Classificação

Por Edmar Assis e Danilo Moraes. Tecnologia do Blogger.

Artilharia

Postado por : Edmar Assis 01/02/2014


O que prometia ser o melhor jogo da rodada não decepcionou os fãs. O QPR recebeu o Burnley tentando diminuir a distância para o Leicester. O time saiu vencendo, permitiu a virada, e precisou contar com dois gols de estreantes para arrancar um empate por 3-3 já no fim do jogo. O resultado mantém o QPR em 2º e o Burnley em 3º, mas deixam os dois times muito longe do líder.

Na Deadline Day desta sexta-feira, o QPR contratou nada menos que CINCO jogadores, 4 deles atacantes, tentando suprir a falta que Charlie Austin, machucado, com certeza vai fazer. Will Keane, Kevin Doyle, Modibo Maiga, Aaron Hughes, e o brasileiro Guilherme Delatorre (ex Atlético PR) chegaram, e dois desses brilharam. O único que começou jogando foi o experiente atacante irlandês Kevin Doyle, contratado junto ao Wolves, e foi dele o gol de abertura, logo aos 7', completando de cabeça escanteio cobrado por Kranjcar.

Mas o Burnley não tem a melhor dupla de ataque do campeonato à toa. Aos 22', Trippier ganhou na velocidade pela direita e cruzou na medida para Danny Ings fuzilar e marcar seu 17º gol na Championship, 1-1. O jogo continuou num ritmo alucinante, e aos 34' os donos da casa tomaram a liderança de novo: em outra cobrança de escanteio, o zagueirão Richard Dunne acertou um incrível chute de primeira pra fazer 2-1. Os Hoops foram para o intervalo com o resultado favorável.

No segundo tempo, porém, foi a vez do outro atacante do Burnley aparecer. Em cruzamento de Kightly, Sam Vokes se adiantou à zaga e tocou na saída de Green, 2-2. 8 minutos depois, Assou Ekotto tentou sair jogando, mas fez besteira e entregou a bola pra ings, que só rolou para Vokes, outra vez bem posicionado, só cutucar pro gol, 2-3. O técnico Harry Redknapp então lançou mais um de seus contratados, e outra vez deu muito certo.

Já aos 79', Junior Hoilett, que infernizou a vida da zaga dos Clarets pela direita, driblou dois marcadores e rolou na pequena área para Maiga completar pro gol e explodir o Loftus Road, 3-3 (!). O QPR foi pra pressão em busca da virada, mas quase tomou o 4º, numa saída errada de Green, que Stanislas quase achou o gol por cobertura. No fim, um 3-3 elétrico que acabou sendo ruim para ambos.

Home ---------------------- Política de Privacidade ---------------------------------------------------------------------------------------------------- Championship Brasil 2018. Todos os direitos reservados ------- Designed by Edmar Assis