Classificação

Por Edmar Assis e Danilo Moraes. Tecnologia do Blogger.

Artilharia

Postado por : Edmar Assis 05/04/2013


40 rodadas se foram, e a Championship chega em seu momento mais crítico, onde qualquer ponto perdido ou conquistado pode fazer enorme diferença. Neste sábado, teremos a 41ª rodada sendo realizada por completo, com ONZE jogos às 11h, além do confronto mais aguardado dos últimos tempos, Watford v Cardiff, que pode praticamente selar o acesso do Cardiff ou reabrir de vez a briga pelo título. Outros dois jogos decisivos contra o rebaixamento agitam a rodada. Destaques para os jogaços entre Blackburn v Sheffield Wednesday, Huddersfield v Peterborough, Bolton v Wolves, Brighton v Leicester, Crystal Place v Barnsley e, claro, para o grande confronto da temporada, Watford v Cardiff.



Crystal Palace v Barnsley - A fase do Palace é tenebrosa. Os Eagles, que lutavam firme pela vice-liderança, vem de três feias derrotas seguidas, com oito gols sofridos e nenhum feito (!). Mesmo assim, o time se mantém em 4º lugar, porém seis pontos atrás do Hull, vice-líder. O time recebe o ameaçado Barnsley em Londres, e precisa vencer de qualquer jeito para manter alguma esperança de subir sem play-offs. Para o jogo, o atacante marfinense Aruna Dindane pode fazer sua estreia ao lado de Kevin Phillips, que retorna de lesão.

O Barnsley por sua vez vem de grande vitória contra o Leicester na última rodada, que tirou os Tykes de novo da zona de degola. mas a salvação ainda está longe, visto que apenas um ponto separa o time da queda, e com confrontos duros pela frente. Para a primeira batalha das oito que faltam (o time tem um jogo a menos), o Barnsley tem muitos problemas: Rúben Noble-Lazarus, Jimmy McNulty, Rob Edwards e Rory Delap estão todos lesionados e não jogam. O zagueiro Cranie é dúvida.


Brighton v Leicester - Briga quente pelos play-offs. Depois de empatar contra o Forest, o Brighton faz mais uma "decisão", agora contra o Leicester, no Amex Stadium. Os Seagulls vem de um empate bastante decepcionante em casa contra o Charlton, que manteve o time em 6º com 61 pontos, só dois a mais que o próprio Leicester. Uma vitória amanhã encaminha bem a vaga para a pós-temporada. Para o jogo, Gus Poyet tem vários problemas: O lateral Bruno não joga, e Calderón terá que ser improvisado. Wayne Bridge tem dores no tornozelo e é dúvida.

Na frente, mais problemas: Só o argentino Ulloa está disponível, pois Mackail-Smith, Buckley e Lua-Lua estão lesionados, e Ashley Barnes ainda cumpre suspensão. Já o leicester vem em queda livre - São 7 jogos sem uma vitória, com 5 derrotas - o que derrubou o time pra fora da zona de play-offs e já ameaça o cargo do técnico Nigel Pearson. Para o confronto, o zagueiro e capitão Wes Morgan retorna de suspensão, e Danny Drikwater está disponível após se recuperar de uma gripe.


Huddersfield v Peterborough - "Final de campeonato" resume bem o confronto entre Huddersfield v Peterborough amanhã no John Smith Stadium. Mas o jogo não vale título; vale a sobrevivência na Championship. O Huddersfield está na zona de rebaixamento, na 22ª posição com 47 pontos, mesma pontução de Barnsley, Blackburn e Wednesday, porém com um saldo de gols pior. Os Terriers vem de derrota para o Bolton, e o confront contra o Posh, que vem logo atrás, é totalmente decisivo. Para o jogo, o atacante Jack Hunt é dúvida com uma lesão no pé, e Adam Clayton está suspenso. Já o Posh está há sete jogos sem perder. Mas, com 4 empates, segue na penúltima posição, com 46 pontos, mas com boas chances de fuga, principalmente se vencer um confronto tão direto como esse. E os problemas são os mesmos: Michael Bostwick e Alex Pritchards, lesionados, não jogam.


Blackburn v Sheffield Wednesday - O Blackburn está pagando caro pelos erros de planejamento. Muito caro. O clube é um dos exemplos já citados em outro post de como os times que caem da Premier League sofrem na Championship. E ninguém sofre mais do que o Blackburn. A torcida dos Rovers viram 3 técnicos passarem pelo clube na temporada, tiveram a alegria de vencer o Arsenal pela Fa Cup... mas o momento é de desespero. O clube recebe o Sheffield Wednesday num jogo decisivo, crucial... mas não com o objetivo que todos esperavam no começo da temporada. O jogo vale muito na luta contra um rebaixamento para a League One, que seria vergonhoso para um clube que tanto investiu.

E que tanto errou. Com 47 pontos, o Blackburn é o 19º na tabela, mas fora da zona de rebaixamento apenas por ter um saldo melhor do que os rivais. e o adversário de amanhã, em casa, é o Sheffield Wednesday, que tem a mesma pontuação. Uma derrota joga o Blackburn para a zona de rebaixamento, e ampliaria uma sequência que já é de NOVE jogos sem saber o que é vencer. O time precisa do apoio de sua torcida que prometeu encher o estádio, mas que ultimamente só complica ainda mais a situação, vaiando durante os 90 minutos.

Para a decisão, problemas no gol: Jake Kean operou o joelho e não joga mais na temporada. Com isso, o jovem e não tão confiável Grzegorz Sandomierski será o titular. Jordan Rhodes, que voltou a balançar as redes após muito tempo, segue sendo a grande esperança. O Wednesday vem de empate frustrante contra o Bristol, onde vencia até os 93'. Empate que deixou os Owls beirando a degola, também com 47 pontos. O técnico Dave Jones tem boas notícias: Buxton retorna de suspensão, e os meias Seyi Olofinjana e Stuart Holden se recuperaram de lesões e vão pro jogo.


Bolton v Wolves - Jogão no Reebok Stadium. O Bolton voltou a vencer na última rodada após duas derrotas seguidas e, aproveitando-se de tropeços dos rivais acima de si, voltou à briga pelos play-offs, quatro pontos atrás do Brighton, que "se mata" contra o Leicester. Por isso, vencer o Wolves em casa amanhã é vital para manter vivas as chances de um retorno imediato a Premier League. Para o jogo, Keith Andrews e Tyrone Mears estão lesionados e são as únicas dúvidas de Dougie Freedman. Já o Wolves vem numa crescente maravilhosa: São 3 vitórias seguidas, as últimas delas contra o Birmingham fora de casa por 2-3, que tiraram o time da zona de rebaixamento com 48 pontos. Mas, para manter-se longe de riscos, o time precisa de novo mostrar força e vencer em Bolton. Mas, a vitória contra o Birmingham teve um preço: o artilheiro Ebans-Blake quebrou a perna e não joga mais na temporada. Além dele, David Davis e Jamie O'Hara são dúvidas.


Watford v Cardiff - O jogo mais importante da temporada, e que acabou se tornando também o mais aguardado, e num horário isolado... não tem como não ver! O 3º colocado Watford recebe o líder Cardiff em Vicarage Road, em um confronto que tem todos os ingredientes necessários para se espetacular. O Watford vem de uma gigantesca vitória contra o Hull, fora de casa, na sua primeira "decisão". Amanhã, é a segunda decisão, contra o líder Cardiff: Uma vitória reabre a briga pelo título, já que o Watford iria à 70 pontos, deixando o Cardiff tem 78.

Ciente disso, Gianfranco Zola afirmou que preparou seus jogadores psicologicamente para o duelo, já que uma derrota, somada a uma provável vitória do vice-líder Hull contra o Boro, praticamente tira qualquer chance de acesso direto dos Hornets. Para o jogão, o goleiro Manuel Almunia volta após seis jogos de ausência lesionado, mas terá que disputar posição com Jonathan Bond, que brilhou contra o Hull. Porém, os defensores Jonathan Hogg, Fitz Hall e Matthew Briggs estão lesionados e não jogam, dando uma dor de cabeça para Zola. Já o Cardiff deu um chute na má fase após vencer e bem o Blackburn por 3-0 na última rodada, e voltou a abrir 7 pontos de frente para o Hull, vice-líder, e oito para o Watford, com um jogo a menos.

Malky Mackay, técnico dos galeses, afirmou que o jogo de amanhã " tem tudo para ser o mais difícil da temporada". Porém, com dez vitórias fora de casa, a missão não é impossível para o líder. Se vencer, o Cardiff abre ONZE pontos para o Watford, faltando 15 para serem disputados, com um jogo a menos, e praticamente garante o tão esperado retorno para a elite do futebol inglês após 51 anos de ausência. Uma derrota ainda deixa o clube em boa situação, mas quanto antes o dia chegar, melhor. Para o jogo, a única dúvida é Fraizer Campbell: o decisivo atacante saiu lesionado contra o Blackburn e fará um teste antes do jogo. Peter Whittingham deve voltar ao meio-campo titular.


Sábado, 06 de Abril

11h00 - Crystal Palace v Barnsley
11h00 - Nottingham Forest v Blackpool
11h00 - Bolton v Wolves
11h00 - Birmingham v Millwall
11h00 - Blackburn v Sheffield Wednesday
11h00 - Huddersfield v Peterborough
11h00 - Brighton v Cardiff
11h00 - Burnley v Bristol City
11h00 - Charlton v Leeds
11h00 - Hull v Middlesbrough
11h00 - Derby v Ipswich
13h20 - Watford v Cardiff

Home ---------------------- Política de Privacidade ---------------------------------------------------------------------------------------------------- Championship Brasil 2019. Todos os direitos reservados ------- Designed by Edmar Assis