Classificação

Por Edmar Assis e Danilo Moraes. Tecnologia do Blogger.

Artilharia

Postado por : Jorge Lima 25/04/2014



Em sua primeira participação na segunda divisao, o Yeovil Town já chegou à Champioship com o estigma de favorito ao rebaixamento. E hoje, essa previsão se confirmou. Os Glovers acabaram derrotados pelo Brighton no AMEX por 2-0, resultado que confirma matematicamente o retorno do time à League One

O início do jogo não foi dos melhores, com disputas incessantes no meio campo e pouca criatividade. O panorama só começou a mudar a partir dos 30 minutos, quando Buckey começou a ser acionado pelos lados. Na primeira grande chance do jogo, o winger cruzou da direta, a defesa afastou e a bola sobrou pra Orlandi mas o meio campo acabou chutando à direita do gol. 1 minuto depois, mais uma chance. Buckley, dessa vez pela esquerda, cruzou pra Orlandi, que mais uma vez, desperiçou, cabeceando pelo lado.

Pouco inspirado, O Yeovil pouco atacava. Em uma das poucas chances, Hoskins arrisou, mas Kuszczak estava atento para fazer a defesa.

O Brighton seguia mandando no jogo e Orlandi seguia sendo bastante acionado, embora a dificuldade de pontaria não mudasse. Na última chance do primeiro tempo, Buckley esteve perto de abrir o placar. Após receber livre pela direita, o winger entrou na área, cortou o defensor mas após chute rasteiro, acabou parando no goleiro Stech.

O Yeovil começou o segundo tempo com uma mentaidade mais agressiva, com uma marcação mais adiantada. E isso deu resultado no início, já que os Glovers tiveram espaço pra atacar, mas não conseguia finalizar, graças às intervenções da defesa.

Aos 10 minutos, o Brighton retomou o controle do jogo e iniciou um bombardeio de chances. Primeiro, Lingard lançou pra Ward, que cruzou na medida pra Ulloa, mas o atacante cabeceou por cima do gol. Depois, foi a vez de Lingard receber na área, mas chutar em cima da defesa. Minutos depois, Lingard cruzou, Ulloa cabeceou torto, mas o goleiro Stech espalmou por cima.

O Yeovil seguia tímido, mas finalmente assustou o Brighton pra valer. Na melhor chance até então, Edwards recebeu na entrada da área e chutou forte. A bola subiu, mas chegou a bater no travessão antes de sair.

O Brighton tentava de todas as formas chegar ao gol. E ironicamente, foi um lance involuntário que deu a liderança aos Seagulls. LuaLua recebeu pela esquerda e teve tempo e espaço para cruzar pra área. Ulloa tentou desviar mas a bola passou por ele. Mas também pelo goleiro Stech, entrado direto no canto oposto.

e quando a situação parecia difícil pro Yeovil, ficou irreversível nos acréscimos. acréscimos. March cruzou da direita e a defesa deixou Lingard livre, que não teve muito trabalho pra mandar pro gol.

A vitória devolve o brighton ao top-6. O time chegou aos 69 pontos, dois a mais que o Reading. E agora, torce contra os Royals amanhã pra se manter na zona dos playoffs.

Home ---------------------- Política de Privacidade ---------------------------------------------------------------------------------------------------- Championship Brasil 2019. Todos os direitos reservados ------- Designed by Edmar Assis