da torcida, após o Cardiff conseguir o acesso para a Premier League.

Pouco depois do jogo do título ontem, contra o Burnley, Mackay deu uma entrevista, onde disse: "Este é um grupo de jogadores que tem consistência, muita união e controle total dos egos. Subir como campeões é algo do qual estamos muito orgulhosos. Estou muito feliz em saber que tive a força de caráter e a mentalidade forte para realmente assumir o fardo e não desistir. Essa é a marca de uma boa equipe."

Agora, o desafio de Mackay é muito maior. O treinador será mais um dos jovens técnicos da nova geração da Premier League, que inclui em seu rol nomes como Brendan Rodgers, Michael Laudrup e Roberto Martinez. Porém, Mackay entre com um clube sem nenhuma experiência em Premier League, mas com bastante recursos para serem gastos. O desafio será saber gastar, mesclando a experiência de jogadores como Whittingham e Bellamy com jovens promessas que poderão ser "garimpadas". Mas do futuro do Cardiff na Premier League falaremos em outra oportunidade, em breve



Home ---------------------- Política de Privacidade ---------------------------------------------------------------------------------------------------- Championship Brasil 2019. Todos os direitos reservados ------- Designed by Edmar Assis