Classificação

Classificação
Por Edmar Assis e Danilo Moraes. Tecnologia do Blogger.
Postado por : Jorge Lima 05/10/2013



O Burnley segue mostrando que atualmente é o time a ser batido na Championship. Com mais uma boa atuação, os Clarets derrotaram o Reading por 2-1 e se mantém na liderança da competição. Com mais esse triunfo, os comandados de Sean Dyche chegaram ao 7º jogo sem derrotas, fazendo desse o melhor início de temporada desde 1961.

O jogo prometia ser equilibrado, principalmente com a melhora de rendimento do Reading nos últimos jogos. E assim foi nos primeiros 20 minutos, onde pouca coisa aconteceu dos dois lados. Mas foi a partir daí que o ataque do time da casa começou a entrar em ação. Principalmente com Danny Ings. E foi ele quem abriu o placar após receber passe de Trippier, ajudado por uma falha da dupla de zaga do Reading.

Dois minutos depois, Sam Vokes quase ampliou, mas o goleiro McCarthy chegou a tempo após rebote em chute de David Jones. O Reading reagiu e deu trabalho ao goleiro Heaton, que fez duas boas defesas em chutes de Pogrebnyak e Obita.

O segundo tempo começou com o Burnley pressionando e McCarthy se destacando bastante.  O goleiro estava atento pra evitar um gol que parecia certo de Arfield após bom passe de Vokes. Minutos depois o goleiro evitaria dois gols certos de Ings. primeiro, ao espalmar uma cabeçada perigosa. Depois, ao evitar o gol cara-a-cara com o atacante. Mas tamanha pressão acabou surtindo efeito aos 35 da etapa final. após uma boa jogada, Sam Vokes chutou pra ampliar a vantagem dos Clarets.

Reading reagiu. Primeiro com Blackman, que viu a bola passar por cima em um chute de longe. Minutos depois, veio o gol de honra. após cruzamento pra área, pogrebnyak cabeceou e a bola bateu no joelho de Shackell antes de entrar. gol contra. Mas pouco criativo durante o jogo inteiro, a reação do Reading parou por aí.

A vitória fez o Burnley chegar aos 26 pontos e se manter na liderança da Championship, com 1 jogo a mais que o QPR, que também tem 26 pontos. Já o Reading, apesar da derrota, se mantém bem na classificação. O time é o 7º, com 19 pontos.



Charlie Austin "salva" QPR contra o Barnsley

Falando em QPR, o time segue com a sua eficiência habitual. O time de Harry Rednknapp derrotou o lanterna Barnsley por 2-0. Destaque total para Charlie Austin, autor dos dois gols do jogo.

apesar de dominarem o jogo por praticamente 90 minutos, os Hoops esbarraram em uma previsível retranca dos visitantes. Na primeira boa chance, Richard Dunne por pouco não abriu o placar. Tom Carroll cobrou escanteio e a cabeçada do zagueiro foi salva em cima da linha por David Perkins.

QPR seguia pressionando e dessa vez foi o goleiro Butland quem salvou os Tykes. Primeiro, apareceu bem pra evitar a chance de Charlie austin. Na sequência, bloqueou a chance de Faurlin. Totalmente perdido, a única coisa que o Barnsley fez no primeiro tempo foi reclamar de um penalti após a bola supostamente ter batido na mão de Kranjcar. Mas nada foi marcado.

No segundo tempo, nada mudou. O QPR seguia pressionando e o Barnsley se defendendo (e mal). Mais uma vez, um jogador dos Tykes salvou em cima da linha um gol certo dos Hoops.Dessa vez foi Paddy mcCourt, em chute de Kranjcar. E a pressão finalmente deu resultado. Aos 20 minutos, Hoillett cruzou pra Charlie Austin, que no lugar certo, mandou pra rede. Quase perto do fim, Austin dobrou sua conta de gols, ao marcar de penalti o 2º do QPR, que segue nas cabeças.

Esse foi o 8º jogo seguido do time sem sofrer gols, além de ser o único invicto da Championship. Eles podem até não empolgar, mas vão fazendo que é necessário pra voltar pra Premier League. em um caminho bem distante vai o Barnsley. O time conquistou apenas 5 pontos dos 33 disputados até agora, perdendo todos os jogos fora de casa. Segue firme rumo ao Rebaixamento.

Home ---------------------- Política de Privacidade ---------------------------------------------------------------------------------------------------- Championship Brasil 2019. Todos os direitos reservados ------- Designed by Edmar Assis