Por Edmar Assis e Danilo Moraes. Tecnologia do Blogger.

Classificação

Postado por : Edmar Assis 28/02/2014


Chegamos no momento mais decisivo da temporada! Momento de afunliar as brigas, e decidir a vida dos 24 bravos clubes que lutam por seus objetivos na Championship. Neste sábado de Carnaval no Brasil e de decisões pela Europa, chegamos a 33ª rodada, faltando apenas 14 para o fim da temporada. 12 jogos agitam o dia, vários deles pra lá de decisivos. Destaques para QPR v Leeds (com transmissão da ESPN), Bolton v Blackburn, Leicester v Charlton, Millwall v Brighton, Nottingham Forest v Wigan, Reading v Yeovil, e para o grande jogo da rodada e mais importante da temporada até até agora, Burnley v Derby, confronto entre o 2º e o 3º colocados que pode definir muito do futuro de dois grandes candidatos ao acesso. Folia de futebol!

QPR v Leeds - Jogo pra ser guardado na memória. Não pela força ou pela campanha dos times, mas porque terá transmissão dos canais ESPN, que depois de mais de 6 rodadas lembraram que a Championship existe. O QPR recebe o Leeds tendo que enfrentar vários problemas: a decepcionante campanha para um time que tanto gastou, uma sequência de 3 derrotas seguidas e a fúria da torcida, que exige o acesso e já questiona o fraco trabalho do técnico Harry Redknapp. Em 4º lugar e já 7 pontos atrás do vice-líder Burnley, com um jogo a menos, os Hoops recebem o Leeds mais uma vez desfalcados: Andrew Johnson (tornozelo) é dúvida, enquanto Matty Phillips (tornozelo), Charlie Austin (ombro) e Danny Simpson (panturrilha) permanecem machucados. Já o Leeds, vivendo indefinições sobre o direcionamento executivo do clube, é o 11º com 43 pontos e sonha remotamente com os play-offs, mas uma derrota praticamente tira o time da briga. Para o jogo, os Whites devem promover a estreia do jovem e excelente atacante Connor Wickham, mais uma vez emprestado pelo Sunderland, que promete fazer boa dupla com o artilheiro da temporada, Ross McCormack. Jack Butland, que jogou muito contra o Boro em sua estreia, continua no gol, substituindo Paddy Kenny, lesionado.

Reading v Yeovil - Instável como sempre, o Reading recebe o lanterna Yeovil ainda na 6ª posição, mas vendo a vaga nos play-offs cada vez mais ameaçada por Wigan e Brighton, ainda mais depois da última derrota em casa para o Blackburn. Para o jogo, nenhum novo problema, enquanto Wayne Bridge, Sean Morrison e Mikele Leigertwood voltaram aos treinos, mas não estão disponíveis ainda. Já o Yeovil deu esperanças a sua torcida de uma fuga inesperada do rebaixamento ao vencer o confronto direto contra o Doncaster por 1-0. Os Glovers tem 25 pontos, 3 abaixo do Millwall, e com um jogo a menos. O atacante Ishmael Miller, com dores no tornozelo, é a única dúvida.

Leicester v Charlton - Mais uma partida para o tranquilo líder Leicester, menos uma partida na contagem regressiva para o acesso. Com 71 pontos, 8 a mais que o Burnley e 10 a mais que o Derby, o Leicester está há 14 jogos sem perder, vem de grande vitória por 3-0 contra o Ipswich e pode abrir ainda mais vantagem pois Burnley e Derby se pegam. Para o jogo, apenas Konchesky está suspenso, e Schlupp deve substituí-lo, mantendo a base do time já conhecido por todos. Os Foxes pegam o Charlton, que vem embalados e mostrando recuperação. Os Addicks venceram o QPR num jogo fundamental por 1-0, e vem de classificação para as quartas de final da FA Cup ao bater o Sheffield Wed. em pleno Hillsborough por 2-1, avançando pra pegar o Sheffield United com boas chances de classificação para a semi-final. O time ainda é o primeiro time da degola com 26 pontos, mas só 2 a menos que o Millwall e com TRÊS jogos a menos. O lateral Rhoys Wiggins está de volta recuperado de lesão, assim como o goleiro Ben Hamer, que fez partidaça pela FA Cup.

Nottingham Forest v Wigan - Mais um duelo diretíssimo pelos play-offs em City Ground. O 5º colocado Forest recebe o 7º Wigan, que vem em excelente fase e babando pra entrar de vez na briga pelo acesso (o que se esperava do time). Os Reds vem de feia derrota fora de casa para o Burnley, aumentando a distância para a zona de acesso direto para oito pontos. E o time segue sofrendo demais com as lesões, que não são poucas, e que são importantes num momento tão decisivo. A mais nova, e pior é a do meia Andy Reid, que fica seis semanas fora com problema na hérnia e vai fazer enorme falta, se juntando aos já lesionados Henri Lansbury, David Vaughan e Jack Hobbs. Já o Wigan vem numa crescente espetacular sob o comando do técnico Uwe Rosler, com 3 derrotas seguidas que fizeram o time pular pra 7º, só um ponto atrás do Reading, entrando na briga e como um dos favoritos, pelo bom time que tem. Os Lactics venceram o Brighton em pleno Amex na última rodada, e jogam de novo fora de casa pra mostrar sua força, mesmo com desfalques sérios. Callum McMannaman e Nick Powell ainda estão machucados e desfalcam o time ofensivamente. Porém, o bom meia Ryan Tunnicliffe, emprestado pelo Fulham, deve estrear.

Millwall v Brighton - Não existem mais opções pro Millwall, é vencer ou vencer. Há seis jogos sem vitória e vindo de uma derrota num duelo direto contra o Barnsley, os Lions são primeiro time fora da zona de rebaixamento com 28 pontos, mas com três jogos a mais que o Charlton e um a mais que Barnsley e Yeovil, ou seja, é o lanterna da temporada em pontos perdidos. O time recebe o Brighton, que luta pelos play-offs, precisando desesperadamente vencer, e vai pro jogo tendo a volta do zagueiro Mark Beevers, que perdeu os últimos 4 jogos lesionado. Já o Brighton perdeu no duelo direto para o Wigan em casa, mas segue em 8º com 46 pontos. Para o jogo, o atacante Jesse Lingard, emprestado pelo Man.United deve fazer sua estreia. Porém, Andrea Orlandi e Will Buckley são dúvidas.

Bolton v Blackburn - Dois clubes que até pouco tempo atrás brilhavam na elite voltam a se enfrentar pela Championship, mas com momentos distintos. O Bolton faz uma campanha lamentável com apenas 33 pontos e na 18ª posição, mas mostraram reação na última rodada ao vencer o outro decepcionante Watford por 2-0, dando fim a um jejum de quase 10 jogos sem vencer. A única novidade nos Trotters pode ser o lateral Alan Hutton, emprestado pelo Aston Villa, mas que não disputa uma partida oficial desde Dezembro de 2012 (!). Já o Blackburn, mesmo com uma campanha bem tímida, sonha em ser mais um a entrar na briga pelos play-offs, sonho que aumentou ao vencer o Reading em pleno Madejski por 1-0, levando o time a 46 pontos. Para o jogo, Josh King e Ben Marshall estão lesionados, enquanto Tom Cairney é dúvida. Porém, o bom meia Corry Evans está de volta depois de 4 meses se recuperando de cirurgia no joelho e pode aparecer no banco de reservas.


Burnley v Derby - Jogo mais importante da temporada! Duelo de dois dos melhores times da Championship. Do vice-líder contra o 3º colocado, separados por apenas 2 pontos. Confronto do melhor ataque (Derby - 60 gols marcados) contra a 2ª melhor defesa (Burnley - 26 gols sofridos). Do time que menos perdeu (Burnley - 3 derrotas), contra o 2º time que mais venceu (Derby - 18 vitórias). Da 2ª melhor dupla de ataque DA EUROPA (Ings e Vokes - 37 gols), contra a esperança jovem da seleção inglesa (Hughes e Bamford). Do time que ainda não perdeu em casa na temporada (Burnley) contra o 2º time que mais somou pontos fora de casa (Derby). Precisa de atrativo melhor para acompanhar com a gente o jogão entre Burnley v Derby? No jogo mais importante para os dois clubes nos últimos anos, Burnley e Derby fazem duelo decisivo na briga pelo acesso direto. O Burnley tem 63 pontos, e vem de vitória sensacional sobre o Nottingham Forest por 3-1, com um show ofensivo, não perde há 10 jogos e agora vai pra cima de outro rival complicado e direto para se manter firma na segunda posição, na perseguição ao líder Leicester. Para o jogaço, outra vez o técnico Sean Dyche não tem problemas e deve repetir o time pela 6ª vez seguida, coisa raríssima a essa altura da temporada. Já o Derby é o 3º com 61 pontos e, se vencer, assume a vice-liderança. Os Rams vem de suada vitória contra o Bournemouth por 1-0 com um gol de falta de Martin. Invictos a 9 partidas, desde a derrota para o Leicester em Janeiro, o Derby vai a campo com as importantíssimas voltas de Craig Bryson e Jamie Ward, que não jogaram e fizeram MUITA falta ao time contra os Cherries. Com isso, Steve McClaren, que faz um trabalho espetacular desde que chegou (só três derrotas), não tem nenhum problema de lesão. Falando do confronto em si, no primeiro turno o Burnley venceu em pleno Pride Park por 3-0, e os Clarets não perdem do Derby desde 2007 (9 jogos).

Provável Burnley: Heaton; Trippier, Shackell, Duff, Mee; Marney, Jones, Arfield, Kightly; Ings, Vokes.
Provável Derby: Grant; Forsthy, Keogh, Buxton, Wisdom; Eustace, Bryson, Hughes, Ward; Russell, Bamford.

Sábado, 01 de Março

09h15 - QPR v Leeds
12h00 - Bolton v Blackburn
12h00 - Bournemouth v Doncaster
12h00 - Burnley v Derby
12h00 - Huddersfield v Barnsley
12h00 - Ipswich v Birmingham
12h00 - Leicester v Charlton
12h00 - Millwall v Brighton
12h00 - Nottm Forest v Wigan
12h00 - Reading v Yeovil
12h00 - Sheff Wed v Middlesbrough
12h00 - Watford v Blackpool




Home ---------------------- Política de Privacidade ---------------------------------------------------------------------------------------------------- Championship Brasil 2019. Todos os direitos reservados ------- Designed by Edmar Assis