Classificação

Por Edmar Assis e Danilo Moraes. Tecnologia do Blogger.

Artilharia

Postado por : Edmar Assis 02/01/2014


O primeiro turno da Championship se foi, e como tradição trazemos a seleção dos melhores jogadores destes 23 jogos. Num 4-4-2 clássico, o líder Leicester domina a lista com 3 nomes, com um meio de campo formado pelos 3 rivais de Midlands. Confira abaixo!

GOLEIRO: Kasper Schmeichel (Leicester) - Um bom time começa com um bom goleiro, e o Leicester leva o jargão na ponta da língua. Com várias defesaças, e comandando o setor defensivo do time, o goleirão dinamarquês vai se firmando no futebol inglês, e agora tem a grande chance de conseguir o acesso para a Premier League para seguir os passos do pai Peter, ídolo do Man.United.


LATERAL DIREITO: Kieran Trippier (Burnley) - Nome certo em qualquer lista, o jovem lateral do Burnley, de apenas 23 anos, impressiona pela qualidade ofensiva e pelos belos cruzamentos. Apoiado pela boa zaga, Tripper é presença constante nos ataques do time, e costuma servir bem Ings e Vokes no ataque.


ZAGUEIRO: Richard Keogh (Derby County) - Contratado para tapar o buraco deixado por Jason Shackell em 2012, o zagueiro Richard Keogh chegou ao Derby com pouca pompa, mas em pouco tempo conquistou a torcida. O irlandês pegou a faixa de capitão, e é um dos responsáveis pela grande recuperação dos Rams, que pularam de 14º pra 2º lugar. Porém, Keogh se lesionou no joelho e só deve voltar á ativa em Fevereiro.

ZAGUEIRO: Jack Hobbs (Nottingham Forest) - Vindo do Hull como esperança de solução para a até então fraca defesa do Forest, Jack Hobbs não decepcionou. O zagueiro ex-Liverpool e emprestado pelo Hull faz excelentes partidas na Championship, e ainda costuma ajudar no ataque. O jogador caiu ainda mais nas graças da torcida ao marcar de cabeça o gol da vitória contra o rival Derby no primeiro turno.

LATERAL ESQUERDO: Aaron Cresswell (Ipswich) - Um dos melhores jogadores da temporada, líder de assistências (10) e pretendido por vários clubes da Premier League. O lateral Aaron Cresswell a cada jogo impressiona o futebol inglês pela inteligência e pela força ofensiva. Sempre com boas jogadas, muita visão de jogo e belos cruzamentos, Cresswell dificilmente deve ficar muito tempo no Ipswich, já que Aston Villa, Fulham e West Brom mostraram interesse.


MEIA: Craig Bryson (Derby County) - Principal nome do Derby e um dos meias mais completos atuando na Championship, Craig Bryson deixou o rótulo de volante marcador para trás e se mostra um excelente artilheiro e assistente. Com nada menos que 11 gols e 7 assistências, o escocês se candidata ao posto de melhor jogador da temporada até agora. Com partidas memoráveis, e comandando um meio campo jovem com Will Hughes, Bryson é outro que atrai olhares da Premier League, e é nome imprescindível para que o Derby busque o acesso.


MEIA: Andy Reid (Nottingham Forest) - 31 anos, uma leve barriguinha, e um futebol pra lá de excelente. Grande nome dos Reds na temporada, o meia Andy Reid serve seus companheiros com perfeição no ataque e, embora não apareça na lista de maiores artilheiros ou assistentes, é peça fundamental no esquema de Billy Davies. Reid tenta voltar a mostrar bom futebol na Premier League, onde fez sucesso pelo Sunderland.


MEIA: Anthony Knockaert (Leicester) - Um francês até há pouco tempo desconhecido vem fazendo um sucesso estrondoso na Championship. Melhor jogador da temporada até agora, pouco a frente de Craig Bryson, o meia Anthony Knockaert, a cada jogo, mostra-se um jogador completo, inteligente, habilidoso e que adora infernizar a vida das zagas. Com apenas 22 anos, Knockaert não se abalou pelo pênalti perdido na semi-final dos play-offs contra o Watford na temporada passada, e faz uma temporada espetacular, com várias assistências e gols fundamentais, entre eles vários golaços. É o grande nome do líder do campeonato, e tem tudo para brilhar na Premier League, caso o esperado acesso se confirme.


MEIA: Lloyd Dyer (Leicester) - A força do Leicester é seu meio campo, e não é só por causa de Knockaert. Pouco citado, mas extremamente importante, o experiente winger Lloyd Dyer alia experiência, velocidade e habilidade para invadir áreas adversárias e deixar atacantes como Nugent e Vardy na boa. No clube desde 2008 e com mais de 230 jogos, o jogador é ídolo da torcida. Difícil é achar alguém que pare a máquina de correr do Leicester.


ATACANTE: Danny Ings (Burnley) - Jovem, artilheiro, decisivo e cobiçado. Danny Ings começou a parecer para o futebol já na temporada passada, e se firmou de vez após a saída do artilheiro Charlie Austin, que já não deixa saudades em Turf Moor. Com 21 anos e formado pelo Bournemouth, Ings tem tudo para se tornar um atacante completo. Com um estilo parecido com o de Jay Rodriguez, criado pelo Burnley e hoje parte integrante das listas de Roy Hodgson na seleção inglesa jogando pelo Southampton, Ings tem um senso de posicionamento impecável dentro da área, além de ter muita habilidade e um chute poderoso. Já convocado para a seleção inglesa sub-21, Ings quer o acesso para mostrar sua qualidade entre os grandes, que já se interessaram pelo seu futebol (Liverpool).


ATACANTE: Ross McCormack (Leeds) - Artilheiro da temporada com 17 gols, McCormack deixou há muito tempo a imagem de jogador trombador para se transformar no principal jogador do Leeds. Formado pelo Rangers e no Leeds desde 2010, McCormack faz uma bela temporada e, além de marcar muitos gols, vem se destacando também pelas assistências. Falta um time mais coeso e menos instável para que McCormack ajude o Leeds e conquistar o tão sonhado acesso.

Home ---------------------- Política de Privacidade ---------------------------------------------------------------------------------------------------- Championship Brasil 2019. Todos os direitos reservados ------- Designed by Edmar Assis